Ano de eleição é isso aí

Petkovic foi apresentado ontem. Sem a presença de ninguém do departamento de futebol no evento - "esse assunto não é do futebol" parece ter virado um mantra para Kléber Leite -, e com um destaque desproporcional na home do site do clube. Especialmente pela maneira como todos sabem que se deu a negociação.

Também foram apresentados ao público, pela imprensa, os termos do acordo entre o clube e Petkovic pela dívida. E, nessa, muitos começaram a chiar e dizer que o acordo foi desvantajoso.

Mas eu não estou certo de que tenha sido ruim. Não sou economista, não sei qual era a taxa de correção que havia antes sobre a dívida, não sentei na mesa de negociações pra saber se dava pra ter conseguido melhor ou não. Mas me parece que houve uma boa redução do valor total da dívida (não pela metade, como chegou a ser falado, mas em alguns milhões), além de um alongamento do prazo de pagamento, diminuição do valor das parcelas, trégua de alguns meses nestes pagamentos, suspensão de penhoras. Em um momento em que o que o clube mais precisa é fluxo de caixa para respirar, num ano com meses sem cotas de patrocínio, com diversas receitas de anos futuros já adiantadas, com quebra-pau em reunião de Conselho justamente por estes pedidos de adiantamentos - o alívio me parece mais do que bem vindo. 

Já ouvi o argumento, de mais de uma pessoa, de que "poderiam ter pego um empréstimo, pago ao Pet à vista e parcelado a dívida em melhores condições com o banco". Faço duas perguntas: quem acha que é realmente fácil para o Flamengo, hoje em dia, pegar um empréstimo de uns 13 milhões, ainda mais negociado em boas condições de pagamento? E quem acha que, caso conseguissem o milagre de arranjar este empréstimo, o melhor fim para ele seria pagar uma dívida que já pôde ser negociada de outra forma, em vez de escolher outro débito mais complicado para pôr fim - como, por exemplo, os R$13 milhões de impostos atrasados de 2008, que impediram a assinatura com a Petrobras, impediram o projeto do CT via Lei de Incentivo ao Esporte, impediram o pessoal da ginástica olímpica de receber até hoje o dinheiro da prefeitura de Niterói e por aí vai? Estas pendências com o Estado são só um exemplo entre as dívidas imediatas que o Flamengo tem - lembrando: no balanço do clube, aparecem R$148 milhões de dívidas passadas a serem pagas até o fim de 2009. Qualquer negociação que parecele isso aí, alongue o pagamento e o torne mais possível deve ser considerada com carinho. Ou não vale reclamar depois quando aparecerem notícias de salários atrasados.

E, como já escrevi por aqui, não creio que Pet vá ter grande impacto no time. Nem positivo, nem negativo. Então, como renegociação de uma dívida que ajudava e muito a asfixiar financeiramente o clube, ainda acho - como leigo - que o negócio fez sentido. Embora a maneira de lidar com ele, internamente e externamente, tenha sido incrivelmente desastrada.


* * * * * * * * * * * * * 

Aproveito pra chamar a atenção de um aspecto dessa coisa toda que está passando batido: alguém aí já tinha visto a íntegra de um contrato como este ir parar na imprensa desta maneira? A quem interessava esta divulgação? Seria a alguém que já andou justamente reclamando da troca de fogo político interna no clube?

Ano de eleição é isso aí.

7 comentários:

Alan Souza disse...

Esses caras estão acabando com o clube.O Flamengo com time pra ganhar o Brasileiro e eles fazendo politicagem.
Kleber Leite adora tirar o seu dá reta, mas não assume que é um dos maiores responsáveis pelo clube estar quebrado.
Penso que o Plínio já voltou dá negociação envolvendo o Íbson e o Uram nem participou por um boicote ao Delair/Márcio.
Acho até que eles torcem contra, como muitos desses que estão hoje aí torceram contra em 2004 quando o Júnior era do futebol é o clube estava pra cair.
SRN

[Le]andro_ disse...

Tem como liberar o texto completo do feed RSS?

André Amaral disse...

Quem tinha interesse em divulgar isso para a imprensa?

Acredito que o Delair, pra bancar a contratação do Pet, para esfregar na cara do KL que o Clube conseguiu um bom negócio economicamente falando.

MIguel disse...

A divulgacao do contrato se deu porque a negociacao foi feita nos autos dum processo que corre numa das varas civeis da capital. Exceto em casos excepcionais, processos sao publicos e estao disponiveis ao acesso de qq um. Basta mandar um estagiario ao cartorio da vara civel em questao e pedir pra ele tirar copia dos autos.
Abs,

Tiago Cordeiro disse...

Monnerat, mas foi o contrato ou o acordo judicial que vazou? Acho que do contrato só vazaram alguns detalhes e não o texto inteiro.

Flora disse...

Acho muito barulho por nada isso tudo.
Logico, é flamengo, e se isso ja acontesse nornalmente, imagina em ano eleitoral.
Sinceramente pior do que tá não vai ficar (nessa questão do pet).

Me preocupo mais com outras coisas, como essas dividas todas que vc comentou no texto e que asfixiam o clube.
E enquanto isso o departamento de futebol querendo gastar dinheiro com morais, valdivia só pra alimentar essa guerra de vaidades com a direção. Ridiculo.

E ah, o Adriano ja começou.
Quero acreditar muito que ouve motivos razoaveis para sua falta. Mas com essa historia tão mal contada é obvio q isso não é muito provavel.

Flora disse...

E ah, o Adriano ja começou.
Quero muito acreditar que Houve motivos razoaveis para sua falta. Mas com essa historia muito mal contada acho que isso não é muito provavel.