Brasileiro 2011 - 26a. rodada - Flamengo 2 x 1 América-MG

Luxemburgo colocou o Flamengo em campo com uma escalação absurda e viu o time virar o jogo depois de finalmente mudar seu esquema que não funciona.


* * * * * * * * * *

Não dá nem vontade de falar do primeiro tempo do Flamengo hoje. A escalação que Luxemburgo escolheu foi simplesmente absurda. Era mais ou menos o mesmo time que vem jogando mal há tanto tempo - só que colocando Bottinelli no lugar de Ronaldinho e apostando mais ainda em Renato como armador, com Aírton e Maldonado mais fixos atrás.

É claro que atuações lamentáveis como as que vimos de Renato e Bottinelli não colaboraram, mas tinha como dar certo? E dá pra justificar um time tão defensivo, com o coitado do Jael sozinho no ataque, para enfrentar em casa o lanterna do campeonato, em um momento em que a vitória era desesperadamente necessária? Foram 45 minutos de teste intenso de paciência. O 1x0 com que o América-MG foi para o vestiário foi lucro para o Flamengo.

No final, a vitória veio "na marra", "no abafa", graças à "mudança de postura". Até teve tudo isso. Mas teve também a alteração do esquema que nunca funciona. Diego Maurício aberto de um lado, Thomas de outro e de repente o centroavante passou a ter companhia, os laterais passaram a ter com quem dialogar para criar jogadas pelas pontas. Nada de muito complicado. Mas foi o bastante para ao menos se impôr em casa contra o último colocado do campeonato.

No próximo jogo, fora de casa, o adversário será bem mais complicado. A série que parecia infinita de insucessos não animou Luxemburgo a mudar seu esquema. Será que a primeira vitória depois de tanto tempo vai ter este efeito? Quero acreditar que sim.


* * * * * * * * * *

Se jogar com companhia no ataque, gente que se movimente, que jogue pelos lados, que lhe ofereça a bola dentro da área, Jael pode ser útil ao ataque do Flamengo. Mas se entrar pra atuar no esquema em que o Flamengo tem jogado e que iniciou a partida de hoje, no qual recebe a bola quase sempre de costas para o gol com um zagueiro colado atrás, a sua vida vai ser muito difícil. Hoje, nos 45 minutos, a bola sempre bateu e voltou nele. E, por mais que ele não leve jeito mesmo pra fazer o pivô, não dá nem pra colocar muito a culpa no cara. Como já escrevi aqui, com o time jogando deste jeito, qualquer centroavante vai sofrer.

Thomas teve sua chance numa situação complicada e até correspondeu, arriscando jogadas, não se escondendo do jogo, mostrando personalidade. Mas quem realmente entrou bem foi Diego Maurício, em sua primeira atuação realmente animadora no ano. Tenho a impressão de que ele andou com a cabeça muito longe nos úlitmos meses - o que não é motivo para Luxemburgo o expor como fez na entrevista coletiva após o jogo -, mas se voltar a se concentrar no que deve, pode vir a ser uma boa opção pra mudar a cara deste time.




24/9/2011 - 18h - Flamengo 2 x 1 América-MG
Engenhão - Rio de Janeiro, RJ
Renda e público: R$ 189.130,00 / 6.886 pagantes / 9.445 presentes

Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (SP) e Carlos Nogueira Junior (SP)
Cartões amarelos: Léo Moura (FLA)

Gols: Kempes 29'/1°T (0-1), Deivid 17'/2°T (1-1) e Thiago Neves 43'/2°T (2-1)

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Welinton, David e Junior Cesar; Aírton, Maldonado (Diego Maurício - Intervalo), Renato, Bottinelli (Thomas - Intervalo) e Thiago Neves; Jael (Deivid - Intervalo) - Técnico Vanderlei Luxemburgo.

América-MG: Neneca, Micão, Anderson e Otávio; Sheslon (Gláuber 28'/2°T), Leandro Ferreira, Amaral, Luciano (Rodriguinho 25'/2°T) e Gilson; Kempes (Irênio 32'/2°T) e André Dias - Técnico: Givanildo Oliveira.

5 comentários:

André disse...

Me decepcionei demais com este time...tanto que esqueci do jogo de ontem.

Acabei de ver (sem muita atenção) o VT de ontem.

O primeiro tempo foi rídiculo como sempre. Retranca escrota do nosso técnico escroto. Muitos jogadores que não tem condição técnica e física de jogaream no Duque de Caxias: Jael, Renato, Botinelli, Junior César. Airton e Maldonado são bons volantes mas jogando ao lado de Renato e Botinelli precisam suprir as deficiências técnicas deles e acabam por sucumbirem junto.

Escapamos de tomar 2 x 0 no primeiro tempo e no segundo tivemos bons momentos, pressão. Léo Moura cresceu e por que???? OHHHHHHHHHHHH....o nosso "grande técnico" encostou sempre alguém para ajudá-lo: Tomas, Thiago...

Também o Júnior "BICÃO" César melhorou e também por que???? novamente "OHHHHHHHHHHH" porque alguém se movimentou próximo e com disposição de atacar: Diego Maurício. Isto é a coisa mais óbvia do mundo!!!

Mas, ainda assim, precisamos "parir 154 BIGORNAS" para fazer 2 gols no "GRANDE" time do América. E neste ponto não tem solução: Não temos 1 só jogador que consiga finalizar bem.

Thiago Neves precisa voltar a escolinha para acertar o pé. Renato já acertou o gol em outros tempos mas acho que o INSS já está chamando. Deivid e Jael...pelo amor de Deus. Se juntar os 2 não sai meio centroavante.

Depois do jogo de ontem vou endossar a campanha: BOTEM OS GAROTOS!!! Já jogamos fora o campeonato mesmo...Tem que botar Tomas, Diego Maurício para jogar todos os 12 últimos jogos. Talvez até o Adryan começar a entrar.

Outro ponto: A diretoria precisa trabalhar melhor o mercado: Não podíamos ter trazido o Borges que estava brigado no Grêmio? Este é só um exemplo da incompetência total do departamento de futebol do flamengo.

Vamos ver o que acontece contra o São Paulo...

Luis disse...

Foi um jogo horrível. Aliás, mais um. Tô quase desistindo do Flamengo neste ano.

vicente disse...

É tão óbvio que o Flamengo melhora com jogadores caindo pelas pontas que chego ao ponto de duvidar da honestidade de Luxemburgo ao escalar o time do Flamengo.

Nada explica o fato de Renato ser titular incontestável jogando essa bolinha ridícula e,além disso,não ser substituído nunca.Fiz uma pesquisa e descobri que no ano ele jogou 48 jogos e foi substituído em apenas dois deles,no campeonato carioca.No brasileiro,não saiu de campo quando foi titular.

Se dez jogos seguidos sem vitória não foram suficientes para fazê-lo mudar um esquema que todos sabem que não dá certo,é porque aí tem coisa.

Fernando Almenara disse...

Léo Moura voltou a jogar bem. Já é o segundo ou terceiro jogo que isso aconteceu. Segundo entrevista que concedeu, estava jogando no sacrifício, sentindo muitas dores na coxa. Talvez esse realmente seja o motivo da melhora.

Diego Marício entrou muito bem... Se ele continuar se apresentando pro jogo como fez dessa vez, pode ser útil para o fim do campeonato.

O Felipe tem agarrado muito. Volta e meia sei errado em bolas aéreas porém, se não fosse ele a situação estaria pior.

E apesar dele ter levado tanta porrada o ano todo e ter feitos suas lambanças, o Welinton é o melhor zagueiro do Flamengo hoje. Acredito que o único que pode o superar é o Alex Silva. O Weliton faz até bem as funções de um zagueiro porém, tem o dom de conseguir fazer m.... em lances simples.

Abrindo um parênteses para o Negueba. As vezes ele entra bem, dando mais volume de jogo, fazendo as jogadas dele. Mas na hora do vamos ver (chute a gol, cruzamento...) ele mata a jogada. Vai ter que colocar o pé na forma.

LuksAlves disse...

Andre, queria saber qual time VOCE escalaria.
Tu não acha que deveria botar um losango com ronaldinho pela esquerda, TN pelo meio e diego mauricio ou negueba(ou ate mesmo o thomas, embora seja mt cedo pra ser "titular"), nao sei se willians jogará, mas se nao com renato e airton completando o meio.