"Ataque" à loja oficial do clube mostra que Assis e Ronaldinho podem estar se preparando para deixar o Flamengo

Eis o desafio: imaginar qual será a próxima história bizarra a surgir por lá. Esta última, ninguém conseguiria criar.




É incrível como, a esta altura do mundo, o Flamengo ainda consegue te surpreender. Essa história de hoje, em que Assis saqueou a loja oficial do clube avisando que não pagaria nada porque o Flamengo está devendo ao seu irmão, chega a ser inverossímil. A matéria sobre isso no GloboEsporte.com abre falando na atual novela das nove; pois se esta cena fizesse parte da tal novela, talvez em um flashback com o empresário de Tufão como protagonista, diríamos que o autor exagerou na dose.

Ando ultimamente com a impressão de que Ronaldinho e Assis realmente estão preparando para breve a saída do jogador do Flamengo. Com esta, a sensação de que é isso aí aumentou. O que o empresário quis com essa, obviamente, foi criar um caô. Não parece ser coisa de quem queira sustentar a relação com o clube por muito mais tempo.

É difícil de esconder que a situação está chegando ao limite. A diretoria errou muito feio ao assumir um contrato de um valor com o qual não pode arcar e agora tem que enfrentar este tipo de coisa. Não quiseram abrir mão de Ronaldinho antes com medo de saírem mal na foto logo após a saída de Thiago Neves e estão conseguindo criar cenas ainda mais constrangedoras.

Mas não duvidem: é muito provável que seja publicada em breve mais uma daquelas entrevistas em que Patrícia Amorim diz que a relação com Assis é "cordial" e que "não há problema algum". E o pior é que é capaz do próprio Assis confirmar.

* * * * * * * * * *

Enquanto isso, Joel Santana escalou em treino exatamente o time que eu esperava: com Aírton no lugar de Rômulo, muito provavelmente fazendo a mesma função de terceiro zagueiro, e Íbson como armador no lugar de Bottinelli. Elementar.

Não é o que eu faria. Mas, sinceramente, a essa altura está claro que o Flamengo tem que resolver muita coisa ainda para que qualquer escalação, seja ela qual for, tenha chances de dar certo.

7 comentários:

Ad@1LtoN disse...

O futebol é a menor das preocupações do Flamengo atual.
O problema vai ser quando a torcida começar a ignorar o time.

Lucas Dantas disse...

Bem por aí. No próximo jogo a torcida vaia (a mando de alguém ou não) o $10 e a situação fica "insustentável".

O Flamengo vai conseguir perder o jogador.

Paulo Sales disse...

Não consigo, por mais que tente, entender essa situação absurda entre o Flamengo e Ronaldinho. O jogador não rende em campo, ganha um salário impagável, não traz retorno de imagem nem patrocinadores e não é ídolo da torcida (que acaba de ganhar jogadores identificados com o time, como Ibson e Vagner Love). Por que ele continua no Flamengo? O que justifica essa insistência? Quando Ronaldinho sair do Flamengo, sua passagem jamais será lembrada como a de jogadores como Petkovic, Adriano ou Romário. É uma figura apagada, sem graça, com um futebol pífio e um comportamento profundamente antipático.

Gabriel Folha disse...

Joel Santana é um f... d... p... mesmo né!!! Já perdeu a graça.

alexandre disse...

André, será que o Petkovic não leva esse trambolho para o Estrela Vermelha, assim como fez com o Mezenga e O Borja?

André disse...

Mais uma oportunidade de terminarem essa relação. Aproveitem que a situação está insustentável e rescindam o contrato de uma vez.

O R10 já cansou e a torcida e o clube também já cansaram. Está ficando constrangedor e ríddiculo continuar com essa de finge que paga que eu finjo que trabalho.

André Monnerat disse...

Alexandre, é mais fácil levar um Borja ou um Mezenga, desconhecidos e baratos, do que um Ronaldinho - caro e que todo mundo já sabe como está.

(Cristian Borja jogou 38 partidas no Estrela Vermelha na temporada 2011-2012. Fez 14 gols.)