Thiago Neves no Fluminense, Alex Silva afastado

Os comentários sobre os dois maiores focos de crise do momento no Flamengo. Quais serão os próximos?


* * * * * * * * * *

Vamos lá:

Alex Silva pulando fora

O zagueiro simplesmente não embarcou para a Bolívia, sem aviso. Está errado, independente de terem pago ou não o que deviam a ele ontem - até porque, pelo que entendi da história, ele não sabia que tinha sido o caso no momento em que tomou a decisão.

Se achou que não devia consideração com os patrões que não cumpriram o combinado, Alex Silva deveria ter pensado ao menos nos seus companheiros (nem vou falar nos torcedores...), que foram pegos desprevenidos nessa. Talvez tenha o direito de pular fora, se não pagam o que lhe devem - tem legislação e contrato regendo isso, não sou especialista. Mas no susto, numa hora dessas, foi péssimo. O momento foi horrível e a maneira de agir não foi a mais transparente.

A situação de Ronaldinho, por exemplo, é bem diferente. Ele e seu empresário estão avisando há tempos que a corda está esticando. Se o Flamengo não conseguir cumprir o combinado e ele pular fora, haverá questões jurídicas a serem resolvidas, mas ninguém dentro do clube poderá se sentir traído. O aviso foi mais que dado.

Quero lembrar ainda o seguinte: este é o momento em que todos os grandes clubes brasileiros estão fechando seus elencos e comprometendo seus orçamentos. Se tem alguém no elenco do Flamengo que acha que é mais jogo trocar de emprego, a hora de tomar esta decisão está sendo agora. Inclusive porque, pelo que me lembro, quem jogar a primeira pela Libertadores só vai poder atuar na competição por outra equipe já na fase seguinte. Muito provavelmente Alex Silva andou pensando nisso, esteja ele já negociando com algum outro clube ou não.

Tendo ou não já outro emprego em vista, está parecendo difícil que ele ainda permaneça no Flamengo depois dessa - se bem que eu não duvido de mais nada neste mundo. Mas continuo achando que a prioridade para um possível reforço pro elenco deveria ser um zagueiro - se tiver como sobrar algum dinheiro pra isso, claro.


Thiago Neves no Fluminense

Tava na cara que era assim que ia acabar. Só quem fingiu não perceber foi Léo Rabello e a diretoria do Flamengo. Lamento pelo papel ridículo, mas não por sua partida. O negócio não valia a pena para o clube; o custo-benefício não compensava e nem há dinheiro disponível pra isso.

Patrícia Amorim podia ter poupado todo mundo daquela coletiva de ontem, em que, entre outras declarações constrangedoras, disse que receberia Thiago Neves de braços abertos. Poderia também ter evitado a humorística nota divulgada no site oficial em que "desistiu do jogador", enquanto ele já era anunciado oficialmente no Fluminense. Fico pensando, com medo, no que vão inventar agora para compensar isso.

Estava claro que Thiago Neves queria ir para o Fluminense. Mas fato é que o Flamengo não exerceu a prioridade que tinha para contratá-lo e o deixou sem contrato desde o início do ano. Ele acabou nas Laranjeiras, mas poderia ter ido para qualquer outro destino. Se houve chance dele ainda ficar, foi apenas pelas fortíssimas ligações de Léo Rabello dentro da Gávea. Mas, no que Celso Barros e a esposa do meia entraram em jogo, até isso foi pouco para segurá-lo. Falar de falta de ética não leva a nada e lembra até o papel de bobo que outro presidente rubro-negro, Gilberto Cardoso Filho, fez quando viu Bebeto trocar o Flamengo pelo Vasco há mais de 20 anos.

Acho que o desempenho de Thiago Neves no ano passado - como nos anteriores, aliás, desde que deixou o Fluminense após a Libertadores - não foi nem de perto à altura do status e do salário que tem. Mas, ainda assim, tecnicamente vai fazer falta: ele é daqueles jogadores que tenta decidir o jogo quando pega a bola. Arrisca os lances, procura o gol com frequência, entra muito na área pra concluir. Outros jogadores deste elenco poderão até fazer o time funcionar melhor, mas haverá momentos em que esta vontade de decidir vai fazer falta.

Já no Fluminense, é capaz até de pegar banco - especialmente enquanto Deco se mantiver jogando, o que a gente não sabe mesmo o quanto vai durar. Com todo mundo em forma, acho que a melhor forma de encaixá-lo no time pode ser no lugar de Sóbis, ao lado de Fred, no ataque. Foi jogando mais adiantado que teve sua melhor fase, na Libertadores de 2008. Mas, com a saída de Marquinhos, deve começar entrando no meio-campo, brigando por uma vaga que antes parecia reservada a Wagner.

8 comentários:

Eduardo H. Costa disse...

Concordo.

A atitude do Alex Silva foi de menino. Se brincar ele foi afastado ou se afastou do SPFC por problemas parecidos, além da contusão. Não lembro direito.

Tem agir que nem homem. Liga pra presidente, ou fala com o técnico pra não escalar. Ou faz que nem o R10, inventa uma contusão. É uma indireta. Meia palavra pra bom entendedor é o suficiente.

Senhores, ainda sim não percam o foco dos nossos problemas. A grana que o clube não tem e caos amadorístico que impera no CRF.

André disse...

O que está acontecendo é a consequência óbvia de décadas de má administração.

Cada dia que passa fico mais preocupado com os resultados que conseguiremos. Isso tudo está me lembrando muito o último ano que o Grêmio foi rebaixado...bagunça, indisciplinas, atraso nos pagamentos...nada disso é bom sinal...tudo leva para a catástrofe.

Gabriel Folha disse...

Alex Silva está certíssimo, independente dos companheiros, da torcida, do que for. Todo e qualquer jogador que não receber o que lhe é devido deve fazer isso.

O que é inclassificável, é que ainda exista essa prática de, simplesmente, não pagar tudo o que foi combinado.

Aliás, o que passaria na cabeça desses jogadores que tem dinheiro a receber ao ver o Flamengo fechar com o Thiago Neves pagando seus incompatíveis R$750 mil?

No mínimo, aconteceu o que deveria ter acontecido.

De fato é o pior inicio de ano que eu me lembro, até pq, o que surge fantasiado de boa notícia, pra mim, segue sendo brincadeira de mal gosto: Wagner Love, renovação com Renato, base mantida, etc.

fla_2010 disse...

O problema não é a perda de Thiago Neves. Os valores eram absurdos e o Flamengo não teria como pagar.

O problema maior é o clube estar engessado, por conta das negociações com a Traffic. Estamos sem patrocínio, o que, em termos práticos, significa que a economia com o T.Neves não significa sobra para outros reforços!

A incompetência para arrumar patrocínio é absurda.. No primeiro ano, o patrocínio da Batavo havia sido fechado na gestão anterior. Em 2011, passamos meses sem patrocínio e quando fechamos com a P&G, o negócio foi tão mal conduzido que levou a essa briga com a Traffic.

E quando a coisa parecia que não podia piorar, sai no noticiário a briga Luxa x R10. Vamos manter o bom senso e detonar esse dentuço de uma vez por todas. E começar 2012 tudo do zero!!!!

Paulo Sales disse...

E o que dizer da contratação de Zé Love? Baseada em quê a diretoria do Flamengo traz um jogador desses? Não é possível que não tenha visto esse cara destruir milhões de jogadas construídas por Neymar, Ganso e companhia no ano passado. Jogador sem técnica, sem presença de área, sem raça. Uma nulidade (mais uma) a fazer parte da barca rubro-negra.

lussiannosousa disse...

Respondendo a pergunta que abre o post: R10xLuxa. Amanhã pode ser R10 fora...

fla_2010 disse...

Não se discute a qualidade técnica do R10, mas é fato que o cara não tá nem aí pro Flamengo.

Não interessa se tem seus motivos em relação a salários, mas fato é que não tá se empenhando nos treinos.. se arrastou nos amistosos.. O que esperar dele no jogo contra o Potosí, a 4 mil mts de altitude?!?

Qualquer outro jogador já teria sido detonado, mas parece que R10 virou uma espécie de bandeira da gestão Amorim-Veloso, com a famosa "O Ronaldinho é nosso!"

Flávio disse...

Não concordo com a afirmação de que a situação atual do Flamengo é reflexo de 20 anos de má administração.
Não é.
O Flamengo foi campeão brasileiro em 2009 e viu seu presidente perder a eleição para uma vereadora do PSDB. Por que votaram nela?
Iniciou o mandato em janeiro de 2010 sem um projeto para o futebol. Decidiu manter a estrutura, pois não tinha nenhuma. Por que votaram nela?
Viu a fogueira das vaidades arder no vestiário com direito a chilique do Pet e gritos tresloucados do gerente de futebol.
Veio o Zico e o sonho de que agora a coisa mudaria foi para o lixo. O meu maior ídolo mostou-se um fracasso retumbante como cartola. Manteve um péssimo treinador de juniores.
O sonho de ver o Mozer como treinador de zagueiros, Nunes treinador de atacantes e alguém mais experiente para organizar a turma virou um pesadelo com direito a contratações de Deivid, Diogo, Val Baiano, Correa, Borja.
Com a saída do Zico veio o Luxemburgo e todo seu oportunismo. Aproveitou o péssimo momento e emplacou um contrato maravilhoso: 3 anos com salário de sultão.
Agora estamos com essa situação: jogadores não gostam do treinador, que não larga o osso.
Não sei como será o Flamengo em 2012.
Alguém poderia me explica por que votaram nela?