Amistoso: Flamengo 2 x 1 América-MG

No segundo amistoso do ano, Luxemburgo já testou o time na formação que deverá usar quando tiver todos os titulares


* * * * * * * * * * *

Ao contrário do que tinha indicado no treino da véspera, Luxemburgo colocou o time em campo no mesmo 4-2-3-1 que tinha testado no treino tático de quinta-feira e que parece mais adequado para encaixar Thiago Neves e Ronaldinho. Foi uma boa medida para começar a preparação para o resto da temporada, mas deu pra ver que, sem os dois, com os jogadores que entraram hoje, o esquema não funciona tão bem.



Nesta formação, o time deve passar de um 4-5-1, quando não tem a bola, para o 4-3-3, quando ataca. A primeira parte funcionou bem; a marcação no meio-campo foi boa e o América mal chegou próximo à area do Flamengo em todo o primeiro tempo - vamos ver se a pegada consegue se manter assim quando Thiago Neves e Ronaldinho entrarem. Porém, com a posse de bola, os meias abertos não se transformaram sempre em atacantes, como deveriam, e Deivid - que não animou mesmo nestes dois amistosos, se movimentando muito pouco - acabou ficando muito isolado no ataque. Renato, principalmente, não é jogador para funcionar neste esquema.

Este sistema também depende bastante da atuação do meia que joga centralizado. Pela direita, Fierro até se entendeu bem com Léo Moura e deu um passe muito bonito para o primeiro gol, de Vander; pela esquerda, Renato e Egídio faziam o mesmo papel, embora com menos qualidade. Assim, o time tinha suas opções de jogada pelas laterais; porém, pelo meio, Vander não parece ser um jogador de passe, e sim de tentar o drible próximo à área adversária. Faltou quem aparecesse pelo meio para chamar o jogo e distribuir as jogadas. Isso poderia ter sido minimizado se os volantes tivessem uma participação melhor com a bola, mas não foi o caso com Willians e Fernando. O time, por isso, ficou um tanto previsível e bastante lento na saída da defesa para o ataque.

Mas, com a bola,  tudo pode funcionar melhor neste esquema quando Luxemburgo puder escalar todo mundo. Não só Thiago Neves e Ronaldinho deverão ser bem mais efetivos na hora de se juntar ao ataque, mas também Bottinelli pareceu ser um jogador com mais características para fazer o papel de meia centralizado. A observação de seu futebol ficou prejudicada pelo jeito como correu o segundo tempo - a partir da metade, os dois times já tinham feito muitas substituições e ficaram desfigurados. Mas, mesmo errando alguns passes bobos, ele se mexeu bem pra chamar o jogo e procurou tocar a bola, distribuir as jogadas. É preciso observá-lo mais, mas ele pode se revezar nesta função principalmente com Thiago Neves (em avaliações de quem acompanha melhor o futebol sul-americano, li que ele já jogou pelo Universidad Católica tanto centralizado quanto mais aberto pela lateral) e fazer o time funcionar melhor.

Bottinelli também vem com fama de ser bom chutador de fora da área. Com a bola rolando, chegou a arriscar dois chutes que saíram muito ruins - mas fez um golaço de falta. Se for confirmando o bom desempenho nas bolas paradas, é mais um belo motivo para que o treinador não insista muito em arrumar uma vaga de titular para Renato. Não deu pra entender bem o porquê, mas na primeira metade do segundo tempo - quando o time ainda era o "titular" -, o Flamengo insistiu em atacar apenas pela esquerda, com Renato e Egídio, e o desempenho piorou bastante.


* * * * * * * * * * *

Na defesa, o time foi pouco exigido na maior parte do jogo. Mas, no primeiro tempo, chamou a atenção como David conseguiu se enrolar sozinho com Fábio Júnior, veterano atacante do América. Tenho a impressão de que esta zaga ainda vai dar dor de cabeça.

E no gol do América, houve uma falha no posicionamento em jogada de bola parada que precisa ser trabalhada nos treinamentos. Willians se distraiu e não acompanhou como deveria o adversário que acabou cabeceando para o gol; mas, de qualquer forma, ele é baixo demais para ter a responsabilidade de marcar no primeiro pau. Qualquer desvio ali é sempre fatal.




17/1/2010 - 17h - Flamengo 2 x 1 América-MG
Estádio do Café - Londrina, PR

Árbitro: Antonio Denival de Moraes (PR)
Auxiliares: Pedro Martinelli e Marcos Rogério da Silva (ambos do PR)
Cartões amarelos: Gabriel (AME)

Gols: Vander, aos 2'1T(1-0), Gabriel, aos 16'1T(1-1) e Bottinelli, aos 38'2T(2-1).

Flamengo: Felipe (Paulo Victor, aos 28'2T) Leonardo Moura (Darío Bottinelli, aos 14'2T), Welinton (Jean, aos 25'2T), David (Ronaldo Angelim, aos 25'2T) e Egídio (Rodrigo Alvim, aos 28'2T); Fernando (Maldonado, aos 25'2T), Willians (João Vitor, aos 28'2T), Fierro e Renato (Marquinhos, aos 28'2T); Vander (Romário, aos 28'2T)e Deivid (Wanderley, aos 14'2T). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

América-MG: França (Glaycon, aos 43'2T), Micão, Preto (Moisés, intervalo), Gabriel; Marcos Rocha (Sheslon, aos 30'2T), Dudu (Nando, aos 29'2T), Leandro Ferreira (William Morais, aos 17'2T), Irênio (Hélton Luiz, intervalo) e Rodrigo (Otávio, aos 29'2T); Luciano (Thiago Silvy, intervalo) e Fábio Júnior (Daniel Lovinho, aos 17'2T). Técnico: Mauro Fernandes.

5 comentários:

lussiannosousa disse...

Nos vídeos da época de Vander no Bahia dava pra perceber que ele jogava mais como um ponta direita mesmo.

obs.: sou cadastrado no site comprafácil e hj recebi um e-mail do oferta-x - site de compra coletiva da mesma empresa, a Hermes - ofertando uma foto de ronaldinho gaúcho autografada por 5R$. O valor seria repassado pra ajudar as vítimas das enchentes no Rio. O Compra Fácil é a e-commerce parceira do Fla no futuro "sócio-torcedor" do Clube. Pelo anúncio não fica claro a participação do Clube, mas pela empresa escolhida pra ofertar a foto, me parece a primeira ação de marketing do jogador envolvendo o Fla http://www.ofertax.com.br/oferta/0002bb

Gabriel Folha disse...

Deivid segue impressionantemente inofensivo.

André disse...

Folha: O Deivid não tem a menor condição. É mais lentto que o Ronaldo Gordo.

Marcos André Lessa disse...

Sugestão para clipping comentado: http://www.espn.com.br/maurocezarpereira/post/169647_NO

André Monnerat disse...

Marcos, isso foi assunto de post: http://www.sobreflamengo.com.br/2011/01/capitao-leo-patricia-amorim-o-contrato.html

E parece que, quando o ônibus da delegação do Flamengo chegou para o jogo contra o América-MG, o primeiro a descer - antes dos jogadores - foi o próprio presidente do Conselho Fiscal...