Estadual 2012 - Taça Guanabara - 2a. rodada - Macaé 0 x 0 Flamengo

Uma ducha de água fria nos empolgados que acreditavam que era só trocar o time titular pelo reserva.

* * * * * * * * * *

Pois é: hoje não rolou a mesma empolgação com o futebol do Flamengo B. A escalação foi quase a mesma, mas a atuação não foi no mesmo nível e, na verdade, o Macaé é que pode se lamentar por não ter saído com a vitória.

O time da casa acertou em tomar uma postura diferente da que normalmente se vê dos times pequenos quando enfrentam os grandes. Aproveitando o início de temporada - quando equipes como o Macaé podem tirar vantagem de estarem treinando há mais tempo - e a formação reserva do Flamengo, resolveu adiantar a marcação e tomar a iniciativa do jogo. E o Flamengo, com os jogadores muito espaçados no campo, nunca conseguiu sair bem desta situação. A saída da defesa não funcionou, os meias ficaram apagados - Bottinelli, especialmente neste primeiro tempo, voltou a mostrar os erros de passe que o caracterizaram em 2011 - e o time, quando conseguia sair no contra-ataque, acabava chegando com pouca gente. A melhor figura rubro-negra em campo foi o goleiro Paulo Victor, com defesas importantes.

Para o segundo tempo, a única substituição foi a entrada de Muralha no lugar do cansado Luiz Antônio. Mas a principal diferença no início da etapa foi uma maior aproximação dos jogadores, o que fez com que a troca de passes ficasse mais fácil. Camacho, embora não em nível para receber os elogios que teve nos jogos passados, passou a aparecer melhor e algumas oportunidades surgiram. Mas não durou tanto; com o tempo, e especialmente após a parada técnica, o Macaé foi recuperando o controle da partida e voltando a fazer Paulo Victor trabalhar mais.

O Flamengo até teria tido mais chances de vencer se o treinador Lopes Jr. pudesse ter usado suas substituições normalmente, mas o cansaço de Luiz Antônio e João Felipe fez com que ele tivesse que queimar duas delas. No fim, o Macaé teve um jogador justamente expulso por jogada violenta em Camacho e o time teve a chance de jogar com um a mais por uns 10 minutos. Teve algumas chances de marcar a partir daí, mas não o bastante para merecer vencer.

* * * * * * * * * *

Ainda acho, apesar da atuação fraca, que alguns destes jogadores podem ir tendo suas oportunidades durante o ano. Camacho e Bottinelli, por exemplo, são alternativas para dar mais criatividade ao meio-campo e os volantes podem brigar por vagas de titulares. Os dois laterais - apesar de eu não ter sentido muita firmeza em Magal na marcação desta vez - parecem no mínimo boas opções de banco.

Mas Negueba e Jael na frente é complicado. Negueba ainda conseguiu se apresentar bastante no primeiro tempo, mas no segundo mostrou de novo ser aquele jogador que parece perigoso, mas não é - na hora de definir, seja passando, cruzando ou chutando, erra quase sempre. E Jael chuta com firmeza, tem vontade, mas sofre de excesso de canela.

* * * * * * * * * *

Pipico, atacante do Macaé que foi muito bem hoje, já tinha aparecido com destaque no Bangu do Estadual de 2011. É um cara que pode sonhar com uma vaguinha em time maior pro resto do ano, nem que seja como opção de banco.

6 comentários:

Emanuel Alencar disse...

Só queria entender uma coisa: o que o Thomás fez de errado para virar reserva do reserva do time B?

André Monnerat disse...

Pois é. É difícil acreditar que seja uma decisão só técnica.

Já ouvi que tem a ver com renovação de contrato - mas o dele vai até 2016. Só se estiverem forçando a barra pra aumentar a multa rescisória.

Já ouvi também que é por ele estar sendo representado pelo Eduardo Uram...

Tiago Cordeiro disse...

Contrato do Thomás tem multa baixa pro mercado nacional. Até renovarem com multa mais alta, ele deve ficar encostado.

Flora disse...

concordo com vc, mas acho que nos últimos 10 minutos dava pra ter feito a ultima substituição.não entendi pq não fez.
e ah, se for pra ser reserva, prefiro o lucas, o jael não sabe o que é bola. e aquele gustavo é algo de incrível. o cara perdeu todas pro pipico. como meu pai disse: nunca vi geladera andar, quanto mais correr. o cara é mais lento que uma tartaruga. não dá pra jogar com um cara assim na defesa.

E o botti realmente foi mal, principalmente no primeiro tempo, mas vale ressaltar que ele esteve super bem marcado. muitas vezes ele estava com 2 e até 3 jogadores marcando ele.
no segundo tempo quando ele conseguia sair da marcação ele fez bons passes e lançamentos que infelizmente não foram aproveitados.

André Monnerat disse...

Flora, ele fez as três substituições. O Muralha já tinha entrado no lugar do Luiz Antônio e, quando ele ia colocar o Adryan e o Lucas juntos, teve que desistir de um dos dois porque o João Felipe saiu com cãimbras... Aí entrou só o Lucas.

André disse...

Apenas para aumentar o terrorismo:

Nova entrevista de hoje no globoesporte.com Patrícia Amorim diz que o Adriano deve resolver sua situação com o Corinthians...

Acho que ele volta assim que terminar o contrato. Como acaba em Julho, provavelmente em Abril ele já abandonará o Corinthians e estará fazendo festa no Rio de Janeiro a espera da assinatura com o Flamengo...

Deus queira que eu esteja errado...mas tudo está apontando para a volta...