Sinistro, muito sinistro

Pra vocês entenderem o que vem depois, eis um trecho da coluna do Renato Maurício Prado de hoje, contando um episódio, segundo ele, dos bastidores da decisão da Libertadores de 1981.

Revoltados, os rubro-negros chegaram a Montevidéu querendo vingança a
qualquer preço e o ator Carlos Eduardo Dolabela (rubro-negro fanático, que
acompanhava a delegação com sua mulher, a atriz Pepita Rodrigues) chegou a dar
comprimidos de "Pervitin" para alguns jogadores com os quais tinha mais
intimidade - um remédio que, segundo ele, os faria entrar em campo "ligados", ou
seja, dopados.

Alertado por Andrade, o supervisor Domingo Bosco recorreu
ao médico Célio Cotecchia que, matreiramente, sugeriu que se trocasse o
"Pervitin" por um remédio "ainda mais forte". E distribuiu a todos
inofensivos placebos.

Mas, talvez sugestionado pelo "remedinho", o
normalmente calmo Andrade, no início da partida, revidou a uma agressão a
Adílio, pulando com os dois pés na barriga de um chileno. Ambos foram
expulsos.


E agora, a resposta de Márcio Braga, enviada por e-mail ao colunista (e divulgada por e-mail pela assessoria de imprensa às 17h15 de hoje - e que acabou caindo na minha frente):


Ao ler sua coluna de hoje, dia 8 de setembro, deparei-me com uma nota que afirma
que o ilustre e querido companheiro, já falecido, Carlos Eduardo Dolabela,
distribuía comprimidos de PERVITIN, para os jogadores do
Flamengo.

Ou seja, sua coluna dá conta de que o maior time da
história do Flamengo, campeão do mundo, jogava dopado, com a conivência do
Antônio Augusto Dunshee de Abranches.

Enfim, você e o mau-caráter
do Antônio Augusto estão dizendo que o Zico, Junior, Andrade e o Adílio e cia
jogavam dopados.

Meio-jornalista que é, você arma o texto de modo
que a responsabilidade da informação parece ser mais do Carlos Eduardo Dolabela
que sua ou do Antônio Augusto, sua fonte irresponsável e maldosa de
sempre.

Rato de esgoto que é, dessa vez, você tenta se esconder
atrás de uma pessoa já falecida, que infelizmente já não está entre nós para se
defender.

Com a falta de caráter e a leviandade costumeiras, você e
o Antônio Augusto jogam lama na conquista da Copa Libertadores pelo Flamengo e
na lisura desportiva e no profissionalismo de alguns dos jogadores mais
importantes da história do clube.

Só mesmo dois grandes filhos da
puta como vocês.

Rio de Janeiro, 8 de setembro de
2009

Marcio Baroukel de Souza Braga

14 comentários:

Dani disse...

WOW!

Quero ver se vai haver estrago...

Victor disse...

Sinistro, muito sinistro [2].

Embora tudo muito engraçado.
O desenrolar será o RMP insinuar que Marcio Braga está lendo demais e que há implicância por parte dele.

Quem quiser levar essa turma (e o futebol) à sério vai perder cabelo na cabeça...

Abraços
Victor
Blá blá Gol

Henrin Bueno disse...

Um presidente desqualificado e comprometido com o erro desqualifica um ex-presidente e um jornalista.

O time do Chile, Cobreloa, enfiava a porrada. Me lembro. Dava raiva. Agora se os jogadores do Flamengo tomaram ou queriam tomar um remedinho para poder dar o troco só eles podem dizer. Não acho que o Cobreloa entrasse em campo sem uma ajuda extra.

Porém o time de 1981 a rigor não precisava de nada já o time de 2009 precisa de um Pervitin extra-mega-plus...

Marcelo Constantino disse...

É isso que comanda o Flamengo. E há muito tempo.

Marcelo Patropi disse...

Pervitin nada! Petkovic!

Anderson Lopes disse...

Será que o Dado Dolabella vai lá na redação do Globo pegar o RMP de porrada?

voo do urubu disse...

Ha´ muito tempo o Sr. Marcio Braga nao acertava tanto com tao pouco. Botou o pingo no i. Sera´ que alguem acha mesmo que 1981 foi antes de 1933?

Pablo Alcântara disse...

O que eu não entendo é o RMP fazer um negócio desse. Ele que chorou em um DVD que tenho aqui, sobre aquele time, falando da emoção de ter podido ver o maior time do Flamengo jogar, coisa que seu pai não pôde.

Coisa escrota.

É mesmo um grande filha da puta.

Roberto de Moraes disse...

Hahahaha!!! Sensacional!!!

Rafael disse...

Que coisa. O submundo futebol é assim mesmo.

O cara que eu sempre leio e acho suas colunas sempre interessantes falando sandices como essa e citando nomes de quem já partiu.

E o cara que eu sempre critico mandando bem na resposta.

Em recente coluna o RMP tb mandou uma de que o presidente da CDB (ou coisa parecida) teria mandado o técnico do Brasil em 78 substituir o Zico pelo seu baixo desempenho.

Isso tudo aí está muito mais pra picuinhas e disse-me-disse do que pra coisa séria. RMP deve ter parado de receber alguma "merendinha" de alguém lá da Gávea. Acaba perdendo mesmo a credibilidade.

Henrin Bueno disse...

Antes de criticarem o RMP é interessante saber antes de onde ele tirou esta informação. Pode ter tido uma ou mais fontes. O cara é um notório jornalista e nunca me pareceu leviano.

Agora, pq (até agora) há o silêncio dos envolvidos (no caso, os jogadores) ? E, finalmente, esta mesma reportagem afirma que não houve doping e sim uma intenção motivada pela revolta.

Pensei que esta reportagem e a resposta do Marcio braga causariam um maremoto. Mas por enquanto só uma marolinha.

MARCELO DE FIGUEIREDO disse...

Esse RMP é mesmo um FDP !

Antigo disse...

Não entendi qual é a polêmica. Pelo que li no texto, mesmo que o RMP esteja falando a verdade, os jogadores só tomaram uma pílula de Placebo. Ou seja, nada.

Isso não é doping. Placebo é justamente uma pílula sem efeito nenhum, para incentivar mentalmente sem incentivar físicamente. E esse é o mesmo efeito daquele discurso motivacional no começo da partida.


Uma palhaçada dos dois lados.

Mengão é campeão da Libertadores!!! Não adianta tentar reveter!

Daniel Reis disse...

Renato Marício Prado é um idiota. Na verdade o Márcio Braga tambémnão vale muita coisa, mas nessa o RMP quis inventar uma polêmica onde não existia nada...palhaço!!!!!