A rodada de hoje e amanhã

Começando pelos jogos que interessam ao Flamengo:

Internacional x São Paulo
É o jogo mais interessante da rodada. O Inter é o time em melhor fase no campeonato e vem se aproximando dos líderes. Tem muita gente que implica com Tite, mas eu simpatizo com o trabalho dele (sei lá por que andou desempregado tanto tempo) e parece estar conseguindo resultados. E, ao que tudo indica, vêm aí ainda Daniel Carvalho e D´Alessandro. Uma vitória hoje embala ainda mais o time, que vai virar candidato ao que pretender disputar. E o pior é que é o resultado mais provável - o São Paulo, que já não jogou bem contra o Botafogo, começa a ficar sem Alex Silva, que é o cara da defesa nas bolas pelo alto, e Hernanes, ambos na seleção olímpica, além de Borges e Miranda, machucados. Se for pro São Paulo ficar fora da disputa pela liderança, a hora de começar a perder é agora. No duro, pro Flamengo qualquer resultado tem sua vantagem. Mas um empatezinho seria sob medida.

Palmeiras x Santos
Em casa, contra um time na zona do rebaixamento, o normal seria que o time de Luxemburgo ganhasse com tranquilidade. Mas eles vêm desfalcados em todos os setores, com problemas dentro do elenco (a diretoria andou ameaçando multar Denílson e Kléber pelas expulsões contra o Goiás) e, no duro, não jogam bem. É um time de marcação frouxa no meio-campo, que deixa o adversário jogar demais - pode até ser que, com o desfalque de Léo Lima, isso melhore um pouco. O Santos venceu a última partida, mas dizem que continuou jogando mal; eu só vi atuar contra o Botafogo, no primeiro tempo, e era realmente um bando em campo. Mas sei não... Pra mim, está com cara de que esse jogo pode ter uma zebrinha passeando, o que seria bom para o Flamengo.

Figueirense x Grêmio
Desde que o enigmático PC Gusmão assumiu, o Figueirense - que, no meu bolão, coloquei como rebaixado - se animou. Vem conseguindo bons resultados em sequência, apesar da derrota que, mesmo desfalcado, vendeu caro para o Fluminense na última rodada. Em casa, ainda não perdeu no campeonato. O Grêmio joga com a zaga reserva e ficou sem Eduardo Costa, que era um destaque na marcação no meio e foi liberado para voltar à Espanha. Não está com cara de vitória dos gaúchos não - mais um provável bom resultado pro Flamengo.

Vitória x Náutico
É aquilo: ninguém está colocando muita fé que o Vitória vá manter o ritmo e se manter na disputa do título e da vaga para a Libertadores. Mas eles, graças ao mole que o Flamengo deu no Maracanã, ainda estão lá. Jogando em casa, devem vencer o Náutico, mesmo com o desfalque de Dinei. Até porque o Náutico joga sem Ruy e Geraldo, dois dos jogadores mais importantes do time ofensivamente.

Tirando essas partidas envolvendo quem tá lá em cima na classificação, há outros dois jogos interessantes nesta rodada. O primeiro é o clássico entre Vasco e Fluminense, em que vai ser possível ver pela primeira vez como o tricolor vai funcionar sem Thiago Silva e Thiago Neves. Um meio-campo com Fabinho, Arouca, Maurício e Conca não parece nada animador. Mas o Vasco também não tem como empolgar ninguém - muda seis titulares em relação à última partida, incluindo Pablo, que foi vendido ao Zaragoza pra fazer caixa. Mas a zaga, o ponto fraco do time, continua a mesma. A aposta é que Moraes e Edmundo consigam entregar a bola em condições para Leandro Amaral acabar com o jejum de gols - no papel, é um trio até interessante. Pode dar qualquer coisa, mas meu palpite é que ganha o Fluminense.

E o outro é Botafogo x Atlético-MG. O maior interesse do rubro-negro nesse jogo é pelo fato de que o Botafogo é o próximo adversário do Flamengo. Em pouco tempo, Ney Franco (que eu escrevi aqui antes que era uma boa escolha para dirigir o time) está fazendo o time render mais, e deve vencer hoje jogando em casa. Se acontecer do Gil, que chegou agora, começar a jogar bem, o time pode ficar ainda mais forte, porque um ponto fraco tem sido Jorge Henrique, errando demais e perdendo muitos gols. O fato é que deveremos pegar no domingo um adversário que tem um elenco bem limitado, mas que vem embalado para um clássico - enfim, um jogo complicadaço, em que não dá pra contar com vitória. Não que eles entrem como favoritos, mas é uma partida em que tudo pode acontecer.

Daí ser muito importante que o Flamengo ganhe o jogo de hoje, contra a Portuguesa. Se conseguir, um resultado que não seja a vitória contra o Botafogo não será nenhum desastre. Mas se o time estiver vindo de três partidas seguidas sem ganhar, conseguir os três pontos vai passar a ser visto como obrigação. Conseguir vencer no Canindé hoje talvez seja mais importante pelo aspecto psicológico do que qualquer coisa.



Atualizando...

Levei um puxão de orelha por não ter falado de Cruzeiro x Goiás. Distração pura!

Sei não, mas é outro jogo em que estou com sensação de zebra. Pode ser por simples torcida, mas o Goiás tem melhorado e feito bons jogos nas últimas rodadas - ganhou bem do Palmeiras, deveria ter ganho do Vasco, venceu o Fluminense. E o Cruzeiro vai jogar sem os dois principais jogadores de seu meio-campo, Wagner e Ramires. E eis que, nessa, jogará Gérson Magrão... Estou chutando aí um empate, que pro Flamengo ficaria de ótimo tamanho.

Um comentário:

thiroux disse...

O Pablo vai ser vendido pra fazer caixa pro empresário dele, né? O Vasco mesmo nao ganhará nada (no máximo uma pequena compensação pelo tempo de empréstimo que ele ainda teria, até o final do ano.

E nem comentou o jogo do Cruzeiro. Considera os mineiros fora da disputa pelo título/libertadores? Mais chances que o Vitória pelo menos eles têm!

Saudações!