E Ronaldo falou. Mas o que ele diz, não se escreve

Depois de todas as suas declarações de amor ao Flamengo e sobre o sonho de jogar no clube, Ronaldo realmente acertou com o Corinthians e deu sua explicação: em quatro meses treinando na Gávea, não recebeu proposta concreta do clube. 

Muita gente que sonhava em ver o Fenômeno no Flamengo já deve estar voltando suas baterias contra a diretoria incompetente e inerte do clube. Para se defender, Kléber Leite diz que o combinado era que Ronaldo entraria em contato quando decidisse que era hora de negociar sua volta. E Márcio Braga reclama da deselegância do atacante em nem avisá-lo de nada antes de ir pro Parque São Jorge.

E, nessa aí, eu estou do lado da diretoria.

É fato: Ronaldo sempre disse que, antes de mais nada, queria estar 100% para merecer vestir o Manto Sagrado:
"O Flamengo é o favorito para mim, se eu estiver bem. O Flamengo está na pole position, mas não quero ir por um favor, por causa do meu sonho. Tenho que merecer estar à altura do Flamengo" - 27/10/2008
E seu empresário também colocou, na época em que surgiu o interesse de Paris Saint-Germain, que era necessário esperar a recuperação do jogador pra começar qualquer conversa: 
Ou seja: o discurso de Kléber Leite e Márcio Braga bate com o que havia sido dito até hoje. As desculpas de Ronaldo, parece, são só isso mesmo: desculpas.


* * * * * * * * * * * * * * * * 


A ida para o Corinthians foi uma surpresa mesmo. Mas, pra mim, apenas por ter sido para o Corinthians, outro clube brasileiro. Já imaginava mesmo que ele, no fim, fosse se decidir por outros motivos quaisquer e ir para outro lugar que não o Flamengo.

Por uma razão simples: é o que ele sempre fez, até hoje. Em todos os seus momentos de baixa, Ronaldo sempre aparece com declarações sobre seu rubro-negrismo e seu sonho de infância de jogar no Maracanã com a camisa rubro-negra. O Flamengo se mexe, Kléber Leite se empolga e, na hora H, ele vai parar em outro canto. 

Vamos combinar: Ronaldo já tem dinheiro na conta suficiente para quinze gerações. Se realmente este seu amor ao Flamengo fosse algo decisivo para ele, já teria realizado seu sonho há muito tempo. Porém, obviamente, outras coisas pesam mais em sua balança.

Desta vez, foi apenas um exemplo bem mais extremo de que é assim que as coisas funcionam. É bom pra quebrar a ingenuidade de muita gente.

E bem - eu sou mais o Obina.

2 comentários:

Mayson disse...

E aí Monnerat, Blz?

Eu estava ontem na discussão na Flamengonet. Pois é, eu tb sou mais o Obina.

Abraços cara, seu Blog é show.

Dani disse...

Gostei da sua opinião. É a segunda vez que o esse prego tava mal e o flamengo deu uma inflada nele. Para mim ele foi traira sim.

abraço

www.primeiropenta.net