Ter ou não ter Adriano, eis a questão

A torcida inteira quer e a impressão é que a volta de Adriano depende apenas da diretoria. Não deve ser fácil decidir sem levar em conta toda a pressão em volta.


* * * * * * * * * *

Não tenho por que escrever um texto com a minha opinião sobre a possível volta de Adriano ao Flamengo, já que alguém já escreveu exatamente o que eu penso. Então, quem estiver interessado em saber minha opinião, pode ler o que Maurício Neves publicou no Blog da FlamengoNet. É aquilo ali mesmo.

Mas, agora que a rescisão de contrato do Imperador com a Roma se concretizou, a possibilidade de seu retorno fica ainda mais concreta. E eu posso compreender aqueles que desejam que aconteça; o cara sabe jogar, tem seu carisma e há a memória afetiva forte ainda da conquista do Hexa. Mesmo levando em conta seu horroroso 2010 no próprio Flamengo e o fato de que, na Roma, o cara seguiu com seu padrão de comportamento e conseguiu neste tempo todo jogar apenas 8 partidas, sem fazer nenhum gol, dá pra entender quem esteja sonhando em vê-lo no ataque rubro-negro.

Na verdade, estes são a maioria. Sei que a opinião dominante entre os torcedores é de que ele deve voltar logo, o mais rápido possível, e que deixar passar esta oportunidade seria um erro grosseiro de Patrícia Amorim, Luxemburgo ou quem mais participar de uma decisão como esta. O que deixa a situação toda muito complicada pra quem realmente vai ter que arcar com as consequências depois.

Há um clima de euforia em torno do Flamengo neste momento. Mas imaginem que, quando os jogos realmente mais complicados começarem, os resultados não se mantenham tão bons assim. Que, por conta disso, ganhe ainda mais força a opinião de que falta ao elenco um verdadeiro homem-gol, como Deivid não conseguiu ser até agora. E que Adriano, a essa altura, já tenha assinado seu contrato com outro time qualquer. O quanto não vão especular sobre a falta que o Imperador estaria fazendo? Como não serão as cobranças em cima daqueles que foram contra o desejo de toda a torcida e deixaram de trazer o cara certo para a posição certa, que estava se oferecendo ao clube? E isso aconteceria, tenho certeza, mesmo que Adriano estivesse indo mal no Corinthians, Palmeiras, Santos, Newcastle, Dubai United ou seja lá onde for. "No Rio, no Flamengo, seria diferente. É onde ele consegue ser feliz."

É este tipo de cálculo que Luxemburgo e Patrícia devem estar fazendo agora. E não era lá muita ajuda mesmo ter Léo Moura, Thiago Neves e outros jogadores dando declarações públicas de que "as portas estão abertas para Adriano". É o tipo de coisa que aumenta a expectativa, aumenta a sensação de que não há motivo para o acerto não acontecer e torna ainda mais difícil alguém tomar uma decisão em contrário. Não li nada sobre isso na web, mas vi no programa Globo Esporte que foi ao ar na TV ontem ou anteontem que Luxemburgo proibiu este tipo de declaração. Se aconteceu mesmo, fez o certo.

Assim como vem fazendo certo evitando dar declarações sobre o assunto e falando em valorizar o time que já tem, ao mesmo tempo em que, dizem, prepara uma reunião com o jogador pra sentir qual é. Eu, pessoalmente, não precisaria de reunião nenhuma pra ter minha posição. Mas é fácil falar de fora (e mais ainda quando não se pensa em concorrer a nenhum cargo eletivo depois).

Seja lá o que resolverem, espero que saibam o que estão fazendo.

10 comentários:

Ad@1LtoN disse...

Gilmar Rinaldi deve estar arrancando os cabelos neste momento, hein?
Pra jogar no Fla, acho que só ganhando uma ninharia. E duvido que o Gilmar aceite. Mas será que ele ainda é levado em consideraçao pelo Adriano?

Luis disse...

Do jeito que o cara está, o Mengão iria virar motivo de piada. Para dar certo (gols, marketing, títulos etc), só com 1 ano de spa tipo rehab!!!

flages disse...

Não sei se a maioria quer... claro que é uma amostra pequena mas dá pra ver que a questão é polêmica mesmo: http://oglobo.globo.com/participe/vote/resultado.asp?pergunta=6116&editoria=261&resultado=1 (pesquisa do O Globo).
Por mim, estou com vocês. Obrigado por 2009, e boa sorte com o clube que escolher. Mas no Flamengo já fez bastante.
Além disso, será que a presença dele agradaria os patrocinadores? Ou desagradaria? Ninguém gosta de ter seu nome vinculado à confusões frequentes.

Flávio Rafael disse...

sem maiores análises ou estatísticas, só há um fato, se o Flamengo assinar com o Adriano o ano de 2011 vai ser perdido e só. No fim do ano os mesmo idiotas que pedem agora a volta do ex-imperador vão estar nos blogs e sites falando mal a PA e do VL ( se ele durar até o fim do ano com Adriano na Gávea) e até do R10 e TN7. Simples assim, vamos dar um lugar para o Adriano ser "feliz" e fazer rehab e perder tudo em 2011 (mesmo patrocinadores). Estou muito triste com essa palhaçada toda mas que Deus nos livre dessa praga cachaceira. SRN

Valente Filho disse...

Como para esse cara dinheiro não é problema façamos um contrato de risco e produtividade:
- Cláusula para indisciplina
- Cláusula contra atividades de risco de danos físicos (andar de moto, esquiar...)
- Cláusula anti-dano da imagem do clube

Salário fixo de R$ 50.000 por mês mais R$ 10.000 por jogo com mais de 60 minutos jogados e R$ 5.000 por entrada em campo (Em média são 8 jogos mensais), R$ 1500 por dia de treino e concentração (como base 22 dias), R$ 5.000 por gol e R$ 5.000 por assistência.

Digamos que em um mês ele jogue 10 partidas, fique 25 dias em concentração e treino, faça 10 gols e 5 assistências: Seriam gastos R$ 262.500. Se pagou e o saldo esportivo foi o máximo. Beleza no final do ano agente negocia de novo. Gostou fica, não aceita rala.
Adriano é um produto em baixa e precisa mais do Flamengo do que o Flamengo dele, como qualquer outro.
O Flamengo é maior do que qualquer jogador!

Flávio disse...

Prezado Monerat: explicitar sua opinião é muito importante nesse momento. Ela ficou clara para mim, após a leitura do Blog da Flamengonet, mas é o momento de se posicionar, de formar opinião, de fermentar massa crítica.
A Patrícia Amorim, antes de ser presidente do Flamengo, é política. E, por isso, vai ceder à pressão popular. E isso obriga todos os formadores de opinião a expressarem a sua.
Então, a todos, afirmo que o Adriano será um fracasso retumbante em 2011. Vai bater de frente com o Luxemburgo e com o Ronaldinho.
Concluindo: sou totalmente contra.

Marcelo Constantino disse...

Que se faça uma oferta no estilo "pra não dizer que não ofereci nada". Sinceramente, eu concordo contigo ("Adriano, obrigado por 2009, mas já tá bom"), mas não vejo problemas em ofetar algo assim:

Adriano recebe por jogo. Não jogou (idepende de qq motivação), não recebe.

Se não treina e o Luxa não escala, não recebe. Tá machucado, queimou o péna moto, não recebe. Foi barrado, não recebe.

[Claro que ele não deve topar isso -- e claro que o Flamengo não vai oferecer, é só utopia minha --, tem uma fila de clubes trouxas no Brasil de portas abertas para ele, do jeito que ele quer]

Eduardo Varanda disse...

É, tem horas que é duro a gente pensar com a razão e não com a emoção...

Entendo todos os argumentos contra a volta do Adriano, e pensando com a razão sou também contra.

Mas confesso que por algum momento, com a sua rescisão, eu imaginei o Adriano neste ataque do Flamengo. Foda que temos que depender dele querer se dedicar ao futebol, coisa que realmente parece ser a última coisa que ele quer...

Mas refletindo aqui sobre tudo isso, lendo os comentários, uma coisa me surge na cabeça... Achei meio precoce esse lance do Luxemburgo dar essa declaração hoje. Porra, menos de 2 horas antes a presidente diz que precisa conversar com a comissão técnica sobre o assunto... 2 horas depois não tem conversa, e o Luxa dá essa declaração... não sei, acho que isso vai gerar no mínimo um mal estar.

Olha, eu não sei, também tenho sérias dúvidas quanto ao rendimento/comportamento/problemas do Adriano. Mas eu acho que antes de fechar as portas acho que pelo menos uma conversa com ele deveria haver. Sei lá, ouvir da parte dele o que ele está disposto a fazer. Se essa conversa "convencesse" de certa forma, que se formulasse um contrato de risco com cláusulas de rescisão claras sem ônus ao clube relacionadas a faltas de treinamentos, sumiços ou mal rendimento. Dessa forma passaria a responsabilidade deste problema para o Adriano, se ele não aceitasse, tipo, olha, tentamos, mas o jogador não quis... pois meus amigos, pra quem acha que o problema foi solucionado, estão redondamente enganados. Essa declaração do Luxa não vai encerrar o assunto, e tenho sérios receios disso criar instabilidade para nós. Olhei agora no lance e 80% da torcida discorda da posição do Luxa. Amigos, o assunto não se encerra pois realmente, basta perdermos domingo pro fluminense sem fazer gols que poderão ouvir os gritos de adriano, e a polêmica irá continuar. Perder o carioca... Ver o Adriano acertar com um clube rival carioca... é amigos, o problema pode se tornar muito maior.

Sinceramente, acho que o Luxa foi muito infeliz no seu pronunciamento, por mais certo que ele possa estar. Faltou inteligência.

Freire disse...

Se vier o Adriano, que venha também (como assinalou o jornalista Marcelo Tas) o Charlie Sheen pra completar a festa.

Diogo Ferreira disse...

Eu sou contra a vinda do Adriano nesse momento, embora ache que precisamos de um jogador de referencia no ataque ao invés de botar o R10.

SRN!

www.ConfionoMengao.blogspot.com
( Escrevi sobre isso lá)