Brasileiro 2011 - 32a. rodada - Grêmio 4 x 2 Flamengo

Depois de um primeiro tempo animador, Luxemburgo teve uma recaída e ajudou muito na virada do Grêmio.


* * * * * * * * * *

De maneira até surpreendente, Luxemburgo resolveu finalmente mudar o time. Aproveitou a ainda esquisita ausência de Willians e colocou Thomás, que entrou muito bem na última partida, pra começar o jogo. Quando vi a escalação, que é a que eu escolheria para o meu time titular, torci muito pra dar certo. E, no primeiro tempo, não me decepcionei.

Fazia muito tempo que o rubro-negro não tinha que torcer por alguma substituição que mudasse o esquema para que seu time conseguisse produzir alguma coisa. Na verdade, fazia muito tempo que o Flamengo não acabava o primeiro tempo vencendo um jogo. Pois desta vez, além dos dois gols, o Flamengo criou pelo menos mais quatro chances claras em jogadas trabalhadas - Deivid, Ronaldinho, Wellinton e Thomás tiveram suas oportunidades de marcar. Sem contar uma falta cobrada por Ronaldinho logo no início que bateu no travessão. A entrada de Thomás no lugar de um dos infames três volantes fez mesmo muita diferença.

É claro que, com isso, o time também ficaria um tanto mais exposto. O Grêmio produziu menos que o Flamengo, mas também teve suas chances e obrigou Felipe a trabalhar. Com esta formação, era preciso que os jogadores adiantassem mais a marcação, em vez de começarem a dar combate tão perto da própria área, como fizeram. E era um problema também a péssima atuação de Renato, que errava o posicionamento, errava passes, ia mal na marcação. Até já vi ele tendo boas atuações como segundo volante este ano, mas hoje ele jogou mal demais.

Mas Luxemburgo não mexeu em Renato. E, logo no início do segundo tempo, ele foi driblado de forma constrangedora por André Lima e o Grêmio - que tinha feito 2x1 no finzinho do primeiro tempo, em lance em que Wellinton foi mal - empatou. Em seguida, Luxemburgo teve uma recaída: tirou Thomás - que até parecia mesmo cansado, não acostumado a jogar 90 minutos no time profissional - e colocou Muralha, voltando ao  triste esquema dos três volantes. O resultado foi previsível: até o fim do jogo, o Flamengo não criou basicamente mais nada. Enquanto a partida estava empatada, o técnico ainda voltou a seguir seu padrão ao tentar melhorar a produção do time simplesmente trocando o centro-avante, algo que não costuma fazer muito efeito nunca e voltou a não dar certo hoje.

E o pior é que, mesmo com as opções "conservadoras " de Luxemburgo, a marcação continuou ruim. Mesmo com a substituição, Renato continuou na cabeça-de-área - Muralha entrou se posicionando mais à frente que ele, numa opção esquisitíssima do treinador. O Grêmio ficou sempre mais perto de desempatar o jogo do que de sofrer o terceiro gol, e conseguiu ficar na frente aos 30 minutos, em mais um lance em que a defesa ficou desnecessariamente aberta - desta vez, muito por falha de Júnior César, que demorou a perceber que tinha que acompanhar Douglas na jogada, chegou correndo atrasado e foi facilmente driblado dentro da área. Aí Luxemburgo resolveu mexer pra mandar o time pra frente, mas já era tarde demais. E Renato, vejam vocês, ficou em campo até o final - mais uma vez Aírton foi substituído, deixando-o improvisado como primeiro volante no fim da partida. É um negócio difícil de entender.

É verdade que, embora talvez Felipe pudesse ter ido melhor, o Grêmio teve 45 minutos em que foi bastante feliz nas conclusões, como mostra o quarto gol. A virada foi construída com chutes não tão comuns de se ver dando certo. Mas a verdade é que o castigo pela amarelada de Luxemburgo foi bem merecido. E muito decepcionante, depois de um primeiro tempo que tinha sido animador. Esperemos ao menos que o técnico também tenha gostado da atuação do time que começou o jogo e a mantenha para a próxima partida - quando Renato, vejam vocês, não poderá jogar por estar suspenso.


* * * * * * * * * *

No primeiro tempo, com o Flamengo jogando bem, Ronaldinho teve uma boa atuação. No segundo, com o time mal e tendo bem menos companhia para as jogadas, diminuiu sua produção e pareceu até mais preso demais na esquerda. De qualquer forma, parece que as vaias que o perseguiram em campo não fizeram muita diferença pra ele.

Mas é bom dizer que a maneira como foi recebido pelos gremistas foi mais do que merecida. Ronaldinho agora "é Mengão", e os rubro-negros têm mais é que apoiá-lo. Mas o que ele fez com o Grêmio não existe.

Na saída, ele fez uma avaliação boa: o primeiro gol do Grêmio, no último lance do primeiro tempo, acabou fazendo muita diferença. Realmente, se o time tivesse conseguido ir pro vestiário com 2x0, a virada do Grêmio teria sido bem mais difícil de acontecer.



30/10/2011 - 16h - Grêmio 4 x 2 Flamengo
Estádio Olímpico - Porto Alegre, RS

Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa)
Cartões amarelos: Junior Cesar 14'/1ºT, Saimon (17'/1ºT), Douglas (43'/1ºT), Adílson (4'/2ºT), Fernando (13'/2ºT)

Gols: Deivid (23'/1ºT), Thiago Neves (35'/1ºT), André Lima (43'/1ºT e 5'/2ºT), Douglas (35'/2ºT), Miralles (39'/2ºT)

Grêmio: Victor, Mário Fernandes, Saimon (Edílson), Rafael Marques e Julio Cesar; Gilberto Silva, Fernando, Marquinhos, Douglas e Escudero (Miralles 32'2/2ºT); André Lima. Técnico: Celso Roth.

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Welinton, Alex Silva e Junior Cesar; Aírton, Renato, Thomás (Muralha 12'/2ºT), Thiago Neves e Ronaldinho; Deivid (Diego Maurício 25'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

16 comentários:

Cleber Soares disse...

André,
o time foi mediocre no segundo tempo, cheguei a perder a compostura levado por um time sem raça, diria até mesmo sem vergonha na cara.
Não sei explicar, não sei nem mesmo dizer oque estou sentindo, as vezes me da raiva de ser assim, gostaria de ser menos preocupado com futebol, com o Flamengo. Hoje com certeza meu flamenguismo sofreu um duro golpe, mesmo sabendo que já houve maiores, esse é de dormir sem conversar com ninguém.
Nunca achei que tinhamos time para sermos campeões, mas perder jogos como estamos perdando é no minimo uma falta de respeito com o clube e com sua torcida… a culpa? Essa é uma pergunta tão difícil como querer explicar essa derrota… Obrigado flamengo, por estragar mais um domingo….

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com

Marcos Monnerat disse...

Pra mim é muito fácil responder de quem é a culpa. É do LuxemBURRO que está há mais de um ano à frente do time e até hoje não conseguiu criar um esquema tático minimamente razoável. Uma estratégia de jogo decente. Uma jogada ensaiada. Nada. Além disso insiste em mantêr em campo a mala do Renato que hoje errou 100% do que tentou em campo.

Temos time e elenco para sermos campeões, mas com esse nosso técnico fica difícil até acreditar em vaga na Libertadores. Lamentável...

LuksAlves disse...

É triste assistir o flamengo jogar, hoje no primeiro tempo ate foi animador(alias, que diferença que faz quando se tira um dos 3 volantes que não sabem tocar bola de 1 metro, por um cara que não só sabe tocar a tal da bola, mas que parte pra cima dos adversários com qualidade). Juro que não consigo entender a importância do Renato no time, taticamente é uma droga e internamente todo mundo sabe que ele é paneleiro, afinal ele e o l. moura (que já se aposentou a muito tempo da lateral) são os primeiros a falar com os novatos, ja para trazer para o seu grupinho. Mas resumindo não se tem um técnico, se tem um presidente, pq afinal Luxemburgo manda no flamengo já que Patrícia não tem coragem de bater de frente com ele. O cara barra Imperador, Sheik, Love e aposto que também não quis o Borges, agora ele tira o Willians mais um ídolo da torcida fora do fla, bem sou suspeito a falar pq gosto mt do Willians, mas se fosse pra ele sair, era pra sair direito, pela porta da frente, minimizava esse sumiço e outros problemas dele e vendia ele por um bom preço pra um time gringo(de preferência). Hoje foi a típica prova de que o flamengo não sabe ganhar, com um resultado bastante confortável conseguiu sofrer 4 gols, com falhas diretas de Wellington, Renato e Jr. Cesar, e que tirando esse ultimo que ofensivamente foi ate bem, os outros 2 fizeram um lambança hoje no Olímpico, nunca vi isso, nos 4 gols o tal do Wellington vira de costa pra bola como se tivesse medo dela, nunca vi zagueiro bom ter medo de uma bola de futebol, e o Renato consegue levar uma caneta do André Lima da ate vontade de rir. Infelizmente adeus titulo, e se Deus quiser adeus Luxa.

gberocan disse...

parabéns pela análise. não sei como conseguiu esfriar a cabeça, ordenar as idéias e escrever. eu mesmo tinha feito uma pseudo análise aqui e com um clique errado perdi tudo que tinha comentado. por isso boa noite. flamengo só semana que vem.

gberocan disse...

srn

Eduardo H. Costa disse...

Concordo sobre Renato, Wellinton e esquema covarde. E o Luxemburro sempre tem um caozinho para fugir do assunto e tirar o seu da reta.

Se tem uma coisa que eu não consigo entender é o argumento de que o objetivo é libertadores, sendo que o time é muito mal armado e treinado pro Brasileiro.

Libertadores é = + grana, reeleição da Patrícia? Just business? Saquei... e não conte com meu apoio.

André disse...

Na boa ... o segundo tempo foi IGUAL ao jogo inteiro contra a Universidad. Sem disposição, sem marcação, o adversário toda hora na cara do goleiro... O Felipe foi o último culpado por mais uma VERGONHA do nosso time.

Esse final de temporada não existe outra alternativa que não seja MANDAR Renato Abreu e Léo Moura direto para o ASILO!!! Que coisa mais irritante estes 2!!! Que se dane se o reserva do Léo Moura é o Galhardo. Pior do que está não fica. Este cara já era. Ele está sabotando o time.

O Renato também. Além de nem chutar mais, que era uma das poucas qualidades deste jogador, já não ganha de ninguém na marcação. Erra passes de 50 cm. Eu disse isto mesmo.50 cm!!!

Wellinton tem que ir para o Duque de Caxias que é do mesmo nível que ele.

E até em quem depositamos esperanças de consertar a defesa é uma decepção. Alex Silva tem mostrado todas as razões de ter sido MANDADO PARA A RUA do São Paulo.

Zagueiro alto de boa técnica que é BURRO feito uma porta. Que lance bizarro aquele que ele meteu a mão na bola para bater uam falta não marcada??? Além do mais, tem mais de 1,90 e não consegue ser vencedor e mais de 50% das bolas altas. Também não consegue ser uma arma nos escanteios. Nesta parte até merece um desconto devido ao próximo ítem:

Eu já achava O FIM DA PICADA em 2008 o PETKOVIC ficar tentando em TODOS os escanteios de TODOS os jogos o gol olímpico. Agora vem o Ronaldinho e caímos de novo no mesmo erro??? Desculpem a palavra, mas ... PORRA!!!! Desperdiçamos 256.789.376.846 escanteios por jogo por causa deste ESTRELISMO!!! Isto é uma tremenda falta de COMANDO, ORGANIZAÇÃO E TUDO MAIS!!!

Pensando sobre isto tudo, a maior responsável por este ano que tinha tudo para ser histórico e está sendo mais um MICO GIGANTE na nossa história é a nossa presidente.

Assumiu com discurso de ser diferente, dizendo aplicar a tal "nova filosofia" e na verdade se não é igual a todos os outros é até pior. Porque além de não ajudar nas dívidas não cosneguiu resultados.

É um absurdo um técnico ser retranqueiro o ano inteiro? É. Ele escalou mal em 80% dos jogos do ano? Sim. Mas ele é EMPREGADO!!! O que dizer com quem CORROBORA com estes absurdos todos? O que dizer de quem não cobra empenho do astro principal da companhia? O que dizer de quem investe R$8.400.000 no Thiago Neves por ano? O que dizer de quem investe R$3.600.000. por ano no Deivid???

O que dizer de quem CLARAMENTE quer igualar o CARRO CHEFE, a PRINCIPAL fonte de receitas do clube FLAMENGO, a Ginástica Olímpica, Basquete e Natação???

Presidente, o FLAMENGO é, QUER VOCÊ QUEIRA OU NÃO UM CLUBE DE FU-TE-BOL!!! Você tem que ir se tratar em ujm psicólogo. Isto que está fazendo parece sintoma de quem se sentiu a vida inteira sem apoio na natação e agora quer se vingar do futebol. Quero ver se a receita do FUTEBOL cair como vai ficar o financiamente dos "esportes olímpicos". Esta administração está matando o FINANCIADOR de TODO O CLUBE!!! Que falta de inteligência.

O que dizer de uma administração que teve excelentes jogadores SE OFERECENDO, como Adriano, Vagner Love, Emerson... e com MUITA SOBERBA se recusou a contratar???

O certo mesmo é ter um atacante disciplinadao como o Deivid no time, né? Ou o "líder de grupo" Renato Abreu. Craque problemático se administra, agora...um perna de pau o que você faz??? Não pode ensinar um TOSCO a jogar bola...

Esta presidente tem que ser colocada no LIXO da história e tomara que NUNCA mais volte!!! Se é para fazer uma administração ruim que seja para ser com resultados pelo menos. Agora mal administrado e perdedor??? Aí, rapaz...

Sou como o Cléber Soares acima. Não existem razões racionais para a minha paixão e preocupação com este time palhaço. Mas está acima de mim. Não consigo deixar de torcer e será assim até o final da vida...

Bosco Ferreira disse...

Porque o Wellington sempre mostrava aquele bundão dele ao atacante gremista antes dele meter os gols? Estaria o Wellington tentando propor algum negócio esquesito ao atacante?

Luis disse...

André, já que o campeonato já era (e é possível que a Libertadores também), qual seria a tua barca/lista de dispensas de Natal? Começaria com o Luxa?

Victor Dill disse...

Discordo quanto ao Flamengo ser um clube apenas de futebol. Veementemente aliás.

Me incomoda mesmo é a falta de uso da imagem do clube nos outros esportes. Estamos sempre disputanto título em TUDO e nunca tem uma propaganda usando esses esportes. Na boa: Alguém no pan lembra que o Cesar Cielo treina no Flamengo? Aliás, quantos da seleção de basquete treinam lá? Os Hipolytos ainda defendem do mengão? Porra, nesses momentos é hora do atleta agradecer ao treinador, a família E O CLUBE.

Mas vindo de um clube que tem aquela propaganda BIZARRA da campanha de tijolinhos que é só com a estrela-maior da companhia futebolística e só e tão somente para (re)construir o diferencial que o flamengo perdeu faz anos (celeiro de craques); que esperar? Por mim tinha era que chamar alguém realmente ligado em como vender um time (leia-se clube) e em como usar a cabeça para usar o melhor possível os recursos que tem. Embora o André seja partidário do Ben Jor, eu prefiro chamar o Bernardinho para diretor geral... Alguém duvida que o volêi brasileiro hoje é melhor do que 10 anos atrás quando o Bernardinho asusmiu 15 anos atrás (o feminino)?

Quanto ao futebol: Eu não estou podendo assistir aos jogos. Escuto na rádio globo online direto. Parei de ouvir no empate do grêmio. Pensei: "Pronto; o time vai amarelar..." e desliguei. Não me enganei completamente pelo visto.

Claro que as substituição do Luxa atrapalharam, mas em última análise, a culpa é de quem está em campo. Mas cadê o barulho na imprensa e no clube pedindo a barração do Renato panela-de-canela? Honestamente, o Wellington pode até falhar, mas 50% das bolas que ele tem que ir tentar algo (e se cagar inteiro) são por causa de falhas do Renato.

Gabriel Folha disse...

Um goleiro medíocre pegaria, pelo menos, 2 das 4 bolas que entraram ontem.

Régis Marra disse...

Repito aqui o que twittei durante o jogo. Eu sempre fui um admirador dos times montados pelo Luxemburgo e, tirando sua atuação nos bastidores e fora de campo, como técnico sempre foi um dos meus favoritos, por isso fico a vontade para criticar.
Não sei dizer o porquê mas nos ultimos tempos o Luxemburgo não é nem sombra do técnico que já foi um dia, as substituições no jogo de ontem deixaram isso muito claro, falta coragem de arriscar, falta ousadia, qualidades que ele já teve. As pretenções do Flamengo tem que ser bem maiores que as pretenções que o Luxemburgo tem hoje.

LuksAlves disse...

Só queria falar dos comentários acima. Discordo do Gabriel Folha, acho que Felipe é o jogador que menos pode ser culpado pelas atuações do time, se agente ainda ta no G-5 eh muito por culpa dele, falhou em determinados momentos, mas mesmo assim fechou o gol em muitos outros. Acho que o Flamengo não eh só futebol, também, acho que deveria se explorar mais o lado olímpico, afinal muitos não sabiam que a medalhista Fabiana Beltrame do remo era do Fla, os principais ginastas brasileiros são do fla, e ainda acho poderia se formar um bom time de futebol feminino, um de futsal e um de vôlei, mas o futebol é o que se arrecada mais aqui no Brasil FATO, mas temos que levar o nome do Flamengo pra fora do país vlh, marketing é oq ta movendo hoje clubes esportivos, e o Flamengo não sabe aproveitar os esportes olímpicos e com relação ao futebol não sabe aproveitar o tamanho de sua torcida. Acho que o fato da gente não revelar mais tanto jogador é que a geral que cresceu com Zico em alto nível era quase toda flamenguista isso trazia mais jogadores pra base e em consequência mais craques, por isso que defendo a volta do Adriano, pq ele é ídolo e foi criado na base, eu tenho 14 anos e gostaria de jogar no clube que formou o Adriano que embora os problemas que agente conhece, em boa forma é um extraordinário jogador, essa geração de agora de Adryan cresceu com Adriano, Juan, R.Augusto e J.Cesar(que eu considero poucos ídolos), e a minha geração só viu o Adriano, Pet e Bruno em 2009 e os dois últimos não formados na base e o nosso ex-goleiro foi uma decepção pelo que todo mundo já sabe, Bruno era o meu ídolo virei goleiro por causa dele, e depois do problema dele eu fui pra zaga pq vi um Juan em boa fase pela seleção, se um ídolo nem tão grande causou isso comigo, provavelmente causou com outros da minha idade, que falta que eu tenho de ídolo que decida o jogo. Acho q da pra mandar embora (ate de graça) o Renato Paneleiro, os vida boa Fernando, Fierro e Alvim, o mau motorista Deivid e dava pra vender o Wellington por um bom preço pra algum time trouxa e se não der mais pro Willians também da pra vender ele por um preço bom, mas o que precisa mesmo é “ForaLuxemBURRO”.

Gustavo disse...

Mudando completamente de assunto, tenho uma sugestão de post que talvez você ache interessante: Adidas oferece R$ 350 mi para tirar OLK do Fla.
Acho o assunto bem espinhoso, afinal, a OLK sempre foi parceira mesmo, com direito a loja, museu e participação no salário de alguns jogadores. Por outro lado, é muita grana. São R$35milhões por ano contra R$21milhões atuais. Além do fato, da Traffic estar por trás da negociação.
Rolo a bola para vc!
Abs.
Gustavo

Segue o link: http://www.maquinadoesporte.com.br/i/noticias/patrocinio/22/22712/Adidas-oferece-R-350-mi-para-tirar-OLK-do-Fla/index.php

Terapia do Toque disse...

Eu sempre fui admirador do Vanderlei Luxemburgo, mas ele não dá pra ser o técnico do time com essa safra de bons jogadores que estão surgindo nas categorias de base do Flamengo. Se vcs lembrarem dos times que o VL comandou, como Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro e Santos, onde ele foi campeão, todos eles foram montados em cima de jogadores já formados, não tinha nenhum jogador lançado pelo clube no período que ele comandou os mesmos.

flages disse...

Só não insistam na história com o Adriano, caramba! Espírito de mulher de malandro? Adriano NUNCA MAIS. Aprontou demais. Profissionalismo é exigir profissionais! Não usem os problemas atuais para tratar o Adriano como um herói desprezado, o cara não merece o Flamengo, pelo menos o Flamengo que eu sonho. E mesmo neste Flamengo atual, eu não quero, não tenho espírito de mulher de malandro.