Pelo visto, Adriano de volta é questão de tempo

O Flamengo e sua torcida parecem ainda ter fé na recuperação do Imperador.



* * * * * * * * * *

Adriano rescindiu seu contrato com o Corinthians. Em seguida, dirigentes do Flamengo deram declarações abrindo as portas para seu retorno: ele poderá treinar para se recuperar (de quê mesmo?) no clube e, quando estiver em forma (que forma?), poderá fechar contrato. Basta, por tanto, um esforço bem pequeno do Imperador para que ele retorne ao Flamengo.

Se realmente acontecer, voltaremos a ler e ouvir muito sobre o "pacote completo" que qualquer um que contrate Adriano precisa saber que está levando. E o "pacote completo" vale a pena?

Não vou escrever de novo muito sobre isso. Aqui está um texto sobre o assunto que escrevi em 2010, quando ele ainda estava na Gávea - lembremos, ele acabou indo embora não muito tempo depois, por vontade própria, depois de parar de jogar pelo clube mesmo tendo contrato em vigor simplesmente porque não estava mais a fim. Antes disso, naquele mesmo ano, eu já havia escrito avaliando o rendimento do pacote contratado, falando do que ele havia produzido em 2009 e como estava produzindo no início de 2010. E este é outro, do ano passado, quando se falou em seu possível retorno, antes de assinar com o Corinthians. Quando escrevi os dois primeiros, a imagem de Adriano com a torcida do Flamengo não era tão boa assim; na época do terceiro, a enorme maioria exigia seu retorno, prevendo as grandes atuações que ele fatalmente teria em outro clube caso Luxemburgo e a diretoria desperdiçassem a oportunidade de trazê-lo de volta.

Minha opinião nestes textos continua valendo - com a diferença de que, hoje, sua recuperação parece ainda mais difícil do que naqueles tempos. Porém, sei que sou minoria nessa. E, sinceramente, se preparar para mais um Império - desta vez com o reforço ilustre de Ronaldinho Gaúcho... - me dá um tremendo desânimo.

Adriano não é má pessoa. É gente boa. Mas precisa se tratar, e não parece muito a fim. Entendo, porém, quem o queira de volta, por toda a memória afetiva (e seletiva) que ele desperta. Acreditar em sua recuperação, hoje, é uma questão de fé. E fé não se discute.

Tomara que eu esteja errado.

13 comentários:

Alan disse...

André,

Tomara que você esteja errado quando afirma que a volta dele é questão e tempo.

elgrandemachodemierda disse...

André,

Estou surpreso com a aceitação dele pela torcida do Fla. Concordo inteiramente com vc, acho a recuperação dele bastante improvável. Vamos aguardar ...

abc,
Marcelo

Paulo Sales disse...

Acho a aceitação de Adriano pela torcida do Mengão perfeitamente normal. Não esqueço do seu primeiro jogo pós-volta, contra o Atlético-PR, com uma multidão cantando "eu só quero ser feliz...". Ele deu retorno, foi campeão jogando bem e encarnando o espírito rubro-negro (algo que Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, ainda não conseguiu). O que ele fez depois não foi suficiente para manchar essa imagem. O lado chato disso tudo é que o Imperador não existe mais, simplesmente se esvaiu. Resta o homem, bom sujeito, mas alcoólatra, de temperamento depressivo e auto-destrutivo. É com ele que a diretoria, técnico e equipe irão lidar.

saulo disse...

Esse ano a Patricia tem eleição pra vereadora. Uma forcinha pro craque que é amado pelas comunidades, o menino que veio da favela e venceu...Fazer a vontade de um monte de rubro-negro e ainda poder dizer, caso não dê certo que "só fez o que o povo pediu". Duvido que ela vai perder essa. Nesse caso aí, meus caros, só temos uma coisa a fazer. Torcer pra dar certo mesmo.

Gosto muito do Adriano, acho o maior desperdício de talento que eu já vi no futebol, mas acho também que a única pessoa que conseguia domá-lo infelizmente não está mais entre nós (seu pai).

Quem sabe o Joel com aquele jeito pai de todos dele não consegue suprir, junto ao carinho da torcida, essa ausência do imperador. Ao que tudo indica é nossa única esperança

Marcelo Constantino disse...

Torcer para que um cara que sequer consegue jogar há dois anos (é bem diferente de 2009) seja produtivo é como torcer para que o Sarney moralize o Senado. É questão de fé.

Mas é coerente com a gestão (?) atual do Flamengo. E, convenhamos, a torcida parece mesmo quer.

João Paulo disse...

Não da para intender vocês que se dizem Flamenguistas, quero que me falem quem foi o principal responsavel pelo titulo de 2009, então não venham com bla bla bla, falavam a mesma coisa em 2009 quando ele veio,e ele detonou foi artilheiro ,deu uma alegria que eu como Flamenguista jamais senti, pois não vi os mega times da geração zico,vocês estão acostumados a ficarem com o passado de glorias,quero nosso atual idolo de volta,ele sim mostra amor a camisa do mengão,diferente de todos que passaram apos ele,são pouco que mostram isso,o imperador e melhor que qualquer atacante que esteja la, e junto com o love iria fazer tremer qualquer adversário,sou Flamengo,sou a favor da volta do IMPERADOR!

Eduardo disse...

Sou contra.

Provou que não quer mais jogar bola. Aí dizem, ele amo o Flamengo. E daí? Quando voltou em 2010 cagou na cabeça do clube desrespeitando inclusive a torcida.

A torcida do Flamengo precisa ser um pouco mais inteligente em certos momentos.
Enfim...

flages disse...

João Paulo, eu vi tudo isso que você não viu, e muito mais. Vi também que o Adriano foi muito bem pago para o que jogou, mas vi também - e ainda vejo - que o Adriano de 2009 foi um último suspiro de um grande jogador. Depois, em 2010, ele foi o principal responsável pela má campanha da Libertadores. Fazem mais de 2 anos que ele não joga nada. Amor à camisa? Hoje em dia isso se chama "dindim", meu caro. Amor à camisa temos nós, torcedores, e esses craques do passado glorioso que infelizmente você não viu.
O que eu quero, em primeiro lugar, é profissionalismo e respeito aos torcedores. Te dou 95% de certeza que a carreira do Adriano acabou. Mas quem dera que os 5% acontecessem. Qual a desculpa dele agora, quer vir pro Rio pra ficar perto da família?

Luis disse...

O tempo passaou e o Adriano virou motivo de piada.

Além disso, independentemente da questão ética (é difícil dizer para o meu filho que caras com a história que ele tem fora de campo ganham tanta grana), futebol é um business e o Adriano atrai zero de patrocínios -aliás, como o Ronaldinho.

Dizem que a torcida pede a volta dele, mas desde quando torcida organizada representa o que pensa 35M de rubro-negros e desde quando torcida organizada coloca grana nos cofres do clube?

Torço para que o mandato da presidenta chegue logo ao fim e que ela não consiga se eleger no futuro nem para síndica de prédio.

saulo disse...

João Paulo, eu não sou da geração Zico. Minha primeira vez no Maracanã foi aos 3 anos na despedida do galinho. Sou muito grato pelo que Adriano fez, chorei feito criança naquele dia 06 de dezembro no maracanã, mas não tenho memória seletiva. Do mesmo modo que o Adriano foi importante em 2009, nos dois últimos e principais jogos ele ficou sem condição de jogo por conta de uma bolha provocada por cano de descarga de moto. Em 2010 ficou fora de jogos importantes que determinaram nosso chaveamento na Libertadores num lado complicadíssimo (Com Corinthians, La U, Inter e Chivas), jogando sempre em desvantagem. Além disso a folha salarial do clube está mais do que inchada, e o jogador não é de uma posição que temos carência no elenco (Aliás acabamos de pagar 22 Mi no atual titular).
Nós como torcedores podemos nos dar ao luxo de pensar ludicamente, querer o Adriano como um D. Sebastião remido, o filho pródigo voltando pros braços do pai. Mas quem mexe nas finanças do clube deve ter a obrigação de pensar fria e cautelosamente.
Dar suporte e apoio para a recuperação de um ex-atleta do clube, ídolo da torcida que precisa de cuidados médicos e psicológicos é nobre e válido, mas colocar como obrigatória a contratação de um jogador que recebe R$ 380.000,00 para nos dois últimos anos jogar 11 jogos e fazer 2 gols, é um absurdo.

André disse...

Caraca André !!! Nem acredito que descobri uma notícia desta antes de você divulgar no seu blog mas aí vai:

Desde ontem O FOX SPORTS está transmitindo os jogos de TODOS os times brasileiros na Libertadores e graças a DEUS vou poder ver o jogo de hoje.

Para quem tem SKY a transmissão será no canal 28.

Pode ser tarde para lerem este recado mas é importante que todos repassem esta informação. Já confirmei na programação da minha TV.

Finalmente uma decisão sensata destas empresas. Era um absurdo o time de maior torcida do Brasil ficar "as escuras". Quem é que podia jogar um consumo de 30 milhões de pessoas???

Entretanto ainda está faltando o acordo com a NET.

André Monnerat disse...

Rapaz, a Fox Sports já estava transmitindo tudo - o problema era você ter uma operadora com Fox Sports. Jogos simultâneos é que acontecia deles escolherem um só e botar o outro em VT, mas já pararam com isso e tão usando o FX como segundo canal.

Mas realmente, entrou na Sky ontem meio-dia. Não coloquei aqui no blog, mas coloquei no Facebook do blog (http://www.facebook.com/sobreflamengo).

Ainda não entrou na Net, que é a minha operadora. Mas acho que, se já está na Sky, a Net não demora.

Régis Marra disse...

"Alan disse...
André,

Tomara que você esteja errado quando afirma que a volta dele é questão e tempo.
13 de março de 2012 17:16"

Genial essa do Alan, concordo plenamente.