O que foi aquilo?

Pra começar: não assisti à derrota do Flamengo para o Vasco, ontem, no Maracanã - um engarrafamento surreal na estrada fez com que eu chegasse em casa exatamente no momento do apito final do árbitro. Assim, não posso fazer maiores considerações técnicas sobre a partida só por ver os melhores momentos. Ainda mais sabendo que foi um jogo atípico, com cinco expulsões - sendo que a primeira delas aconteceu com apenas 16 minutos do primeiro tempo. Quem viu o jogo está convidado a dizer no espaço de comentários deste texto o que achou, com muito mais base do que eu para falar.

Vou me permitir apenas um comentário específicio - sobre Obina.

De novo: não assisti ao jogo. Nos melhores momentos, vi que o bom chute que deu para marcar aquele gol bem anulado por impedimento. E outra boa jogada, que quase deu em gol em um chute de fora da área no finzinho do jogo. Como não vi a partida, pode ser ainda que ele tenha se movimentado bem, dado bons passes, sei lá. 

Mas o que foi aquele chute, do bico da pequena área, no início do segundo tempo? É o tipo de bola indesculpável. Assim como é indesculpável este início de temporada dele. 

Eu sempre fui de defender Obina, e realmente botava fé nele nesta temporada. Voltou das férias em forma, seria titular absoluto, basicamente sem concorrência. E, no início, até que ele momentos razoáveis. Mas o gol não veio, os pênaltis perdidos pegaram mal, ele passou a ficar tenso e sentir a pressão, o gol continuou não vindo. Estava mal mesmo e foi pro banco - e, de repente, eis que voltou a ficar acima do peso, o que não ajuda em nada. E que é algo tão indesculpável quanto o chute torto de ontem, ou a cabeçada bizarra pro meio do campo no fim do jogo contra o Tigres. Ou qualquer outro lance horroroso que vocês se lembrarem.

Este ano, não há a desculpa da falta de sequência de jogos ou de contusões. Nem de falta de confiança do técnico. Cuca está dando todas as chances que pode a Obina - até porque sabe que Josiel vai embora no meio do ano e que é com ele que poderá contar durante o resto da temporada. Mas está ficando cada vez mais difícil para o treinador continuar com sua aposta. 

É aquilo: o meu maior adversário nessa de defender Obina  é o próprio Obina. Tá mais do que na hora dele começar a ajudar um pouquinho.

6 comentários:

Arthur_Costa disse...

já q vc falou do Obina...

eu acho o seguinte: o maior problema do TIME do Flamengo é a falta de atacante. de um matador msm... Josiel e Obina perdem gols q qualquer atacante melhorzinho fariam... isso todo jogo. é só ver este lance q vc citou, e mais um do Josiel no primeiro tempo (segundo o rádio) e mais uns dois lances do Josiel em passes do Kleberson contra o Tigres.
um atacante q metesse 1 bola em 3 chances e o fla taria bem na fita.

Paulo Lima / NY disse...

Que Emerson nos ajude...

Jander disse...

Venderam uma garoto bom da base chamado: Pedro Beda. Quem acompanhou o Copa são paulo de 2007 ( acho eu ) viu que o mulek com calma, poderia ser lapidado, mas não..venderam ele sem ao menos dar uma chance.
Erick Flores e Camanho são outros que não são tratados como deveriam ser, Fierro não tem oportunidade e quando entra não entra na sua posição original.
E sobre o jogo de ontem é lamentável o time ter 2 contra ataques mano a mano com a zaga lenta do vasco e não concluir nenhum ao gol.....
está difícil ser Flamengo.

Flavio Souza disse...

Sinto muito, mas defender o Obina cai muito mal para sua biografia...Ele é o pior jogador que já vi atuar no Flamengo, disparado. Só está lá por imposição do Kleber Leite/Uram. Nenhum time do mundo quer este jogador de merda. Pode estar gordo, fininho, em forma, disforme, mas sempre será tosco, bizarro, terrível e uma lástima.

André Monnerat disse...

Defender o Obina talvez pegue mal.

Mas ter a coragem de defendê-lo em público deve contar pra alguma coisa! :)

Flávio disse...

NÃO É POSSÍVEL QUE VOCÊ NÃO VEJA QUE O EDUARDO URAM É O RESPONSÁVEL PELA ESCALAÇÃO DO OBINA.
ESSE CARA NÃO JOGA E NUNCA JOGOU NADA. ELE É UMA BOSTA.

EXISTE UM TIME, COM A MAIOR TORCIDA DO BRASIL, QUE ESTÁ A SERVIÇO DO SR. URAM, DO SR. OBINA E DE OUTROS.

NÃO SÃO ELES QUE ESTÃO A SERVIÇO DO FLAMENGO.