Dorival Júnior testa Negueba como titular e mostra como é fraco o elenco do Flamengo

O treinador tenta se encontrar com Negueba no ataque e Íbson de armador. O torcedor deve seguir testando sua paciência.



Vagner Love - pra mim, um jogador desde sempre tremendamente supervalorizado - está em má fase, e isso é difícil de discutir. Porém, quem assistiu aos últimos jogos do Flamengo pôde observar como a vida dele, apesar de alguns gols perdidos de maneira lamentável, anda dura: sem atacantes de ofício ao seu lado, tem recebido bolas seguidas sempre de costas, cercado por marcadores. Podia não perder todas elas como vem acontecendo, mas fato é que o seu trabalho tem sido complicado.

Dorival deve ter percebido isso e, no coletivo de hoje, resolveu testar alguma solução para o problema. Imagino que, sem conhecer tão bem ainda o elenco, perguntou por lá: "que atacante de velocidade temos por aqui, pra jogar mais pelas pontas?".

E Negueba ganhou sua vaga, simplesmente por falta de concorrentes. É esta a triste situação atual.

Thomás até hoje não sabe bem qual a sua posição, mas chegou a jogar na base como atacante e também treinou entre os titulares. A outra opção no elenco é Diego Maurício, que não é muito de buscar a linha de fundo e costuma ir mais em direção ao gol quando pega a bola, mas também teve sua oportunidade durante o coletivo.

As opções de ataque no elenco do Flamengo, hoje, são deste tipo - ainda mais com Deivid machucado. O treinador tem que escolher entre usar isso aí, subir mais algum garoto pouco testado da base ou procurar alguma alternativa criativa, dispensando outros especialistas no ataque para fazer companhia a Vagner Love. Não é mole.

Mas alguém poderia se adiantar e explicar a Dorival que estará perdendo tempo se insistir com esta ideia de Negueba titular. Posso até ser desmentido por grandes atuações dele. Mas não boto a menor fé.


* * * * * * * * * *

Contra o São Paulo, Dorival tentou usar Camacho como armador. Durou apenas 45 minutos.

Por não ter se convencido com a escalação do último domingo, o treinador testou no coletivo de hoje um meio-campo com Amaral, Luiz Antônio e Íbson. Isso, e a declaração que deu após o jogo contra a Portuguesa de que Íbson e Mattheus ocupam o mesmo espaço no campo, indicam que ele vê o camisa 7 como alguém que pode jogar como meia ofensivo, assim como Joel Santana. Acho mesmo difícil que funcione e é mais um teste que algum auxiliar há mais tempo na Gávea poderia avisar ao treinador que não precisa ser feito.

No momento, o treinador está conhecendo melhor o seu grupo e o papel dos jogadores é se esforçar nos treinos para mostrarem que merecem suas oportunidades. Mas espero que Dorival Júnior encontre o mais rápido possível a linha em que vá apostar e insista com ela. Mudanças demais a cada rodada não ajudam o time a funcionar melhor.

9 comentários:

@papoulab disse...

Colocar o Negueba não é prova de que o elenco é fraco, mas sim de que o Dorival é burro. Ou então que não viu nenhum jogo do Flamengo no último ano.

Negueba não domina nenhum fundamento, nada, zero, não possui nenhuma qualidade. É tão ruim que sinto saudades de Vinicius Pacheco. Quer um atacante, puxa o Nixon, Lucas Tufão, Rafinha, Panterinha, Baggio, alguém do sub-13, o massagista, mas não coloca o Negueba!

E justo agora que ele seria negociado. Sério, perdi as esperanças.

Luis disse...

A situação está realmente complicada no Mengão, mas hoje eu acompanhei um grupo (em outro esporte) conseguir jogar ainda pior do que o Flamengo: a seleção de basquete masculina no 1o quarto contra UK. Foi um espanto!!!

Espero que deixem o Negueba ir embora e espero que a gente consiga se livrar do Diego M. Nunca vi esse tal de Lucas jogar, mas pior que esses dois ele não é, certo? Caso contrário, que subam alguém mesmo que seja do Infantil !!!

Tiago Cordeiro disse...

Não curti também, mas o meio me incomodou mais que o Negueba.

Fernando Almenara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Almenara disse...

Acho que, tanto o Negueba quando o Diego Maurício, são muito pouco objetivos. Eles fazem um salseiro danado, mas, na hora do último passe ou na hora de colocar a bola pra dentro, eles não conseguem.

André, mudando de assunto. Estou preocupado com o endividamento recente do Flamengo (se tudo for verdade e se o Flamengo perder os processos) a coisa tá feia.
O RG abriu um processo pedindo 40 mi. Rodrigo Alvim pediu 5 mi. Não sei se é verdade, mas correu a informação que, devido ao não pagamento dos atrasados de Romário, a dívida aumentou em mais de 10 mi. Para o Deivid o Flamengo já deve mais de 8 mi, se ele entrar na justiça isso pode aumentar bastante. Li também que atrasaram o pagamento do Pet. "Vazou" a informação de que o clube deve o direito de imagem de outros jogadores.
Além disso, tem a demissão do Luxa e do Joel.
Enquanto escrevo, lembro de mais coias. O gerente de futebol que teve passagem relâmpago no clube esse ano, nunca recebeu nenhum salário. O ex lateral esquerdo Egídio, disse em entrevista recente que o Flamengo o deve até hoje.
Chega a dar desespero. Fora o que não ficamos sabendo. Quando é coisa boa, rapidinho colocam na net. Mas quando é coisa ruim, tentam esconder o máximo que conseguem.
A coisa é feia.

Paulo Sales disse...

O que mais me deixa estarrecido, ao ler o comentário acima do Fernando Almenara, é saber que Patricia Amorim deve se reeleger. Que tipo de interesse justifica um absurdo desses?
Quanto ao time, realmente não sei. Me parece acima de tudo um grupo muito mal treInado. Dorival pode dar jeito e trabalhar a base de garotos para virar realidade em 2013 ou 2014. Mas este ano a coisa vai pegar

Marcelo Constantino disse...

Não fosse a mediocridade generalizada entre treinadores brasileiros e a falta de horizonte na gestão (?) do futebol, isso era caso de, digamos, encerrar imediatamente o estágio probatório do Dorival.

Fernando,
Coloque na sua conta o processo -- que o Flamengo vai perder, e feio -- de danos morais que o Ronaldinho move pelo clube ter dito que tinha provas de que ele chegara bêbado pra treinar.

E ainda os milhões que o clube não tem e que serão, um dia, pagos ao time russo do Vagner Love.

flages disse...

É, e coisas como telefones cortados por falta de pagamento de conta de 2 reais só servem para envergonhar mais a torcida, mesmo que seja um vacilo, afinal, 2 reais até eu pago.

@papoulab disse...

Pode colocar na conta também a futura demissão do Dorival, que tem contrato até o fim de 2013, mas nao deve durar muito.

Sério, como ele veta a saída do Negueba e acaba com a única alegria que o Flamengo me daria esse ano?