Pena que as camisas não podem ser sempre limpas assim

Falta de patrocinador teve seu lado bom: ver o Manto Sagrado sem nenhuma marca colorida estanha no peito



* * * * * * * * * *

Infelizmente, não pude aceitar o convite e comparecer hoje ao lançamento dos novos uniformes do Flamengo, na Gávea. Assim, só pude vê-los no vídeo da transmissão online e, depois, nas fotos divulgadas. Mas dá pra dizer: a Olympikus acertou, hein?

Os novos uniformes têm o desenho simples como deve ser e ainda prestam homenagem à época mais gloriosa da história do clube - não só nos pequenos selos comemorativos do Mundial de 81, mas principalmente no design do uniforme branco, de mangas rubro-negras, muito parecido com o utilizado por Zico e companhia em Tóquio. Também as camisas de goleiro ficaram bastante bonitas - gostei muito da amarela que Felipe usou na apresentação.

É claro que o trabalho dos designers da Vulcabrás pôde ser melhor apreciado pela falta do patrocínio master. Como ficam mais bonitos os uniformes sem uma logomarca gigante e colorida no peito, concorrendo com o CRF e com o próprio desenho da camisa. É pena que não possa ser sempre assim, mas torço para que um dia o Flamengo imponha ao menos regras para a aplicação das marcas dos patrocinadores em seu uniforme, com limites no tamanho e na utlização de cores estranhas às do clube.


* * * * * * * * * *

É lógico que a falta do patrocinador não tem apenas o lado bom de vermos o Manto Sagrado limpo e bonitão. Passou-se o mês inteiro de fevereiro, Ronaldinho Gaúcho em campo e nada do Flamengo conseguir um contrato que faça dinheiro entrar em seus cofres. Houve o patrocínio pontual na estreia de Ronaldinho e só - ao contrário do que se podia esperar, a final da Taça Guanabara não foi aproveitada para novo acordo do tipo. E não é improvável que março chegue ao final ainda sem um novo acordo já em validade - no Flamengo, como se sabe, essas coisas não podem ser acertadas totalmente de surpresa, pois precisam ser aprovadas pelo Conselho Deliberativo. Quando fecharem o contrato, saberemos com alguma antecedência - que não será de apenas um ou dois dias - pela convocação da sessão em que ele deverá ser aprovado. Tomara que a empolgação da torcida com os uniformes limpos façam as vendas compensarem um pouco do dinheiro que não está entrando.

É prejuízo para o Flamengo, claro. Mas é prejuízo também para a Traffic - que, pelo que sabemos do negócio que trouxe Ronaldinho ao clube, tem muito interesse em faturar em cima da camisa do time para conseguir pagar a conta do enorme salário do astro. Isso deve estar atrasando também o novo acordo, pois a empresa deve estar forçando a barra para que ele seja assinado apenas com um bom valor acima da faixa em que ela começa a lucrar. Se o Flamengo fechar algo por R$28 milhões ao ano, por exemplo, pelo que se sabe a Traffic não ficará com nada deste valor.

A Traffic também espera conseguir retorno por seu investimento explorando a imagem de Ronaldinho. Porém, até agora não vimos nenhuma ação com o jogador que pareça ter gerado algum dinheiro para alguém. Claro, ele está aqui há apenas um mês. Só que um mês, pelo que se noticiou, já representou mais ou menos um milhão de reais pagos ao cara. Quanto mais demorarem a começar a faturar em cima dele, maior o prejuízo. E o fato da camisa já estar sendo vendida sem a marca do futuro patrocinador não ajuda nas negociações - afinal, os "outdoors humanos" em que se transformam os rubro-negros vestidos com o manto oficial também entram na conta do valor do contrato.

Ainda bem que, pelo que sabemos, o Flamengo assumiu uma parte pequena do risco deste negócio milionário - ou as contas já estariam começando a se apertar.

4 comentários:

Valente Filho disse...

É a hora de comprarmos o manto para mostrar o valor do clube para que chegue logo um patrocinador master.

Por outro lado a OLK deveria deixar por pelo menos 3 meses após a cessão dos direitos do patrocinador máster a opção de camisa limpa para que façamos a escolha na loja, ainda mais uma camisa histórica (sei que é dificil).

Já estou imaginando a terceira camisa que comemorará o centenário do nosso futebol, ano que vem.

lussiannosousa disse...

Quando Ronaldo foi para o corinthians também demorou um pouco para fecharem com a batavo e hypermarcas. E ainda fecharam com um valor abaixo do que queriam. Só no ano seguinte - com vaga na libertadores e sucesso de ronaldo no campo - eles alcansaram o valor de hj. Acho que o caso do Fla vai ser parecido nesse aspecto.

arenasdoflamengo disse...

Galera é muito importante que nos organizemos em todo o país para preparar abaixo-assinados para serem enviandos a FIFA pedindo a FIFA para banir indefinidamente o Sport Club do Recife de todas as competições oficiais do futebol até que o referido clube retire todas as ações que mantém na justiça comum, pois isso viola as normas determinadas para todos os clubes do mundo pelo IFAB, o comitê central da FIFA. Os abaixo assinados devem conter as assinaturas e número da identidade de quem assinou e devem ser enviados para o seguinte endereço: FIFA, FIFA-Strasse 20, P.O. Box 8044 Zurich, Switzerland ou por FAX para o número: +41-(0)43 222 7878. Temos que colher o máximo de assinaturas possíveis o mais rápido possível para fazer com a FIFA puna o Sport por estar violando as normas da FIFA ao entrar na justiça comum e não na justiça de desportiva. Temos que coletar alguns milhões de assinaturas para enviar para a FIFA.
O texto do cabeçalho do abaixo assinado deve ser o seguinte: "We, undersigned, come before your honorable committee, the International FA Board, from the Fédération Internationale de Football Association - FIFA, on order to request the immediate and necessary response against the blatant violation of the FIFA rules by the Sport Club do Recife, an affiliated club under CBF - Brazil. The referred club is pursuing legal action against the local federation (CBF) in the Local Civil Courts of Justice therefore violating FIFA determination that stats that all FIFA affiliated clubs MUST NOT BY ANY MEANS pursue legal action OUTSIDE of the Football-specific established courts (in Brazil, the STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Hence, we kindly request the IFAB to proceed with the banishment of the referred club from all local and international official competitions organized by FIFA or their affiliates. Waiting for your prompt action against such violation, we sign it hereafter:"

Sandro de Andrade disse...

Concordo plenamente com as camisas neste modelo, resgata a identidade e tradição do clube.
Fico muito envergonhado quando aqueles patrocínios horrorosos no nosso manto, com cores extravagantes, destruindo a imagem do clube!