Jogo: Flamengo 1 x 0 São Paulo - Brasileiro 2012 - 32a rodada

Vitória importantíssima para o time ficar mais tranquilo até o fim do ano - e para diretoria e concorrentes às eleições poderem também se concentrar em temas importantes para a partir de 2013.



A vitória de ontem sobre o São Paulo foi importantíssima e colocou o Flamengo numa situação bem confortável para escapar do rebaixamento. Agora, só com um desastre realmente muito grande para se passar sufoco no final. Mas confesso que estou escrevendo sobre a partida agora com um certo sentimento de obrigação, pois surgiram exatamente hoje dois temas que terão impacto bem mais longo sobre a vida do clube: a divulgação do edital de licitação do Maracanã, que proíbe os clubes de participarem da concorrência para administrar o estádio, e o pré-lançamento do Nação Rubro-Negra, novo projeto de "sócio-torcedor" que o Flamengo está lançando em parceria com Ambev e Golden Goal.

Vou falar dos dois assuntos por aqui com mais profundidade em algum momento, depois de me informar melhor sobre ambos. Por enquanto, o tema é o Flamengo x São Paulo mesmo.

* * * * * * * * * *

O Flamengo deu sorte de não ter descido para o vestiário ao fim do primeiro tempo atrás no placar. O time até teve a posse de bola, rondou a área do São Paulo, mas as melhores chances foram todas do adversário - incluindo o pênalti desperdiçado por Luis Fabiano. Mas, além deste lance, houve perigo em várias jogadas de profundidade que aconteciam com Lucas e Osvaldo, cada um por seu lado, se enfiando em velocidade em um espaço entre os laterais e zagueiros rubro-negros. Novamente jogando só com um volante fixo, Aírton, o meio-campo montado por Dorival Júnior falhava tanto na proteção à zaga, deixando espaço no meio para os jogadores que faziam estes lançamentos, quanto na cobertura aos homens da defesa.

Mas o segundo tempo começou com 0x0 no placar e Luís Fabiano fora do jogo, contundido. O São Paulo chegou a controlar o jogo no início da etapa, mas sem criar lances de real perigo. O Flamengo foi melhorando, especialmente depois da entrada de Adryan no lugar de Wellington Bruno, e o gol acabou saindo em uma raríssima jogada bem feita de bola parada. Outros gols poderiam ter saído; Love correu muito e até esteve bem, mas falhou nas conclusões novamente e desperdiçou três boas chances. De qualquer forma, pelo que fez nos últimos 45 minutos de jogo, o Flamengo até mereceu a vitória.

* * * * * * * * * *

Renato Santos entrou bem no time e tem dado menos sustos do que seus antecessores. Wellington Bruno, outra das novidades de fim de ano do elenco, teve sua primeira chance como titular. Parece até um cara de alguma habilidade, mas não se colocou nunca como o meia que o esquema pedia; caiu mais pelas pontas e participou menos do jogo do que deveria acontecer com o vértice mais ofensivo do losango desenhado pelo treinador.

Wellington Silva tem ido bem no apoio, ontem novamente foi uma boa arma, mas precisa ser menos estabanado na hora de defender. Leva bolas nas costas com alguma frequência e, tentando se recuperar de uma, acabou fazendo o pênalti que Luis Fabiano perdeu. De qualquer forma, tem merecido uma conversa para renovar seu contrato, que acaba no fim do ano. A situação é bem pior pela lateral esquerda, onde o ideal seria a contratação de reforços tanto para ser titular quanto para ficar no banco.




21/10/2012 - 16h - Flamengo 1 x 0 São Paulo
Engenhão - Rio de Janeiro, RJ
Renda/público: R$ 239.665 / 21.632 pessoas

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Auxiliares: Autemir Haussmann e Alessandro Rocha de Matos
Cartões amarelos: Jadson, Wellington (SAO); Amaral (FLA)

Gol: González 26'/2ºT (1-0)

Flamengo: Felipe, Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Aírton (Ibson - intervalo), Amaral, Renato e Wellington Bruno (Adryan - 13'/2ºT); Vágner Love e Liédson (Hernane - 18'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

São Paulo: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortês; Wellington (Cícero - 32'/2ºT), Denílson, Lucas e Jadson (Willian José - 18'/2ºT); Osvaldo e Luis Fabiano (Douglas - intervalo). Técnico: Ney Franco.

10 comentários:

Ad@1LtoN disse...

Se considerarmos que o UNICO que sabe bater faltas e escanteios no time é o Adryan.
Chega a ser absurdos os caras não conseguirem meter a bola dentro da grande area.

Felipe disse...

Acho o WS2 um bom lateral. Melhor que o dono da camisa 2 com certeza. Marca, ataca e mostra fome de bola, coisa que o dono da cadeira cativa não faz há mto tempo (até por conta de idade, coitado). Acho tbm que ele não tem a proteção devida do meio, qdo v ai ao ataque já sabe que vai pro tudo ou nada, pq ninguém correrá por ele ali atrás, diferente do que acontece com o dono da lateral esquerda, que tem sempre o Renato Urubu protegendo o lado esquerdo da defesa do Flamengo. Inclusive, friso, que já achei o canelada dispnesável, mas misteriosamente (ou melhor, por causa de treinos) o Flamengo não toma tantos gols de escanteio com ele em campo. O primeiro pau é quase sempre dele (ponto positivo)...
SRN

saulo disse...

No post que você fez sobre rebaixamento, eu discordei de você quando fez uma projeção de pontos baseado no aproveitamento da equipe. Não cheguei a postar nada porque realmente está me dando preguiça discutir Flamengo ultimamente. Mas a questão era a seguinte:
Você fez uma projeção de pontos analisando o aproveitamento percentual do campeonato inteiro, sendo que nessa reta final o Flamengo teria 5 jogos em casa contra 3 fora. Como o aproveitamento em jogos em casa e fora via de regra são bem diferentes, na minha opinião uma perspectiva sobre a pontuação do clube deveria levar isso em conta. Ou seja, dos 24 pontos em jogo, 15 seriam disputados em casa, onde tínhamos, antes do jogo contra a Lusa, 50% de aproveitamento. Isso daria 7,5 pontos prováveis. Os outros 9 pontos fora, pelo aproveitamento, daria pra beliscar mais uns 2 ou 3 pontos, o que resultaria 9 ou 10 pontos até o fim do campeonato e 45 ou 46 pontos no acumulado, que é o que eu acho que o Flamengo vai fazer no fim das contas.

Agora é imperativo colocar na cabeça dos jogadores que arrancar pontos do CAM em Minas é essencial. A fase é péssima, a sorte não ajuda e como se diz por aí é bom não dar sopa pro azar. Se deixar pra ganhar esses pontos nos jogos contra Figueira e Palmeiras, a chance de um acidente de percurso atrapalhar os planos é grande. O desgaste da torcida com o Flamengo é imensa essa ano. Quanto mais cedo nos livrarmos dessa zona, mais cedo a torcida ganha férias do Flamengo. O que em 2012 seria o maior prêmio que o CRF poderia nos dar.

Luis disse...

André, confesso que agora estou bem mais interessado em 2013 (e no edital do Maracanã, na oposição à Patrícia, no sponsoring da Adidas e, principalmente, na montagem do time do ano que vem.) Ontem eu dei CTRL ALT DEL no jogo na minha cabeça e fiquei assistindo, como protesto, ESPN/NFL.

André Monnerat disse...

Saulo, veja bem: minha projeção era em cima do aproveitamento só do segundo turno, não era nem do campeonato inteiro. Isso dava números ainda piores.

E eu não escrevi que era aquilo que eu esperava que fosse acontecer. Meu ponto era que, mesmo que o Flamengo mantivesse aquele aproveitamento horroroso, era muito difícil mesmo cair.

Eduardo disse...

Esse programa surgiu assim mesmo do nada? Acompanho bem o Flamengo e não tinha visto nada. Estranho acontecer no final do mandato.

André Monnerat disse...

Eduardo, eu tava sabendo por outros caminhos que estavam preparando isso aí. Mas achei estranho o lançamento como está acontecendo e o momento realmente não é bom.

Mas vou tentar conversar com algumas pessoas sobre ele antes de escrever mais a fundo sobre isso aqui.

Luis disse...

Dei uma olhada no site do Placar e o Júnior César está ...... em 2o lugar entre os laterais esquerdos!!!

Ou o futebol brasileiro está mesmo uma mer ..., ou somos realmente craques em colocar azeitona na empada dos outros!!!

Só falta a gente mandar embora um monte de malas (que tem que sair mesmo do Mengão) e os caras começarem a jogar bola!!!

George AFG disse...

Pelo q vejo no site do programa será um "sócio-torcedor" sem direito a voto... Lógico, tudo isso lançado a mais ou menos 2 meses da eleição.

André disse...

Só vou observar 1 coisa: é um TREMENDO ABSURDO deixar o Adryan na reserva de jogadores como Liédson, Wellington Bruno ou qualquer outro meia e atacante do time.

O Adryan é o ÚNICO jogador do ELENCO inteiro que sabe cruzar bolas a mais de 1,50 de altura sobre a área e também o ÚNICO que sabe bater faltas próximas a área., Além de também ser o ÚNICO que consegue levar vantagem no confronto pessoal ALGUMAS vezes.

Mesmo longe de ser craque é DISPARADO o MELHOR jogador TECNICAMENTE do elenco e por isto tem que jogar SEMPRE.