Jogo do Flamengo pela Sul-Americana em São Paulo é uma boa ideia. E por que não o Fla-Flu?

O Pacaembu é um bom estádio, o Flamengo tem boa torcida paulista - e a mídia que isso geraria no principal mercado do país pode valer a pena.




* * * * * * * * * *

Foi divulgado agora há pouco que a Federação das Torcidas Organizadas do Rio de Janeiro se posicionou contra o Fla-Flu em Volta Redonda - curiosamente com o argumento de que as torcidas organizadas, que são justamente federadas a ela, poderiam protagonizar atos de violência no estádio e nos acessos à cidade. Seria um aviso de quem quer ajudar ou uma ameaça?

Ao que parece, a reivindicação é que o jogo seja mesmo no Engenhão, ainda que sem desarmar completamente a estrutura montada para o show de Justin Bieber, que acontecerá por lá poucos dias antes. Não me surpreenderia se o manifesto tenha sido combinado antes com as diretorias de Flamengo e Fluminense, que não estão felizes em ter que fazer o clássico fora da cidade. Se isso for possível, parece mesmo a melhor saída. Provavelmente a capacidade do estádio continuará maior do que a de Volta Redonda e evita-se a viagem. Mas e se não for?

Os chilenos da Universidad de Chile sugeriram o Pacaembu como palco do jogo contra o Flamengo pela Copa Sul-Americana, aparentemente interessados em jogar em uma cidade para onde há vôos diretos de Santiago. Luxemburgo parece resistente à ideia, mas eu acho ótima. E digo mais: se não der pra fazer no Engenhão, por que não o Fla-Flu no Pacaembu?

Escrevi por aqui há pouco tempo: o Flamengo tem uma torcida de tamanho bem relevante na capital paulista e não é nada de muito impossível ter o estádio lotado para este jogo - muito pelo contrário. E ter "o clássico mais charmoso do Brasil" acontecendo no estádio mais charmoso  de São Paulo, sede do Museu do Futebol, com arquibancada lotada e os dois times ainda na disputa ao menos por uma vaga na Libertadores chamaria bastante atenção da mídia por lá, o que tem muito valor.  Em um momento em que a diretoria negocia a possível renovação do patrocínio com a Procter & Gamble para o próximo ano, poderia ser um empurrãozinho mais do que oportuno.

Antes aconteceria a partida contra os chilenos, pela Sul-Americana. E o Flamengo poderia facilmente criar uma promoção com venda casada para os dois jogos, garantindo uma boa presença nas duas partidas e reafirmando por lá que tem sim muito rubro-negro vivendo na capital econômica do país. O Pacaembu é um belo estádio, o gramado está bom e a viagem até São Paulo é curta.

Sei que o estádio de Volta Redonda é moderno e até já recebeu Fla-Flu pelo Brasileiro antes, em 2005. Sei também que em Brasília - que parece ser a escolha preferida de Luxemburgo para a Sul-Americana, apesar da viagem mais longa - também há um estádio de primeira linha e uma torcida ávida por ver o Flamengo em campo. Mas se eu apitasse alguma coisa na Gávea, estudaria com muito carinho mesmo a ideia de jogar no Pacaembu, inclusive fazendo o que talvez seja (historiadores do futebol, me ajudem!) o primeiro Fla-Flu em competição oficial acontecendo em solo paulista.

9 comentários:

@papoulab disse...

André Monnerat > Dpto de mkt do Flamengo

Bosco Ferreira disse...

Esse garoto vai longe!

Bosco Ferreira disse...

Esse Luxa se mete em tudo. Ô cara do meu abuso!

Saulo disse...

Ah, a viagem pra BRASÍLIA não é significativamente maior. E há mais flamenguistas e menos possibilidades para os Flamenguistas do centro-oeste verem o Flamengo. Os paulistanos têm a possibilidade de ver o Flamengo pelo menos 4 vezes no Brasileiro, fora fortuitos encontros com paulistas na Copa do Brasil, Libertadores e Sulamericana. Com certeza a visibilidade em Sampa seria maior, mas ao mesmo tempo me compadeço desses abnegados torcedores que amam o Flamengo de longe. Nessa eu tô com o Luxa.

Eduardo disse...

Numa boa, não me agrada.

O Flamengo devia valorizar a Sul Americana e jogando num estádio "escolhido" pelo adversário seria um tiro no pé.
Mas parece não ter jeito mesmo.
Embora ache que com esse time e principalmente com esse esquema de jogo não vamos a lugar nenhum esse ano.
Não consigo ver o Flamengo fazer uma boa partida em SP domingo com a escalação burra do Luxa.

Abs

Gabriel Folha disse...

No Pacaembu tivemos, pelo Torneio Quintela de Ouro que envolvia Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Flamengo e Fluminense, Fla 0 x 0 Flu, em 1942.

Pablo Alcântara disse...

cara, porque vc não trabalha no Flamengo? perfeito.

Saulo disse...

André, quando vi a notícia "Pacaembu", logicamente que fiquei enamorado (momento bichístico), principalmente pela possibilidade maior de ver o meu Fla aqui em Sampa jogando "em casa". Olhando pra final da copinha, contra o Bahia, teremos uma noção do que nossa torcida é capaz de fazer.
Por outro lado, tb compadeço com a opinião do meu xará aí em cima. Realmente é um boa oportunidade do clube prestigiar a torcida do centro-oeste.
Mas se tratando da nossa diretoria, acho que eles vão cagar pro "off-Rio".

Sugestão: André, às vezes, sinto falta da data - no cabeçalho - do post. Apesar da sua clareza em se comunicar, acho que a exibição da data seri auma boa para, nós leitores, nos situarmos se teu texto saiu antes ou depois de determinada notícia.

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!