Ronaldinho Gaúcho? Eu pularia fora

A quem interessa o leilão promovido pela família Assis e até que ponto vale continuar participando?

* * * * * * * * * * *

Depois de todo o atraso na tal coletiva definitiva de Ronaldinho Gaúcho, seu empresário e um dirigente do Milan, descobrimos que ela foi convocada só pra dizer que nada está resolvido (e que vai continuar em sua cansativa vida atual, em vez de começar logo uma chatíssima pré-temporada). O vice-presidente do Milan já havia declarado, em vídeo, que o jogador estava liberado pelo clube. Não houve nenhuma novidade, e a palhaçada continua. Pois bem: se eu tivesse qualquer poder de decisão em qualquer um dos clubes envolvidos na disputa, simplesmente pularia fora dessa.

O que Ronaldinho está fazendo é desrespeitoso ao extremo com todos os seus pretendentes e eu, como chefe, não gostaria de ter como comandado alguém que age desta forma. Respeito quem acha que tudo isso pode ser relevado em nome de seu grande futebol (que eu até acho discutível a essa altura) e do "retorno de marketing" (que ninguém sabe bem se vai mesmo ir pros cofres do clube escolhido, já que todos tão oferecendo percentagens mais do que generosas a parceiros e ao próprio jogador); mas, por mim, não tinha mais conversa.

Vou além: por mais que o Flamengo (e o Palmeiras...) esteja sendo feito de palhaço na história, servindo de escada em um leilão ridículo e antiético, eu fico mais impressionado mesmo com o que a família Assis está fazendo com o Grêmio. Acho inacreditável que, depois de tudo o que já fez não só nessa história (incluindo o ridículo "por mim já estava no Grêmio", como se a decisão agora dependesse de mais alguém além dele e seu irmão), mas também em sua saída do Brasil, Ronaldinho ainda não tenha sido apresentado no Olímpico. Os dirigentes do Grêmio, em respeito à história do clube, deveriam ter hoje desistido oficialmente do jogador. Se não o fizerem e, no final, Ronaldinho escolher outro clube, ele não deveria nunca mais pisar em Porto Alegre. Tudo tem limite.

Ou melhor: parece não ter, já que "o Grêmio continua otimista", o agente que representa o Palmeiras diz que "o Verdão continua na briga" e eu ainda tenho que ler que "festa da torcida do Flamengo arrepia o craque". Que coisa patética.

Quanto ao Flamengo: eu até era a favor do negócio em moldes que não colocassem em risco as finanças rubro-negras - e o que corria por aí é que o esquema montado era basicamente com dinheiro da Traffic, sem que o clube se responsabilizasse por nenhuma grande despesa com o jogador. Mas, com o tanto que este leilão já correu e as várias notícias sobre aumentos no lance rubro-negro, duvido que o Flamengo já não tenha concordado também em abrir firme a sua carteira. E aí, independente da minha opinião sobre todo o circo armado, eu já passaria a achar o negócio arriscado demais.

Enfim: se vier, vou esperar pra saber como foi afinal fechado o negócio pra ter minha opinião e, claro, vou torcer pra dar certo. Mas, se dependesse de mim, essa novela teria se encerrado hoje para o Flamengo, independente da vontade de Ronaldinho Gaúcho.

18 comentários:

neuroniosdechuteiras disse...

André, não concordo muito com seu post não.
Qnts entrevistas nós vimos do RG ou do Assis? Quase nenhuma! Eles não estão dizendo oficialmente que decidiram alguma coisa. Eles estão negociando com todos os interessados, como qualquer um de nós faria se tivéssemos um imóvel com várias ofertas. O Assis também não tem ido na mídia dizer que fulano ofereceu R$ 1M e cicrano R$ 1,2M. Estes valores estão sendo ventilados na mídia sem fontes oficiais e podem ser verdades ou não.
A coletiva de hoje foi noticiada pelo Extra como sendo para definir o futuro do RG. O Assis deu entrevista dizendo que a coletiva era apenas para rescindir com o Milan. Em nenhum momento ele disse ou deu a entender que faria o anúncio oficial.
Muitas outras novelas se alongam por muito mais tempo, como foi o namoro do Fla com o TN (tem + de 6 meses), mas você não vê a mídia noticiando isso o tempo todo. Por que? Tem 'n' motivos: falta de notícia no momento, o RG é o nome de maior impacto no momento (basta ver q foi TT nos últimos 15 dias e as + lidas do globo.com são sobre ele), etc.
Acho que nós é que criamos as expectativas, potencializadas pela imprensa, e lamentamos quando não temos a definição que esperamos...
Abraços e SRN,
Rodrigo

Lívia disse...

Monnerat, concordo em gênero, número e grau com você.

Por mim, sairia fora da negociação. O que o Assis está fazendo é inadmissível.

O fato de fazer leilão, pra mim, não é o pior. Business é business e o cara quer dinheiro. Quanto mais, melhor, lógico. Acho que ninguém pensa diferente disso.

O que pega é o fato dele acertar com todos os clubes. O cara vira pra um e fala que tá fechado, vira pra outro e fala o mesmo e por aí vai. Isso sim, é errado. E é o que está acontecendo. Isso é falta de caráter e falta de respeito.

André Monnerat disse...

Rodrigo, você está sendo bastante benevolente com Ronaldinho e Assis, acreditando que tudo é invenção dos outros. Eu não vejo desta forma.

A diretoria do Grêmio não deve ser formada apenas por pessoas esquizofrênicas, que o viram dar um ok que não existe. Quem viu a maneira como o presidente do Grêmio se dirigiu aos seus jogadores não pode ter dúvidas de que o Assis e o Ronaldinho lhe garantiram o contrato.

E mais: a sequência de reuniões com um clube, depois com outro, depois com outro, depois com outro, depois com outro está sendo bem documentada. Depois de cada uma delas, declarações dos dirigentes dizendo que estão "mais confiantes".

E mais: não foi uma nem duas pessoas com algum acesso a fontes internas (e não falo só do que saiu na imprensa) que relatou os aumentos de proposta de cada lado, ou que a diretoria do clube X garante que o sim já foi dado. Pra mim, está claro a tática de "negociação". É leilão, mais do que claro. Não há outra interpretação.

neuroniosdechuteiras disse...

Na verdade, acho que eu faria a mesma coisa que o Assis e, por isso, estou tentando 'defende-lo'. Se tivesse desempregado e com um currículo diferenciado e o colocasse com headhunters (hh), analisaria todas as propostas que me fossem passadas e discutiria com o hh: "olha, esta empresa é excelente, mas a outra me ofereceu 50% a mais". Ele iria analisar, correria atrás de um aumento da proposta inferior. Este processo continuaria até chegar no limite de cada uma das empresas, que analisariam meu potencial de retorno. E eu também analisaria as vantagens e desvantagens das propostas.
A diferença é que este 'leilão' está sendo público, mas nem o RG e nem o Assis estão divulgando em público as info e pedindo para a mídia segui-los ao aeroporto, ou à Gávea, ou ao Olímpico, ou à boate em Floripa. E a imprensa faz isso pq nós consumimos esta informação.
Quanto ao 'sim', também acho ingenuidade dos dirigentes... afinal, o 'sim' só vale quando a outra parte aceita assinar o papel, portanto, enquanto não tem assinatura, achar que foi dado o 'sim' porque o cara apertou a mão e ficou satisfeito com a proposta é inocência...

SRN

p.s: tenho que aprender a ser conciso.

Marcos Monnerat disse...

Eu acho completamente absurdo transformar a negociação em leilão, ao contrário do que diz nosso amigo Rodrigo Neuroniodechuteiras. Se eu estou desempregado e tenho propostas de várias empresas, vou ouvir essas propostas e aceitar a que for melhor pra mim. Não acho correto virar pra A e dizer que B ofereceu mais e assim que o A cobrir essa proposta avisar isso ao B para que ele suba mais ainda a sua.

Acho que se a ideia é fazer leilão mesmo, coloca o passe dele no Mercado Livre e faz o leilão às claras. Fazer o leilão através de negociatas é anti-ético a meu ver.

Eu gostaria que o Flamengo pulasse fora dessa negociação para evitar um mico ainda maior do que será o ano de 2011 com o péssimo e desonesto Vanderlei Luxemburgo...

Elton disse...

Eu tb não acho q o A$$I$ seja inocente, mas tb não é tão culpado assim.
Esse "fechado com o time X", pode ser simplesmente um salário mensal que o RG aceitaria. Daí a falar que está contratado é culpa do clube, sim. Ainda restava fechar os 18mi com o Milan, e ninguém tá bancando isso. Provavelmente, o RG vai ter que pagar do bolso o complemento deste valor, se o Milan não aceitar liberar por menos.
Também acho que os clubes usam essas declarações para jogar pressão sobre o jogador, jogar a torcida X contra o jogador, caso ele não feche com o clube X. Além disso podem usar para tentar desanimar o oponente, o fazendo acreditar que está fora do páreo.

Independente disso, acho que o Flamengo está sendo o mais profissional dos 4 com este sigilo (quem diria!!!). E o presidente do Curintia é um mal caráter.

Tb acredito que o RG não vai jogar nada, mas como o Fenômeno, vai trazer muito dinheiro pro seu time, mesmo estando machucado o ano inteiro.

Elton disse...

Marcos, eu tô achando que a situação não é bem essa. Não dá pra escolher a melhor das opções se nenhuma delas for boa (digo salário + multa recisória com o Milan). Só que agora não dá mais pra voltar para o Milan. E eles sabem que dá mais caldo, estão tentando chegar num valor bom pra todos.

neuroniosdechuteiras disse...

Marcos, hoje eu tô discordando da família Monnerat (e vice-versa.. hehe).
Se o leilão fosse uma prática errada a Christie's tava perdida, nosso setor elétrico tava com tarifas muito mais altas, o setor público tava pagando rios de dinheiro para alguns fornecedores, a bolsa de valores perderia o sentido da existência, etc... É a lei da oferta e da demanda. Ainda não existe nenhum sistema eletrônico que cada um dê seu lance e o que ofertar mais leva (mercado livre não vale pra jogador... ainda). Nenhum clube precisa pagar o que o outro está disposto a desembolsar. Mas o clube tem a obrigação de ver se vale a pena tecnicamente e economicamente. O jogador também analisa pelo lado pessoal e profissional. E, então, cada um chega ao valor que satisfaz. Se o outro oferece mais, paciência, só cobre quem quer e pode. O RG só tá gerando esta repercussão pq todo mundo quer o cara: a imprensa, a torcida, os times...
Não acho errado fazer leilão (termo tem sido usado pejorativamente) do seu trabalho também não. Você deve ser remunerado por quanto você vale. Se A me oferece R$ 1000, e eu tô ganhando R$ 800 em B, se B aumenta para R$ 1000, B também não teria sido justo ao só estar me pagando R$ 800 quando poderia e entende ser correto me pagar R$ 1000...

Giovani disse...

Assino embaixo do texto do André.

E acrescento o preciso e cirúrgico trecho final do comentário do Marcos:

"Eu gostaria que o Flamengo pulasse fora dessa negociação para evitar um mico ainda maior do que será o ano de 2011 com o péssimo e desonesto Vanderlei Luxemburgo..."

Ponto.

Marcelo Constantino disse...

Só não assino embaixo pq eu simplesmente não quero o RG no Flamengo. O cara não joga nada desde 2005, ou seja, há CINCO anos.

Agora, essa questào do leilão está muito clara para mim: é grana para o Assis. Comissào mesmo. Quem rechear mais o bolso do cara, leva.

RG não está aqui atrás de grana, ele quer é farra e a tradicional vida boa proporcionada pelos clubes brasileiros aos ex-craques repatriados. Grana ele ganharia mais na Europa, ou nos EUA.

Gabriel Folha disse...

Um jogador como o RG, se realmente quisesse fazer alguma coisa pensando SÓ no futebol, como disse na entrevista, poderia simplesmente escolher o clube que quer jogar e negociar diretamente com ele.

Concordo com o Constantino, acho que ele quer mais é sossego (profissional é claro).

O Assis, embora eu não concorde, ta fazendo a parte dele.

O triste é ver clubes da grandeza dos que estão no páreo aceitarem esse tipo de negociação, inclusive, com grandes possibilidades de fazerem enormes loucuras financeiras.

Qntos negócios já não foram considerados "fechados" pelos competentíssimos dirigentes do futebol brasileiro?! Acho que ai a culpa tb não é só do Assis.

No fim, acho que todos, comentários e post, estão certos, dependendo se pensa com a cabeça do clube, do empresário, do mercado.

Como Flamenguista, cada vez mais procuro algum time lá fora que me conquiste pra eu poder torcer feliz novamente... ou que venha o hoquei no gelo!!!

iago disse...

ò é um seguinte:o assis irmão e impresario de ronaldinho só esta preocupando com o gremio sendo que flamengo e palmeiras e até possível o corinthas estão na briga. Já esta armado para o gremio contratar o ronaldinho.Ogtemio não vai ter condições finaceira para adquirir o gáucho mais o ronaldinho quer ir para o gremio isso tem que ter um fim porq flamengo palmeiras estão deixando de contratar jogadores bons para fikar esperando o ronaldinho vir!!!

fla_2010 disse...

Já que citaram o nosso ilustríssimo técnico, cabe destacar o que saiu na imprensa hoje sobre o Diogo (ex-Olympiakos), dando conta de que sua dispensa já estaria sendo prevista por pretendentes (S.Paulo, Santos e Palmeiras), devido ao seu empresário ser, supostamente, desafeto do Luxa.

Sem entrar no mérito do desempenho do jogador no ano passado (praticamente ninguem do elenco se salvou no ano), mas o clube já fez um investimento no jogador e não faz muito sentido fazer dispensas, sem levar em conta o custo-benefício.. ou o atacante anunciado hoje (Wanderley ex-G.Prudente) é uma melhor opção?!? ou quem sabe, Negueba???
Fato é que não temos atacantes, então, pra mim, não faria sentido dispor de um cujo investimento já foi feito.

patrick disse...

Concordo que essa novela já encheu e muito o saco!

Em termos de futebol, acredito em um retorno maior do Thiago Neves - e olha que não gosto dele, pelo seu comportamento, provocações - do que do R10.

Ronaldinho é craque? Se quiser sim... O principal atrativo para ele vir para o Flamengo são as 'belezas da Cidade Maravilhosa'...

Traduzindo: se vier para o Flamengo será para ele curtir o Rio, jogar futebol será um detalhe...

Vale mesmo para o marketing. E isso sim, vale e muito a pena. Maior do que a possibilidade de entrar uma grana com R10, a inserção espontânea na mídia, o possível aumento de torcedores, maior alcance da marca Flamengo.

Ajudaria e muito nosso marketing.

André Monnerat disse...

Olha, Patrick... Em princípio, até concordo com o benefício do marketing.

Mas, considerando a duração do contrato proposto, pelo que andam falando: você confiaria que esse negócio continuará sendo encarado como bom daqui a 4 anos?

Se for pra não gastar nada, beleza.
Mas pra empatar um dinheiro firme nessa, sei não...

lussiannosousa disse...

Embora esteja quase tudo fechado com o Grêmio, não acho que o Flamengo deveria pular fora não. Acho que vale o esforço pelo marketing que seria ter ele no Fla, não pelo futebol. Essa história de Clube maior que atleta é verdade. Mas clube sem ganhar nada não é tão vitrine do que clube sem ganhar nada com um atleta do naipe RG10.

kauan_uchiha disse...

cara o problema é seu se pularia fora da contratação você é uma ameba(ser que pra min nao faz merda nenhuma) da vida desiste das coisas sem lutar quem concorda com você é a mesma coisa na minha opinião nao se deve desistir e sim lutar até o fim!se eles querem contrata-lo,fodse!eles tao querendo contratar um jogador de peso que pode ajudar a conseguir títulos o flamengo vem entando traze-lo des de 2009 com certeza traria ele se nao fosse o grêmio,o palmeiras ta completamente fora da jogada.
Para ele vir pro flamengo seria sua família(filho e esposa)que moram no Rio,o gremio seria um vinculo antigo que ele tem,e o palmeiras só o dinheiro,analisando o flamengo tem mais chances pq ele assumiu que gostaria de morar aki e que queria jogar no clube a mt tempo,o gremio seria uma opção de se relacionar com a torcida sendo que 53% da torcida é contra ele e jogando no palmeiras seria só pelo dinheiro mas como ele disse, o dinheiro é de menos oq quero é o futebol.
a unica coisa que concordo é o jogo que Assis está fazendo deixando o torcedor eufórico com a chegada do ronaldinho ao Brasil,fazendo com que os clubes assumirem que só falta assinar,o flamengo está fazendo certo em negociar em sigilo.
E pros sem cérebro que acham que o Vanderlei é péssimo e desonesto acho que diviam pensar muito antes de falar pq pelo que ele fez pro Santos,Flamengo e etc foi muita coisa
como sou flamenguista estou defendendo mt o Fla mas se vc pensar como eu verá que pelo meu raciocínio eu estou certo e vc errado!:)

André disse...

Comentário aqui de Porto Alegre:

A verdade é que o Grêmio não tinha garantias financeiras de que conseguiria honrar em dia o contrato do RG.

Ontem mesmo o vice de futebol Antônio Martins disse que o Grêmio NÃO TEM NENHUMA EMPRESA PARCEIRA para participar conjuntamente e que após a assinatura do contrato o Grêmio começaria a procurar interessados em fazer campanhas com o jogador.

Enquanto isto, pelo o que leio na imprensa, o Flaemngo já tinha tudo acertado com uma ou mais empresas que garantiriam o pagamento em dia do contrato astronômico.

Uma última verdade: A torcida do Grêmio não quero o RG aqui. Enquete realizada hoje pela Rádio Gaúcha marcou 80% contrários. Agora vão querer apedrejar a casa da família aqui na zona sul de Porto Alegre.