Almanacão de Férias - parte 7

Reedição das melhores histórias, pra você reler, discutir, recortar, colar e colorir!
Os torcedores que querem comprar seus clubes na Inglaterra.

2 comentários:

... disse...

ADRIANO O FAVELADO
num país de oligopólios

Vagner Love foi filmado
Escoltado por armados
Adriano indiciado
Deu motoca ao celerado
Os dois sendo acusados
De apologia aos drogados
Adriano é alcoólatra
Vagner Love é viciado
Rotulados como monstros
Pelo crivo enviado
Por jornalistas intencionados
Em mostrar o favelado
Como lixo condenado
Na favela o operário
É tratado como otário
Espancado por PMs
Todos mancomunados
Com os políticos desalmados
Os nunca açoitados
Cheirando o pó dos criticados
Já Adriano
O favelado
Pode vender cerveja pra todo coronelado
No horário nobre consagrado
Isso tá liberado
Ai de ele beber
Será esculachado
Pelo consumidor
Do produto anunciado
Adriano
Vira logo
Mau exemplo pras crianças do outro lado
É taxado de xinxeiro embriagado
Moralmente açoutado
O trabalhador mora no morro
Isso não é noticiado
Quem é cria da favela
Sabe que isso pouco importa
O Bope sobe armado
Morre preto favelado
É tiro pra todo lado
Como pode o Adriano
Frequentar esse cercado
Morando na favela
Tu é trafica
É fajardo
Não tem carteira de trabalho que prove que ao contrário
Na favela mora o povo
O proletariado
Essa gente que sustenta esse país desnivelado
Fico muito preocupado
Com valores deturpados
Por uma mídia pardieiro
Que legitima o congresso
E condena o empregado
Pro meu filho eu vou dizer
Que exemplo é o Adriano
Que não nega a favela
Um lugar de povo amado
Que devia ser lembrado
Com muito mais cuidado
E não associado à meia dúzia de armados
Sem oportunidade por culpa do Estado
Que culpa o favelado pelos seus próprios pecados
Num país de oligopólios
Todo predestinado
Pro rico ficar rico e negar o favelado
Eu prefiro Vagner Love no baile funk amado por tantos outros favelados

Pablo Treuffar

http://pablotreuffar.blogspot.com/2009/08/adriano-o-favelado.html

Bosco Ferreia disse...

ADRIANO O FAVELADO

Parabéns ao artista.
A Arte abrindo os nossos olhos!

A arte disse tudo e mostrou tudo que viamos e não tinhamos palavra para dizer em benefício do nosso ídolo. Por isso é que ele não comemorava os gols que fazia para nós.

Precisamos ficar do lado de nossos ídolos e não da elite corrupta que nos descrima e ainda nos introjecta a sua cultura reacionaria que criminaliza quem não é da sua classe social.

Acho que ele sentia a falta do carinho da torcida que sem ter uma visão da realidade cobrava do Imperador algo que ele não tinha obrigação de oferecer.

Já oferecia os gols!

Bebiamos pela idologia do nossos dominadores que através da sua imprensa facista e racista criminaliza os pobres e os ex pobres que se negam a abandonar seus amigos de infância, suas origens sofridas: Os criminalizadores de pobres da Veja, Globo, Band, Jornal O globo, e Fôlha de São Paulo e demais imprensa facista do País todo colocou muitos de nós contra nossos ídolos que apesar de toda a carga de perseguição continuaram cumprindo com seus deveres de balançar as redes nos fazendo delirar nos estádios.

Mas sem contudo enteder o quanto estavam carentes do nosso afeto e da nossa solidariedade.

Obrigado Adriano e Love pela superação e pelos belíssimos gols, e mil desculpas.