Pet de titular?

Ao que parece, Andrade pode mesmo lançar Pet de titular no jogo de domingo, contra o Corinthians.

Não teria mesmo como não pensar nisso, vendo o que ele jogou nas últimas duas partidas. Pet fez diferença no meio-campo porque entrou disposto a chamar a responsabilidade, se apresentando pro jogo o tempo todo, o que fez com que o time de repente conseguisse trocar passes no campo de ataque. Sem ele, com todo mundo estático, o time ficava dependendo sempre ou de lançamentos longos ou de arrancadas individuais de um Willians da vida pra fazer a bola avançar. Sua presença não resolveu tudo - o time continuou tentando cruzar bolas demais pra área -, mas já foi um belo adianto.

Mas... Não sei não.

Pra funcionar, é bom que Kléberson jogue com compromisso verdadeiro com a marcação no meio. Não é nada de outro mundo; ele já jogou assim este ano, e marcou bem. Eu até prefiro mesmo ele nesta posição. Mas, no último jogo, ele não foi nem volante, nem armador. Se deixar o mesmo buraco que deixou no Serra Dourada, vai ser ainda mais trágico.

É bom dizer ainda que a marcação no meio funcionou contra o Goiás após a entrada de Petkovic também porque Aírton foi adiantado para o meio-campo, o que fez com que o time tivesse quatro jogadores no meio, sendo dois volantes de origem. Contra o Corinthians, com Aírton voltando para zaga, o time terá um a menos no setor. Será o bastante?

E fica a dúvida quanto à condição física do cara pra aguentar um jogo inteiro, desde o início. Nestes dois últimos jogos, o gringo ficou mais tempo em campo do que em meses, num espaço de quatro dias, com viagens longas no meio. E atuou bem entrando no meio das partidas, com todo mundo já um tanto desgastado. Ele vai ter o mesmo rendimento com todos descansados? E vai aguentar 90 minutos sem deixar o rendimento cair? Pelo menos, é bom saber que o time não vai voltar a jogar na quarta-feira seguinte.

O negócio é que, até agora, ninguém conseguiu fazer a diferença no meio-campo do Flamengo que ele fez nestas partidas. Então, dá pra entender a aposta.

De qualquer forma, tá engraçado de ver como tanta gente definiu a contratação do cara como uma piada absurda e sem graça e agora está louco pra vê-lo como o grande armador do time. Pois é.

5 comentários:

Tiago Cordeiro disse...

Cara, o Pet de titular é demais. Ele vai ter que fazer algo diferente do que fez nos últimos dois, três anos quando não foi titular em NENHUM clube.

Botando ele de titular a gente perde uma grande surpresa no banco pra botar um cara que vai ter mais dificuldade começando o jogo. Não é só por pegar os jogadores mais cansados, mas o próprio Pet jogando menos tempo pode se esforçar mais nesses 45 minutos.

André Monnerat disse...

Tiago, eu até acho que não colocaria ele de titular. É o que eu disse.

Mas levando em consideração o que a gente tá vendo em campo, eu entendo quem defenda isso, entendo que o técnico faça.

Porque também tem o seguinte: vale a pena ficar segurando ele como surpresa no banco, sabendo que isso vai significar sempre 45 minutos de futebol ruim porque os outros tão rendendo sempre muito pior?

Acho que não o colocaria de titular agora. Mas se o time não mostra evolução no meio com as outras opções e ele continua entrando bem durante os jogos... É inevitável, uma hora ia ter que testar ele de início.

Tiago Cordeiro disse...

Monnerat, a gente tem três meias que não são confiáveis. Mas temos três meias:

Fierro, Camacho e Zé Roberto.

Tipo, qualquer um desses três quebraria o galho e cansaria os volantes pra entrada do Pet. Ainda tem a opção de colocar o Everton de quarto homem com o Fabrício pelo lado esquerdo ou mesmo improvisar o Léo Moura (minha opção favorita).

Enfim, eu acho isso meio que sagrado: se vc tem um cara que resolve em uma situação de jogo é melhor manter aquilo do que tentar inventar.

Mas enfim, tomara que se o Pet não jogar bem, o Andrade o coloque no banco e vida que segue. A impressão que tenho é que se tornando titular agora será assim até o fim.

Felipe Gaúcho disse...

Tô até vendo. Intervalo do jogo. Sai Pet, cansado, entra Zé Roberto. Que São Judas Tadeu nos ajude!

Roberto de Moraes disse...

André, só uma pequena observação: nesta quarta, dia 12/08, tem jogo sim: pela Sulamericana contra o Flu no Maraca!