Mais brincadeira com a tabela dinâmica

Depois da última rodada, falei aqui que as chances do hexa tinham aumentado - com  a vitória sobre o Náutico, projetava o Flamengo em segundo lugar ao fim do campeonato, dois pontos atrás do campeão Grêmio.

Mas pra esta rodada, o único time entre os que disputam lá em cima que teve desempenho fora do que eu esperava foi justo o Flamengo. Assim, de vice, passou pra quarta posição, empatado com o Palmeiras. Na minha projeção, vai acabar a 5 pontos do líder. E o São Paulo será o vice.

Lá embaixo, o Fluminense conseguiu uma vitória improvável. E, com isso, deixou de ser um dos rebaixados em minhas apostas. Cairão Vasco, Atlético-PR, Portuguesa e Ipatinga. Mas, nessa briga, qualquer vitória inesperada de um desses pode ser o bastante pra escapar da série B.

Aliás, assistindo ao Fantástico ontem, me peguei pensando na vida engraçada dos matemáticos do futebol, projetando chances de 42%, 37%, 8%, 90% para os times chegarem aos seus objetivos. De uma rodada pra outra, faltando 9 para o fim do campeonato, um resultado faz um time dobrar suas possibilidades, ou vê-las caírem pela metade. Isso serve pra quê, mesmo?

2 comentários:

Anônimo disse...

Fala Monnerat, muito bacana seu blog, passei pra conhecer e dar um alô. Abraços.

Patrick disse...

O anônimo sou eu