Em São Paulo, torcidas de Flamengo e Santos têm empate técnico

Flamengo tem potencial para mostrar mais sua cara no mercado mais importante do país, mas faz pouco para isso.


* * * * * * * * * *

Vejam bem: é claro que eu sei que a torcida do Santos é maior que a do Flamengo na cidade de São Paulo. Mas é isso: analisando números de pesquisa, as duas torcidas estão em empate técnico na capital paulista. Segundo pesquisa do DataFolha, o Santos tem 7% dos torcedores paulistanos, contra 3% do Flamengo - a margem de erro é de 4%. A diferença entre as duas torcidas era praticamente a mesma em pesquisa do mesmo DataFolha em 2008.

Já escrevi no SobreFlamengo que uma maneira que o Flamengo tem para conseguir manter-se competitivo na briga por contratos e receitas contra os grandes de São Paulo é aproveitar da melhor maneira possível seu incomparável caráter nacional e conseguir mostrar ao mercado a importância que ele tem. Mas outra frente de briga é tentar aumentar o espaço que consegue na mídia paulista. Dados como este, mostrando que a diferença das torcidas santista e rubro-negra por lá não é tão grande assim, podem ajudar, se o clube se esforçar para usá-los. Afinal, não creio que o Santos já tenha ouvido um não de um possível patrocinador com o argumento de que "não tem tanta força no mercado paulista".

Mas é preciso que a diretoria crie ações para chamar a atenção por lá e mostrar aos paulistas a força que o clube tem em sua terra, algo que raramente acontece. Mas neste fim de semana aconteceu a passagem da exposição itinerante de comemoração dos 30 anos do título mundial por São Paulo. Escrevi por aqui que era papel do clube acompanhar de perto o evento e produzir conteúdo sobre ele - fotos, vídeos, textos - para distribuir à imprensa e tentar um espaço diferente e interessante nos veículos paulistas. No entanto, não vi nenhum relato ou imagem sobre ele nem no site oficial do Flamengo. Não sei se saiu algo na imprensa paulista (e se a assessoria de imprensa do clube fez alguma coisa para que isso acontecesse), mas pelo Google não está fácil de achar.

Um tremendo desperdício. Mas enfim: rubro-negros de São Paulo, quem esteve no Badalo para prestigiar a exposição? Como foi? Têm fotos ou vídeos para mostrar? Compartilhem aí.


* * * * * * * * * *


Falando de marketing: hoje foi feita a coletiva de lançamento do novo chip de celular pré-pago da Tim em parceria com o Flamengo. Quem aderir, além de ter as vantagens comuns do plano da operadora, ainda recebe gratuitamente em seu celular mensagens com notícias do Flamengo e links para vídeos com os gols do time. Léo Moura vai ser usado como garoto-propaganda e parte da arrecadação com o produto vai para o clube, a título de royalties pelo uso da marca.

Não é nenhum grande mérito do marketing do Flamengo que esta parceria esteja andando, já que é um trabalho que a Tim vem desenvolvendo com vários clubes no mesmo modelo. Mas mostra como o mercado começa a perceber que pode ganhar dinheiro usando as marcas dos grandes clubes com ações que vão além de colocar sua logomarca nos uniformes - como a Ambev também vem fazendo, desde que assinou contrato com o Flamengo e outros clubes para poder dizer que a Brahma é sua "cerveja oficial".

A Tim lança inicialmente o chip rubro-negro no Rio, Espírito Santo, Minas e estados da região norte. Será que apresentar a eles dados sobre a torcida rubro-negra em São Paulo não os faria considerar colocá-lo à venda por lá também?

4 comentários:

Luis disse...

André, a torcida do Mengão aqui em Sampa é muito grande e com um mix diferente do RJ (classes A/B, cariocas que vieram trabalhar no mercado financeiro, multinacionais etc dos anos 80 em diante). Mas tem também muito nordestino que cresceu vendo/ouvindo o Zico jogar e que veio para cá nos anos 90. Nunca me esqueço de um jogo contra a Portuguesa há uns 3 anos atrás no Canindé, que tinha mais de 10.000 do Mengão contra uns gatos pingados da Lusa. Aqui tem a Flasampa - flasampa.com.br, que se reune no Badalo da Vila, R. Afonso Celso 943 (Vila Clementino) para ver os jogos, mas ainda não fui lá (só quando era em Campo Belo).

blog do maior do Mundo!!!! disse...

Vc é um brincalhao, pra nao dizer outra coisa...
Comparar a torcida desse timinho com a do tri das Americas aqui em SP é piada!!!!!
Torcedor do flabosta (apelido desse time aqui) só mesmo nordestino que vem aqui trabalhar... e olhe lá...
Nao viaja cara, da uma olhada na time mania, e veja o tamanho da torcida do Santos, alias, aqui no pacaembu , desde 2007, os recordes de publico sao do santos; este ano foram quase 40 mil , contra 35 mil do small contra o Tolima...
Morumbi, recorde na final contra o Sao caetano em 2007, se nao falha a memoria, mais de 60 mil...
Quem tem dedo tecla o que quer, ate asneiras sem fundamento...

André Monnerat disse...

Meu caro, o fundamento são pesquisas. Não escrevi nada de achômetro.

Mas, como está no texto, é óbvio que a torcida do Santos é maior que a do Flamengo em São Paulo. O post não é pra diminuir a torcida do Santos, é pra mostrar que a do Flamengo tem um tamanho relevante também por lá.

Obrigado pela audiência!

Ricardo Raposo disse...

Ja morei por 15 anos no interior de SP e jamais vi um flamenguista por lá. No Estado de SP, o Ibope 2010 apontou Santos com 9,2% contra 1,1% do Flamengo. Não tem nem comparação. Em SP, ninguem liga pro Flamengo, a imprensa dá mais espaço até mesmo para a Lusa e Guarani.

Na capital tem nordestino a rodo mesmo. Normal Flamengo e Bahia terem boa quantidade de torcedores lá. Mas é um publico de renda menor. Por essas e outras que o Flamengo não é tudo o que seus torcedores imaginam. A midia paulista é maior, mais nacional, e no Rio apenas a Globo tem a mesma amplitude.

Quem é de SP capital sabe que o Flamengo não tem torcida do mesmo tamanho da do Santos. Ainda está longe. Essa é a realidade. Margem de erro de 4% abrange até 8 pontos percentuais.