Como andam os palpites? - Parte 1

Logo no início do campeonato, me dispus a bancar a Mãe Dinah e colocar aqui minhas apostas sobre os times que brigariam pelo título. Fiz lá aquele monte de ressalvas de segurança - tem que ver como vai ser a janela, se contusões irão acontecer, o efeito Copa do Brasil/Libertadores... -, mas coloquei lá meus favoritos. Chegamos agora ao fim do primeiro turno - já dá pra fazer uma revisão. A verdade é que eu errei feio nas apostas!

O time que eu cravaria, lá atrás, como campeão não tem a menor chance: é o Cruzeiro. As tais ressalvas de segurança funcionaram firme nesse aí: graças à Libertadores, pontos preciosos foram perdidos, deixando o time na zona do rebaixamento na época em que a competição terminava; com a derrota na final, bateu uma instabilidade emocional que também andou prejudicando o desempenho; pra completar, a janela levou embora os dois principais jogadores do meio-campo, Ramires e Wagner, dois caras que não tem como substituir à altura. Vi o Cruzeiro jogando domingo contra o Santos, e é um time mesmo totalmente diferente do início do ano. Há jogadores pra se encaixar por agora, como Gilberto e Guerrón, mas por enquanto a coisa não está funcionando bem. A chance de rebaixamento, pra mim, é nula - mas passou longe da luta pelo título que eu previa. Deve pegar Sul-Americana.

Abaixo do Cruzeiro, eu colocava São Paulo, Corinthians e Inter. O São Paulo, hoje, é quem eu apostaria como campeão - mas um dos fatores que eu listava pra colocá-lo como candidato forte era justamente a permanência de Muricy, que não existe mais. De qualquer forma, o elenco é forte de nomes, e os resultados das últimas rodadas são impressionantes. Ainda não os vi jogando sob o comando de Ricardo Gomes (a não ser lá atrás, no jogo contra o Flamengo), mas de qualquer forma é um time que me passa bem mais firmeza, pela maior variedade de opções de elenco, do que o atual líder, o Palmeiras.

O Corinthians é mais um que sofreu com os efeitos da Copa do Brasil e da janela e, nessa saiu da luta pelo título - está, como diria o outro, brincando no Brasileiro. Já o Inter está lá, perto do topo, apesar da saída de Nilmar. Eu dizia que era um candidato, mas que tinha minhas dúvidas se tinham mesmo o futebol todo que se dizia. Até agora, o futebol foi e voltou, foi e voltou, mas o fato é que o time pode terminar o turno como líder. Pode acabar mesmo sendo campeão - seria meu segundo da lista, hoje.

Além desses aí, eu colocava um pouco abaixo, mas ainda possíveis candidatos, o Palmeiras ("de Luxemburgo" - não é mais o caso) e o Grêmio. Time por time, gosto mais do Grêmio - mas ele está mais abaixo na tabela, por conta do desempenho horroroso fora de casa. Se conseguir melhorar um pouquinho nisso aí, vai brigar por Libertadores até o finla - título, a essa altura, acho difícil. Já o Palmeiras é o líder, não dá pra dizer que não possa ser campeão, até porque dizem que ainda vai se reforçar; mas, hoje, é um time que depende demais de pouquíssimos jogadores, principalmente Diego Souza, o que faz com que não dê pra apostar tanto que mantenha o rendimento alto o tempo todo - se Diego se machucar, ou cair de rendimento por um motivo qualquer, vão sofrer muito. Mas tem o efeito Muricy, que já cansou de mostrar que ér capaz de trancar a defesa de um time e ganhar partidas seguidas com um futebol chato, de poucas armas ofensivas.

Olhando a tabela agora, no meio desses nomes aí estão hoje o Goiás, o Atlético Mineiro e o Avaí. O Avaí, vai saber até onde pode chegar. Desembestou de ganhar uma atrás da outra, mas ninguém bota muita fé que isso possa durar até o final. Não vi tantos jogos assim deles, mas aposto que ano que vem o volante Léo Gago estará numa equipe maior do Brasil - ou na Arábia, ou Ucrânia, sei lá. O Atlético Mineiro, de Celso Roth, eu poderia dizer que pode pegar Libertadores só por estar escaldado com o Grêmio do ano passado - mas acho mesmo que vai ficar pela Sul-Americana. Já o Goiás tem Fernandão pra estrear, e é um time que realmente funciona como equipe. Se jogassem com a camisa do Cruzeiro, do Inter ou do Palmeiras, eu diria que poderiam brigar pelo título; mas como não é o caso, e ainda por cima têm Léo Lima de titular, meu preconceito não permite fazer uma aposta dessas. Mas pode continuar brigando pela última vaga da Libertadores até o final.

Então, refazendo aqui a lista: hoje, ainda com a janela aberta, na base dos ensinamentos de Mãe Dinah, eu infelizmente cravaria São Paulo campeão, com Inter, Palmeiras e Grêmio na Libertadores. Mas pode ser ainda que Goiás ou Atlético-MG cheguem lá.

5 comentários:

AF STURT disse...

E o flamengo em?

AF STURT disse...

Andre,vc tem um email?

André Monnerat disse...

O Flamengo tá na parte 2, já já eu publico. :)

Meu e-mail tá na coluna da esquerda do blog, lá embaixo, no "quem sou eu".

Lobão disse...

Amigo, sinceramente eu acho que o Flamengo tá no páreo.
Matematicamente até msm o Cruzeiro.
Vc se recorda da arrancada que o desacreditado Flamengo deu no Brasileiro de 2007, qdo terminou a primeira etapa da competição na zonha de rebaixamento???

André Monnerat disse...

Pô, Lobão, matematicamente todo mundo deve estar, né? :)

A brincadeira é justamente brincar de Mãe Dinah e dizer o que acha que vai acontecer. Mas claro que posso quebrar totalmente a cara!