As chances de cada um

O São Paulo, claro, é o líder e tá com jeito de campeão. Mas, no momento, eu diria que tem tantas chances quanto o Grêmio. Os dois jogam mais ou menos no mesmo nível, com defesas fortes e ataques pouco imaginativos; mas a diferença é que a sorte vem sorrindo mais para o time paulista - erros providenciais de juízes, gols dados de presente, bolas na trave improváveis dos adversários. Não jogaram para vencer a Portuguesa sábado, por exemplo. E as coisas acabaram dando certo pra eles.

Mas a vitória do Grêmio ontem não era minha aposta e o recolocou como candidato ao título. Tem como adversários agora apenas times que não disputam mais nada no campeonato, enquanto o São Paulo vai jogar contra alguns times com a faca entre os dentes. Se fosse para apostar agora, eu cravaria Grêmio campeão - especialmente por ter vantagem no número de vitórias sobre o São Paulo, o que pode decidir o título.

O Cruzeiro, dos cinco, é o que tem, em seus bons momentos, o melhor futebol. Assisti ontem à vitória sobre o Fluminense e é divertido de ver como se movimentam Wagner e Ramires, dois meias como os outros times não têm. Mas está praticamente fora da luta pelo título pela irregularidade que mostrou até agora, principalmente fora do Mineirão. E, nessa, pode até ficar fora da Libertadores. Eu aposto, por exemplo, que perderá para o Náutico na próxima rodada. Deve decidir sua vida mesmo no confronto direto contra o Flamengo. Vencendo, provavelmente garantem a vaga.

E Palmeiras e Flamengo, que se enfrentam na próxima rodada, são os que pior jogam coletivamente entre os que estão neste grupo de cima. Têm sua forma de jogar mais indefinida edependem muito de uns poucos jogadores para decidir as partidas - são, por isso, mais fáceis de serem anulados. Todo mundo apostou muito em Luxemburgo este ano, mas eu nunca coloquei fé que o Palmeiras fosse mesmo um time para ser campeão; o técnico fez várias apostas esquisitas ao longo do ano, não só na escalação como na própria montagem do seu elenco, em que pôde indicar jogadores à vontade e contar com o apoio financeiro da Traffic. 

A tabela é pior para o Flamengo, que tem duas decisões complicadíssimas nas próximas duas rodadas e, na última, um time que provavelmente estará jogando sua permanência na primeira divisão. Pela lógica, minha aposta atual seria o Flamengo terminando em quinto. Mas é isso: se vencer os dois próximos jogos, contra os adversários diretos, basicamente resolve sua vida. Estes mesmos jogos que complicam a tabela são os mesmos que fazem o time depender apenas de si para chegar à Libertadores. Já o título, assim como para Palmeiras e Cruzeiro, é quase impossível.

Mas como está todo mundo muito próximo, todos os chutes podem mudar com um ou outro resultado inesperado. Até a última rodada, por exemplo, eu cravava o São Paulo campeão; agora, já não é assim. Se acontecer dos dois líderes perderem na próxima rodada, numa dessas que o futebol reserva, outro ou outros podem voltar a sonhar pra valer com o título. Vai saber.

2 comentários:

Marcos Monnerat disse...

Eu tô apostando em Grêmio campeão. Deu isso na minha última tabela simulada. Flamengo acaba em quarto com 68 pontos, empatado com Palmeiras (que vence no número de vitórias) e um ponto na frente do Grêmio.

Nessa última simulada, o Flamengo não ganharia o título nem se vencesse todos os jogos e chegasse aos 72 pontos. O Grêmio terá 73 ao final do campeonato.

thiroux disse...

Peraí... mas tem que ver também que o Luxemburgo tá ficando maluco (pinel, mesmo!)! Ninguém sabia disso no começo do campeonato...