Eterno enquanto durou?

Ao que tudo indica, Adriano está mesmo de partida. Achei que pudesse não acontecer, mas dependia apenas de sua vontade mesmo. E como amor não paga a birita, lá se vai o Imperador para uma cidade em que seu apelido pegará benzão - e onde tenho o palpite de que não se dará muito bem. Mas aí já não tenho muito a ver com isso.


Quando ele chegou, muitos compararam a sua contratação com a de Romário - pela posição, pelo nome internacional, pelo padrão de comportamento. Bem, o Baixinho não ganhou nada de relevante no Flamengo, que ainda lhe deposita uma boa grana no banco mensalmente; Adriano foi campeão brasileiro e, até onde se sabe, não deixa pra trás grandes dívidas. Assim sendo, o saldo é positivo.

Adriano foi o artilheiro do Brasileiro e teve sua importância (embora menor do que muitos por aí pintam) para a conquista de um título que o Flamengo não conquistava desde 1992. Foi o melhor centro-avante que passou pela Gávea desde... Romário? Quem vier para o seu lugar sofrerá com as comparações. E, além disso, o peso de seu nome - mais do que de seu futebol - foi importantíssimo para o Flamengo fechar os grandes contratos de patrocínio que conseguiu este ano. No duro, acredito que será mais difícil agora conseguir um substituto a altura para ele neste papel do que dentro de campo.

Porque, falando apenas de futebol, se a diretoria souber fazer seu trabalho - será? -, dá pra arrumar quem consiga repetir o que Adriano efetivamente produziu. Tirando algumas poucas partidas, ele não foi um fora-de-série, um jogador que colocasse o Flamengo em outro nível. Foi, enquanto esteve em campo (e em muitos momentos decisivos não esteve, por pura palhaçada), um bom centro-avante, dependente do resto do time para aparecer bem, como outros. É só fazer uma retrospectiva do que ele efetivamente produziu em campo, jogo a jogo (já fiz esse tipo de coisa por aqui, não vou me repetir). E é claro que o Flamengo por si só já é uma zona, mas Adriano colaborou bastante para amplificar as coisas.

Obviamente, com Dênis Marques e outros do gênero não dá pra seguir e algum atacante será contratado para ser titular. É bom que venha alguém que não aja como se estivesse fazendo um favor ao Flamengo - e, mais ainda, que não convença o Flamengo (seus diretores, comissão técnica, demais jogadores e até torcedores) de que era essa mesmo a situação. Não era; Adriano não veio de graça. Tinha um belíssimo emprego, foi muito bem pago, ainda chorou aumento no início do ano mesmo com contrato em vigor e não se dedicou à altura do muito que recebeu - tanto é que, dizem, não vai nem jogar as últimas duas partidas que restariam em seu contrato. Pra alguém que jurou tanto amor, seria lamentável.


* * * * * * * * * *

Há os que realmente se lamentarão muito pela partida do Imperador e acham que o Flamengo não terá como conseguir alguém que jogue o que ele jogou. É uma opinião respeitável. A estes, apenas lembro que Adriano está indo embora porque quer. Voltando à comparação: ao contrário do que aconteceu com Romário, ele não está sendo posto pra fora. Coloquem na conta da diretoria apenas a escolha do substituto de Adriano, e não a sua saída. Na verdade, fizeram é esforço até demais para agradá-lo.

E aguardem, porque tenho o palpite de que ainda voltaremos a ver Adriano com a camisa do Flamengo. Embora eu não esteja muito afim disso não.


* * * * * * * * * *

Pode ser ainda que ele acabe ficando, né? Afinal, não houve ainda anúncio oficial, e neste mundo do futebol... Mas hoje ele apareceu no treino, ficou um pouquinho campo de chinelos e rapidamente se mandou, enquanto os outros iniciavam seu trabalho.

Tá certo, nada de tão diferente assim de seu padrão de comportamento...

13 comentários:

Tiago Cordeiro disse...

Acho justo dizer q ele foi o melhor centroavante desde o Liédson, que cumpriu bem seu papel enquanto não resolveu sair.

Prefiro que não volte também, mas sou grato pelo que ele fez em 2009. Em 2010, realmente esteve mais perto de ser problema do que solução. Ainda bem que vai partir antes que as coisas piorem em termos de imagem.

Sobre substituto: a gente tem que se conformar que é impossível ter um cara do mesmo nível, especialmente na mesma posição. A questão é quão perto a diretoria vai chegar.

E se o mais perto for o Washington... Obina, I miss u.

Marcos Monnerat disse...

Eu li que ele se reuniu com o técnico e foi embora assim como todos os outros titulares, que é sempre assim nos dias posteriores aos jogos, a não ser pelo fato de ele não ter enfrentado o Prudente.

Flávio disse...

Não sou grato por nada. O salário dele é de 580 mil reais por mês, sendo 400 pagos pela Olympikus e 180 pelo Flamengo.
Esse dinheiro todo para ele simplesmente se colocar como acima do bem e do mal. Colocar o Flamengo a seu serviço.
Ano passado a gente ficava torcendo para ele ser convocado e, depois, fazer 3 ou 4 jogos em forma.
Isso é triste. Parece a torcida do Bosta, não a maior do mundo de um dos maiores clubes do Mundo.
O Marcinho foi melhor do que ele. Vocês lembram do Marcinho? Se o Flamengo trouxer o Montillo e o Rafael Sobis, ninguém vai se lembrar do império do amor.
Tá passando da hora de termos uma estrutura que o Flamengo merece. Um diretor técnico que tenha poder sobre departamento médico, nutrição, preparação física, contratação etc.
Não podemos ficar a mercê de um jogador, mesmo que seja o Adriano.

Marlus disse...

Tecnicamente não dá para compará-lo com o Romário, infelizmente o período do baixinho no flamengo foi, digamos, negro em termos de títulos, somente 2, 2 cariocas, cujo um deles ele não jogou por estar machucado (comum). Enfim, não será dificil encontrar um atacante do mesmo nível, pode até não ter o mesmo respeito por parte dos adversários, entretanto, conseguiremos uma boa dupla de ataque, o Emerson é um que jogaria no mengão até de graça e o tempo que ficou, mostrou interesse pelos negócios rubro-negros. Desta forma, não dá para chorar em cima de um fato consumado, saída dele, ainda mais que nos momentos cruciais que o flamengo contava com ele ele não esteve em "campo", FlaxSP, FlaxPalm., FlaxCor., FlaxGremio, FlaxVit., FlaxLaU, FlaxFogo...e por aí vai, jogos decisivos tanto do brasileirao qt do carioca deste ano e da libertadores e simplesmente o nosso jogador referência nao estava em campo. A vantagem dele na comparação com Romário é que ele é um boa praca, amigo de todo mundo e não rolava/rolou ciumes imbecis por conta dos privilegios concedidos pela diretoria, nem puxada de tapete, porém com o que o flamengo jogou neste ano... Roma te espera, senhor Imperador.

Luis disse...

Patricia Amorim,quem teve Zico treinando pela manha,noite, näo pode ficar chorando por Adriano.Patricia vc ë dez.

Anônimo disse...

Montillo, Rafael Sobis, Marcinho, Emerson...
Realmente, a torcida tem memória curta.
O Adriano foi um dos 3 jogadores mais importantes do HEXA, só isso; sendo também artilheiro da competição, coisa que o Flamengo não tinha desde Zico!
É óbvio que não há ninguém à sua altura no futebol brasileiro... tomara mesmo que o Denis Marques quebre a perna, porque até o Mezenga está indo embora...

Folha disse...

Inegável a contribuição do cara no campo, inegável a contribuição do cara fora dele (pra legitimar a conhecidíssima zona do clube).

De acordo com o globoesporte.com, ele não vai jogar as duas ultimas partidas pq seria "injustificável, já que ele não vai permanecer no segundo semestre".

Noves fora exageros da imprensa, é "injustificável" entrar em campo e cumprir seu contrato com o clube que lhe paga $580 mil por mês???

Romário, Adriano, Bruno... como eu sempre digo, a torcida tem o ídolo que merece.

Bosco Ferreira disse...

Vai devendo. Se não vai cumprir o resto do contrato por que deverá receber o salário?

Só no CRF mesmo.

Se o CRF se negasse a pagá-lo daria uma baita ação idenizatória.

Se ele não cumpre o CRF não pode exigir uma idenização?

oPerna disse...

infelizmente ter de falar isso do Adriano, mas nada fora da pura verdade.

em pensar que no início do ano vi o ataque que mais funcionou no Flamengo dês de quando comecei a acompanhar futebol, um tal de império do amor, não faziam menos de 3 gols por partida, e nem ganhar uma taça guanabara ganharam...

eu também acho q um dia ele volta, mas espero que volte por amor, e não para esquecer uma má fase, Flamengo é bem mais que um copo de whisky.

e tenho dito.

=Beto= disse...

Cortando o salário dele seria justo pra todos.

Bosco Ferreira disse...

Tomara que seja verdade, já ouví dizer que ele não está tão certo disso.

Não dá mais para aguentar, mais um ano de fofocas, lances pitorescos da vida pessoal, bôlhas no pé, dores lombares, passeios na praia com a namorada na hora do treino em vésperas de jogos importantes da LA e falta de vibração nos jogos.


Queremos jogadores que cumpram o contrato integralmente em troca dos salarios integrais.

Chega de Fernados, D Marques, Gil, Fierro, Sambuezas, e velhos de 35 anos como o Wasington.

Chega de oligarquia de cinco familias dominando o clube e corrompendo as organizadas.

Queremos a ampliação do quadro de sócios do CRF.

Queremos colaborar financeiramente mas escolhendo quem gastará o nosso dinheiro.

Choque de modernização já.

Bosco Ferreira disse...

Que bom!

O imperador some amanhã para a bota.

lussiannosousa disse...

Ja vai tarde moleque. Valeu por AJUDAR a conquistar o Brasileirão ano passado. Esse bosta não respeita o Flamengo pq nõa tem noção da que é o Flamengo, como aliás não parece ter noção de muita coisa que faz. Vai chorar, dizer que ama a torcida, fz beicinho e blablabla... A hora dele já deu. Se aprender a ser profissional por aí, seja bem vindo de volta.