As últimas temporadas de Deivid na Turquia foram muito ruins

Ontem foi o dia da apresentação de Deivid e Diogo na Gávea. Estava pra escrever por aqui sobre como estava Deivid na Turquia, mas decidi nem fazer esta pesquisa depois do link que recebi do Tiago Cordeiro, já com o trabalho todo feito.


Tiago me recomendou dois textos publicados por André Savastano no blog que ele mantém sobre o Flamengo no TheOffside.com. André pediu ajuda a gregos e turcos para ter opiniões sobre os novos atacantes rubro-negros e publicou o que recebeu por lá.

Porém, como o blog é em inglês, vou fazer o serviço de tradução por aqui. O texto abaixo é de Deniz Kutsal, responsável pelo blog do Fenerbahce no mesmo TheOffside.com. Deem uma olhada no que ele fala sobre os últimos anos de Deivid na Turquia:


* * * * * * * * * * * *

Zico deixou o Fenerbahce em junho de 2008. Depois disso, Deivid teve uma contusão séria no joelho em julho e ficou sem poder jogar por um ano inteiro. Foi um desastre tanto para Deivid quanto para os torcedores do Fener, já que na temporada 2007-2009 ele teve uma ótima performance no Campeonato Turco e na Champions League. O Fenerbahce foi campeão turco com Zico e Deivid liderou o time com grandes gols sobre Chelsea e Inter na Champions League.


Deivid teve momentos marcantes de bom futebol no Fenerbahce. Porém, quando melhorou da contusão no joelho e retornou ao time, infelizmente nunca mais chegou ao nível que tinha antes e desperdiçou toda chance que teve como titular. Não conseguiu fazer um início promissor na temporada 2008-2009; jogou apenas 37 partidas e marcou 7 gols. Na temporada seguinte (2009-2010), jogou apenas 12 partidas no Campeonato Turco e não marcou nenhum gol.
Acredito que sua queda tem muito a ver com a saída de Zico. Devid jogava com mais coragem tendo ele como treinador. Depois dele, técnicos como Luis Aragones e Christoph Daum preferiram usá-lo como um ponta direita. Ele é lento, mas técnico e criativo e pode ser mais eficiente como um meia ofensivo com liberdade ou como atacante.
Depois da temporada 2009-2010, muita especulação sobre o futuro de Deivid começou a aparecer na imprensa turca. Surgiram notícias sobre seu relaxamento na vida pessoal. Não sei muito sobre estas especulações, mas sei que Deivid não deu o seu melhor pelo Fenerbahce nos últimos dois anos. E acredito que será novamente bem sucedido ao lado de Zico, no Flamengo.

* * * * * * * * * * * *

Sobre Diogo já escrevi bastante por aqui. Mas um certo George da Grécia ofereceu a André uma explicação além da contusão de Diogo para sua queda de rendimento no Olympiakos, depois de um início muito bom: ele teria terminado o namoro com sua namorada aqui do Brasil e, por isso, começou a freqüentar com mais intensidade a vida noturna de Atenas. Acabou chegando 5 kg acima do peso à pré-temporada de seu time, nunca mais se recuperou e, segundo George, passou a ser um “mergulhador” – o tipo de jogador que se atira no chão pra cavar faltas em qualquer jogada, algo que ele não fazia assim que chegou ao time. Diz o grego que Diogo, ao contrário, era “forte como um leão” e capaz de enfrentar até mesmo dois marcadores ao mesmo tempo sem cair.

7 comentários:

André disse...

Estas são notícias muito ruins mas esclarecedoras.

Devem ser estas as razões que viabilizaram as contratações pelo Flamengo.

Vamos torcer pela reabilitação deles aqui no Mengão.

André Monnerat disse...

Bom, isso é óbvio: se os caras estivessem bombando na Europa, é claro que não viriam para o Flamengo.

Todo mundo entende isso sobre o Ronaldo ou o Adriano, certo? Guardadas as devidas proporções, é a mesma coisa.

Ninguém que esteja fazendo sucesso por lá vem pra cá. Os únicos dois casos do tipo que eu consigo me lembrar é o Carlos Alberto, quando o Corinthians o contratou do Porto, em tempo de MSI; e o Romário, quando o Kléber Leite o trouxe da primeira vez.

Marcos Monnerat disse...

Isso tudo que foi dito nesse texto, somado ao fato de termos o Rogério "Ameba" Lourenço como treinador, me dão uma quase convicção de fracasso dos dois atacantes que chegaram como salvadores da pátria.

Fiz uma rápida avaliação dos times deste campeonato e concluí que o Flamengo deve terminar o ano entre o 12o e o 14o lugar.

fla_2010 disse...

Também acho que o Flamengo, com muito esforço, termina na zona da sul americana. O que deveria ser encarado como uma mega frustração, pois o elenco reforçado no ataque poderia estar tranquilamente no G4!
E o que é um puta contrasenso é que o Zico não cansa de repetir o discurso do profissionalismo, mas não cobra resultados de seu treinador!!!
Pra mim, as melhores opções de técnico agora já eram! Abel é supervalorizado e não vem por pouco e nomes como R.Gomes, Leonardo, Jorginho não vão acrescentar muito mais que o RL.
Ficaria com Ney Franco, Oswaldo de Oliveira e, em último caso, Andrade (todos conhecem o clube e fizeram bons trabalhos).

Marcos André Lessa disse...

Minha última esperança é o Rogério colocar o time num 3-6-1, como foi no último treino, com liberdade para os laterais. Isso se ele não mudar de ideia até lá...

Lívia disse...

Eu estou botando muito fé do Deivid, mais até do que no Diogo. Muito mais. Acho que o cara vai arrebentar aqui. Está bem longe de ser craque, mas é bom jogador.

E o Rogério?? Outro dia, ele falou que o esquema com 3 zagueiros não servemais pro Flamengo e, agora, ele resolveu treinar com....... 3 zagueiros! O que vc acha disso?

Tiago Cordeiro disse...

Valeu o link, André.

Ainda ponho muita fé nas duas contratações, mas acho que o Deivid só vai render de verdade em 2011. Talvez até perca a vaga pro Leandro Amaral esse ano. Vamos ver. É um palpite pelo fato dele estar há muito tempo no banco e sem confiança.

O Diogo acredito que caia nas graças da torcida esse ano. Muito forte, técnico... Se jogar o que sabe, vão ter que dar um jeito de comprá-lo.