Brasileiro 2010 - 16a. rodada - Flamengo 0 x 0 Atlético-MG

21 de julho. É esta a data do último gol do Flamengo com a bola rolando - foi no iniciozinho do jogo contra o Avaí. Passou mais de um mês, hoje completaram-se seis jogos sem um mísero golzinho. Devo dizer: quem ainda segue acompanhando o Flamengo no estádio é um herói. É um jogo horroroso atrás do outro.


Rogério manteve exatamente a mesma formação que vinha atuando. Para tentar resolver o problema de criação na frente, além da estreia de Diogo, o técnico fez uma única mudança em um ponto em que o time realmente tinha problemas: a confiança no volante Willians para criar jogadas pela direita. Ele voltou a jogar na cabeça-de-área, onde é mesmo melhor. Só que quem foi para a sua função foi outro volante, Correa - eles simplesmente trocaram de posição um com o outro. Não melhorou. Correa já tinha jogado mais adiantado contra o Inter e se saído mal; hoje, foi pior ainda.

Mas o Flamengo ao menos dominou completamente a posse de bola no primeiro tempo, muito ajudado pela atuação terrível do adversário. Criou apenas duas chances reais - uma com Léo Moura pela direita, outra em jogada individual de Diogo que acabou desperdiçada por Leandro Amaral na cara do gol -, mas ao menos tinha uma organização. No segundo tempo, nem isso.

O Flamengo do segundo tempo foi um bando, que atacou desordenadamente e muitas vezes deu espaços generosos pro contra-ataque adversário. Ameaçou um pouco mais a partir da boa entrada de Galhardo, chegou a ter uma bola no travessão chutada por Val Baiano após um escanteio, mas esteve sempre sem nenhuma organização, nenhum padrão de jogo. Como o adversário não foi melhor - bem pelo contrário -, o jogo tornou-se um tremendo peladão. Não ajudaram a queda de produção de Leandro Amaral, que no segundo tempo errou tudo o que tentou, e a terrível entrada de Vinícius Pacheco.


* * * * * * * * * * * 


A verdade é que o Flamengo hoje é um time que sofre com dois grandes problemas: não ter vários dos seus jogadores mais importantes em boas condições de jogo - casos de Renato, Petkovic, Diogo, Leandro Amaral, Val Baiano... -, o que complica demais a situação; e um técnico que tem muito mérito na arrumação da defesa, mas é péssimo pra fazer o time jogar com a bola. Não parece enxergar os problemas do time, não cria nenhum movimento organizado na frente, não sabe lidar com os limites físicos de seus jogadores, tenta soluções que qualquer um percebe que vão dar errado (Correa partindo pra cima do lateral adversário pra ir à linha de fundo?!?) e insiste com outras que já cansaram todo mundo. Pelo que se ouviu hoje na beira do gramado, ele parecia achar que tudo ia se resolver apenas pedindo mais pressa no passe, enquanto os seus jogadores continuavam tocando a bola de um lado pro outro no campo de defesa, sem saber como ultrapassar a linha de meio-campo.

A esperança de Rogério deve ser simplesmente manter a defesa arrumada e torcer pra coisa se resolver sozinha à medida que os jogadores que estão abaixo da sua forma ideal forem melhorando. É quase que uma questão de fé.


* * * * * * * * * * *

Um último comentário, dirigido a quem se animou com as declarações de Vanderlei Luxemburgo de que gostaria de trabalhar com Zico: na boa, quem vê este Atlético jogando não pode querer o técnico deste time treinando o seu.

Já vi algumas vezes o Atlético jogando e parece sempre, como foi hoje, um time de pelada - o que faz todo sentido, já que o treinador troca a formação do time a cada rodada, dando impressão de que não tem ideia do que está fazendo. E ainda coloca o principal jogador do time numa posição em que mal pega na bola.

Pode até ser que o time se acerte em algum momento. Ou que Luxemburgo ainda volte a se dar bem em outros lugares por aí. Mas é preciso ser dito com todas as letras: o trabalho que ele está fazendo hoje no Atlético é simplesmente horroroso.

10 comentários:

Gabriel Folha disse...

Coisas estranhas que costumeiramente acontecem na Gávea. Vinicius Pacheco já deu demonstrações claras de que não tem a menor condição do jogar no Flamengo, mesmo assim entra regularmente no time.

Já o Fierro...

Desde 2003 que Luxemburgo vem acumulando fracassos, mas é o mesmo fenomeno que acontece com Leão, segue sendo considerado técnico de ponta. Vai entender.

Ivan disse...

Não importa o adversário e nem o local da partida...os jogos do Fla são sempre horrorosos de se assistir...
Não sei o que esse pseudo técnico treina ou pede aos jogadores, mas seja lá o que for, não está dando certo.
Como sempre repito, confio muito no nosso Zicão, mas essa teimosia em mudar o comando está me irritando.
Lembrem que no ano passado só arrancamos depois que o CUca vazou...
CZPF
SRPF

Raphael Perret disse...

Não é Val Baiano, não é Leo Moura, não é Juan, não é Borja. O jogador que hoje MENOS contribui para o Flamengo é Vinicius Pacheco. Erra tudo, não sabe chutar, cai toda hora e no único lance em que chegou perto ontem... estava impedido.

Não é possível que ninguém (e pelo menos nosso bravo treinador) perceba isso.

E pedir Vanderlei Luxemburgo pra técnico só pode ser coisa de torcedor de outro time, com todo o respeito. Qual foi o último grande trabalho do Luxemburgo como treinador? Acho que no Santos de 2004. Faz tempo, hein?

mborges disse...

Luxemburgo realmente não dá! O custo é altíssimo e o benefício dele tem sido baixíssimo nos últimos anos. Quanto ao Rogério, tá difícil de aturar... Com 4 jogadores do meio pra frente em más condições físicas, o primeiro jogador que ele tira é o Correia... O Renato não tinha qq condição de jogo a partir dos 15 minutos do 2º tempo, pelo menos... O Leandro Amaral morreu tb e fez um 2º tempo muito ruim. Tá complicado de entender o Rogério...

Flávio disse...

Não dá mais! É duro até para comentar. Mas o Correa, o Renato e o Pet estão em outro planeta. Estão de férias e ninguém percebeu ainda.

O Correa pelo péssimo futebol que joga e o os outros pela péssima forma física.

O Galhardo entrou e mostrou que pode jogar. Quem sabe esse estagiário perceba que o Camacho também pode jogar e muda tudo.

Galhardo, Camacho e Lenon podem substituir esses três e certamente o Flamengo vai melhorar.

Flávio disse...

Por falar em Pet, gostaria de pedir para você, André, um dia escrever um texto exclusivamente sobre ele.

A torcida tem uma devoção enorme por esse cidadão, mas não é retribuída. Ao contrário, ano passado na reta final ele se ausentou em vários treinos para gravar imagens de um filme e participar de programas de TV e homenagens.

Ganhamos o título, mas ele já não jogava mais nada nas rodadas finais.

Esse ano não entrou em forma ainda. Foi substituído por Vinícius Pacheco???? Deveria existir uma cláusula no contrato assim: no dia que o Vinícius Pacheco entrar no seu lugar e o time melhorar, então você não merece ganhar salários pelos próximos 200 anos.

Bosco Ferreira disse...

Vendo o CAM jogar esse ano, mesmo com um caro investimento feito em jogadores, Pedir o Luxa é de uma visão tão pueril que só pode ser comparada a queixa sobre a falta de apoio que um pseudo chefe de torcida organizada cobra para um criminoso que desdenhou dessa torcida e prejudicou financeiramente e moralmente o clube que jogava.

André Monnerat disse...

Flávio, eu não concordo quanto ao Correa. Acho que vem jogando bem - como volante. Ontem, jogou numa função que obviamente não tem características pra fazer. A culpa não é dele, é de quem o coloca pra fazer jogada de linha de fundo.

Já o Pet, eu mesmo o critiquei bastante no fim do ano passado. Agora... Realmente não sei se ele hoje tem condições de entrar mais em forma do que já está. O cara tem 38 anos.

=Beto= disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
=Beto= disse...

Prestem atenção:

A culpa do time estar ruim é totalmente do Rogerio! A função do técnico (conhecido tb como TREINADOR) não é somente escalar o time. Nem é somente "armar"...

Um técnico DE VERDADE, tem que armar o time e escalar se baseando em um ESQUEMA TÁTICO, conhecendo as características de seus jogadores e sabendo aproveitar suas qualidades.

Isso é o que o Muricy faz. Não é nada de sobrenatural, é o que um TÉCNICO BÁSICO faria mas a maioria não faz!!!

Olha o PC no vasco, isso que ele esta tentando fazer...

Muitos técnicos ruins pelo menos tentam fazer isso e muitas vezes são bem sucedidos, veja o Joel agora no botafogo.

Agora, o Rogerio não sabe nada de esquema tático! não sabe nada de jogada ensaiada. Os jogadores estão DESAPRENDENDO A JOGAR!!!!!!

Porra, o Vinicius Pacheco na mão de um MUricy com certeza seria OUTRO Jogador. Veja o Richarlison como jogava na época dele e olha ele agora como esta. Uma merda! Tem jogador que é limitado (a maioria) e precisa de um Técnico que o coloque no lugar certo e passe pra ele o que tem que fazer.

Infelizmente esse tipo de Técnico anda bem RARO!