David, o novo zagueiro rubro-negro. Você conhece?

À pergunta do título do texto, respondo logo: não, não conheço o novo reforço do Flamengo. O elenco precisava mesmo de mais gente para a posição, como era óbvio pra todos. Mas não me lembro de tê-lo visto jogar nenhuma vez - então, vou me isentar de opinar sobre a contratação, que parece que é sem custo, com salários de 60 mil por mês, empréstimo até o meio do ano que vem.

Mas vamos ao já tradicional histórico, feito com ajuda de São Google, sobre o novo zagueiro do time.

David nasceu em 21 de maio de 1987. 1,87m de altura - bom porte, algo que a defesa rubro-negra anda precisando. Chegou garoto ainda no Palmeiras, onde se destacou nas categorias de base, sendo convocado para a Seleção Brasileira em algumas categorias.

Em 2007, foi lançado como titular por Caio Júnior no time profissional. Impressionou muito no início, o que rendeu o papo de que poderia ser vendido para a Udinese - e o clube dizia que não o venderia por menos de 5 milhões de euros. No meio do ano, foi titular da Seleção Brasileira no Mundial Sub-20. Dali pro fim da temporada, alternou momentos bons com outros muito ruins; passou a ser contestado e a frequentar o banco de reservas.

Em 2008, chegou a ser titular novamente com Vanderlei Luxemburgo, até ter uma contusão séria no meio do ano que o deixou fora dos gramados até o fim da temporada. E aí veio a grande confusão que deu na sua saída do Palmeiras.


Briga na Justiça pra se mandar pra Grécia

Na reapresentação do elenco no início deste ano, David simplesmente não apareceu. Enquanto o clube dizia que ele tinha contrato até 2011, já tendo recebido inclusive US$600 mil de luvas pelo novo compromisso, o zagueiro afirmava que tratava-se de um acordo de gaveta, que ele havia sido coagido a assinar. Brigou na Justiça, acabou levando a melhor e saiu para a Grécia sem que o Palmeiras recebesse um centavo. As últimas notícias que encontrei, de abril, diziam que o Palmeiras ainda brigava nos tribunais para receber a multa rescisória de 30 milhões prevista no contrato.

Não foi só o Palmeiras que ficou a ver navios na história. Seu time formador, o modesto Benfica de Vila Maria, esperava receber 20% de uma venda do atleta, e acabou sem nada. O ex-procurador também ficou afirmando que chegou a comprar uma casa para David, que a partir da confusão passou a não atender a seus telefonemas. E ele era um dos 15 jogadores em que empresários investiram na chamada Cesta de Atletas do Palmeiras, que injetou dinheiro no clube esperando receber percentuais nas vendas futuras destes atletas - os investidores também ficaram de mãos abanando.


Como foi David na Grécia?

Com toda a confusão e o Palmeiras falando em envolver até a FIFA na história, o Panathinaikos teve receio de usar o jogador e especulou-se que poderia emprestá-lo a outro clube. Ele acabou ficando por lá mesmo e sendo pouquíssimo utilizado. Só estreou no fim de abril e, até ser contratado pelo Flamengo, jogou apenas três partidas pelo time grego. Pelo visto, não empolgou a ninguém, já que se dispuseram a emprestá-lo de graça agora.

Ou seja: o zagueiro que o Flamengo está contratando é um garoto, tido como promissor, mas que não tem uma sequência de jogos desde o meio de 2008, quando sofreu uma séria contusão no joelho. Não esperem alguém chegando com ritmo de jogo, pronto para ter grandes atuações.

Mas o elenco precisava de alguém, claro. Pode dar certo.

6 comentários:

Tiago Cordeiro disse...

Como te disse: não sei muito mais do que está aí. Essa história toda de imbróglio com o Palmeiras tem um fator negativo. Como um cara assim vai reagir com os salários atrasados? É preocupante, mas ao mesmo tempo ele vem por empréstimo. Então não tem muito pra onde fugir, certo? :-p

Ele estava treinando por lá então, na teoria, só precisa de ritmo de jogo além do entrosamento (imprescindível para um zagueiro) e, na pior das hipóteses, já teremos alguém no banco no domingo (quando imagino que ele estréie).

O lado bom: é um negócio bem barato, ele vem pra uma posição em que somos bem carentes, tem mais bagagem que o Fabrício e o Wellington e parece ser um cara que complementaria o Angelim que me parece mal posicionado ultimamente...

E tem outras coisas negativas: o Flamengo pegou um cara que dificilmente chega pra ser titular absoluto por empréstimo. Ou seja, a gente vai ter que ter alguma paciência, investir tempo e tudo isso pra valorizar um cara que não é nosso.

Em termos de negócio, era melhor fazer isso com alguém da base. Em termos de time, é uma aposta que tem uma boa chance de dar certo. Até porque pro David isso é bem interessante.

Tiago Cordeiro disse...

Outra coisa: é TERRÍVEL o Flamengo fazer contrato que acaba no início do Brasileiro do ano que vem. É o mesmo problema do Ibson. Sei que o clube precisa de zagueiro com urgência, mas deveria tentar só aceitar contratos de seis ou de 18 meses para acertar esse desequilíbrio.

Ou o objetivo é o tetra estadual? :)

Marcelo Constantino disse...

Faltou dizer que o Flamengo contratou um mau profissional. O que não chega a ser novidade, basta ver que clubes brasileiros fazem (ou faziam) fila pelo Leandro Amaral.

Mas concordo que pode dar certo. Vai ser bom inclusive para o Wellington, que, se continuar desse jeito, vai queimar a carreira.

Patrick disse...

Monnerat, vi ele jogar 3 ou 4 vezes. Achei muito bom jogador. Mas ele ficou marcado no Palmeiras por alguns gols contra. E ainda tem esse lance do cara estar sem sequencia o que é bastante preocupante.

Mais preocupante do que isso é que todas as vezes que eu vi ele jogar, ele era zagueiro. No Flamengo, se o Cuca ainda estiver lá, provavelmente ele vai jogar de lateral quando o time ataca, zagueiro quando defende, quem sabe até goleiro quando o Bruno revezar com o Juan na lateral esquerda...

Enfim, achei bom reforço, muito melhor do que o tal Julio Cesar, o Eller, entre outros jogadores que atuam 6 meses em cada time há mais de 5 anos.

De qualquer forma, pra mim falta 1 zagueiro de alto nível e um treinador de verdade se o Flamengo quiser ser campeão.

André Monnerat disse...

Tiago, ele poderia estrear domingo?
Ou só em agosto, como o Dênis Marques, por ser transferência internacional?

Max disse...

Pô, pela descrição, esse parece ser o melhor negócio do mundo! Bela aposta...

PS: o cara não nasceu em 2007 não! :)

Max Junqueira