O time para o jogo de domingo e a abertura da temporada de caça ao Luxa

E eis que, depois de tantos pedidos vindos de todos os lados, hoje Luxemburgo decidiu colocar Diego Maurício para treinar entre os titulares. Texto da coluna semanal no FlamengoNet.

* * * * * * * * * *

É claro que não vou reclamar da escalação de hoje do time titular do Flamengo, com Diego Maurício no comando do ataque. Com todos os insucessos de Deivid e Wanderley, acho até meio absurdo que ele não tenha sido ao menos testado ali de início em algum jogo até agora. Mas enfim, se for acontecer mesmo - sei lá, ainda tenho o palpite de que na hora H ele vai entrar com o Deivid -, antes tarde do que nunca.

Mas não é curioso que isso aconteça justamente no dia seguinte em que descobrimos que Diego Maurício estará fora do elenco por um tempo bem razoável a partir do início de julho - provavelmente voltando apenas no fim de agosto? Um amigo meu deu o palpite maldoso: está fazendo isso agora só pra poder dizer nos próximos dois meses que está jogando desfalcado.


* * * * * * * * * *

Ou seja: ainda que Diego Maurício resolva o problema agora, ele retornará daqui a bem pouco tempo. Sabe-se que o clube corre atrás de alguma solução no mercado. Mas fica cada vez mais difícil adivinhar qual vai ser.

André, parece, realmente não vem. E Vagner Love, a outra opção especulada publicamente, avisou hoje que o Flamengo pra ele é assunto encerrado - e jogou no ventilador que é mesmo por opção de Luxemburgo, que preferiu André. Love (e seu empresário...) devem estar realmente bem incomodados com este assunto, para terem lançado essa na imprensa deste jeito.

O título estadual deu algum crédito, a invencibilidade segue servindo de escudo na retórica e Adriano deu uma ajuda ao arrumar aquela contusão. Mas não é de hoje que Luxemburgo vem acumulando gente insatisfeita com ele, dentro e fora do clube. Renato Maurício Prado hoje publicou uma notinha cretina, claramente direcionada a ele, falando da reclamação de jogadores com o excesso de broncas. Sei não, mas ou os resultados começam a melhorar logo, ou sua situação vai ficar cada vez mais complicada. E, junto com a dele, a de Patrícia Amorim - afinal, hoje Luxemburgo é cabeça, tronco e membros do departamento de futebol do clube.

O próprio Luxemburgo já declarou que agora é preciso pressa para contratar alguém para o ataque. Mas, assim como o tempo, as opções e a grana disponíveis também são curtos.


* * * * * * * * * *

Também no treino de hoje, Luxemburgo andou testando o volante Luiz Antonio no lugar de Bottinelli. Não acho que tenha chance dessa mudança acontecer para este jogo, mas é uma boa indicação do que vai acontecer quando Aírton estiver disponível.


* * * * * * * * * *

No jogo passado no Engenhão, fiquei no setor superior leste, mais próximo do gol atrás do qual ficou a torcida do Corinthians. Dou o conselho: quem estiver a fim de ir assistir ao Flamengo x Botafogo de domingo, evite ficar por ali.

Acontece que fiquei sentado bem próximo a um grupo de umas 30 pessoas, acho, que entraram numa de formar uma torcida "estilo argentino" para o Flamengo. Cantam o tempo inteiro - o tempo inteiro mesmo! - músicas mais lentas, com letras mais longas que as dos gritos tradicionais e melodias mais, ahn, melodiosas. E gostavam de manter-se no mesmo canto por um loooongo tempo - coisa de uns 15 minutos seguidos, sem exagero, entoando uma versão de um sucesso do Capital Inicial com letra adaptada pra falar do 3x0 sobre o Liverpool -, enquanto agitam suas bandeiras até simpáticas e fazem gestos com as mãos como se estivessem mandando alguém chegar mais pra lá (sabem como é? Argentinos e uruguaios adoram torcer fazendo isso o tempo todo). Teve um momento em que eu quase levantei pra pedir educadamente que ao menos mudassem a música, porque tava brabo.

É uma garotada bem nova, que eu percebo que ama o Flamengo e tem intenções as mais nobres com aquilo ali. Mas, questão de opinião mesmo: é muito, muito chato.

7 comentários:

Marcelo Constantino disse...

Acho que o mui amigo RMP já tinha deflagrado campanha contra o Luxemburgo desde o veto ao Adriano. Provavelmente por questào de política interna ou desavença pessoa/profissional, mas uma coisa eu reconheço: tanto ele (RMP) quanto um capitão Leo da vida ao menos fazem a coisa abertamente - vide a campanha de ambos para derrubar o Zico.

Acho tb que a situaçào do RG caminha conforme previsto. Para domingo é bom o que o Flamengo pelo menos não perca e que o RG jogue muita bola -- caso contrário -- fora o Wellington --, ele deve ser o escolhido da torcida pra descarregar a impaciência e frustração em caso de (mais) um jogo ruim.

Sobre atacantes, chega a ser absurdo vc ter um jogador como o Deivid (pela história e pelo salário) no elenco e, ainda assim, estar em busca de um atacante titular.

André Monnerat disse...

Marcelo, você acha então que deveria-se simplesmente insistir no Deivid?

Freire disse...

Muita preguiça dessa galera que puxa saco de argentino. Nossos hermanos torcem legal, mas é o estilo é deles. Copiar é ridículo. Como se a carioquice do torcida do Flamengo não fosse do c*ralho.

Marcelo Constantino disse...

André, se não houver dinheiro para contratações e se as opçòes do elenco se resumem às que temos, acho que sim, temos de insistir no cara que foi contratado e que recebe para ser titular.

O ponto que entendo como absurdo é vc ter um cara do porte dele no elenco e estarmos procurando outro. É o absurdo da situação em si -- por conta de o jogador não funcionar.

Valente Filho disse...

Essa do Kleber tem cada de cortina de fumaça, mas na conjuntura atual pode ser uma boa.
Particularmente eu não gosto muito dele. Some em jogos decisivos, e é expulso com certa frequencia.
Á favor, ele jogou em clubes grandes, sabe o tamanho e a responsa que vai ser e com certeza raça não falta. Se der mole ele balança o barbante mesmo. É isso que agente espera. Troca logo ele com o David e dá mais um dinheiro!

Bosco Ferreira disse...

Essa do Luxa vetar definitivamente o Love, ao ponto do jogador tornar isso público é demais. Quem o Luxa pensa que é? Já é a segunda vêz que ele veta a volta de ídolos no clube.

gusthfreitas disse...

É ja percebi esta torcida chata a tempos, mais é a primneira vez que leio uma materia com alguem falando sobre o tema, alguem tem que dizer pra esses chatos pararem com isso, como ja disseram, carioca é carioca, argentino é argentino.

sobre este ataque ridiculo do Fla, não adianta ficar falando, bota 1, bota outro, a verdade é que ninguem resolve.