Sobre aproveitar oportunidades

Aconteceu ontem, afinal, o lançamento da FlaShop. Infelizmente, é difícil encontrar na imprensa matérias mostrando a nova loja. Isso porque a diretoria decidiu fazer, neste lançamento, a coletiva de apresentação de Cuca, achando que com isso chamaria mais atenção para o novo empreendimento.

O tiro saiu pela culatra: só se falou, claro, do novo treinador. Pra completar a mudança total de foco do evento, Kléber Leite ainda surgiu com o (se Deus quiser) factóide Adriano. E a FlaShop acabou sendo mais citada nas reclamações dos repórteres pela falta de espaço no local para uma coletiva daquele porte.

Uma pena.


* * * * * * * * * * * * * * *

Ao mesmo tempo, hoje foram divulgados os resultados de uma pesquisa feita pela Globosat junto aos assinantes de pay-per-view no país, para descobrir o percentual de torcedores de cada clube neste universo.

O Flamengo aparece em primeiro, com 13,8%. Este número tem um efeito prático: é esta pesquisa que determinará a divisão da grana do ppv entre os clubes a partir de 2009. O Corinthians, segundo colocado, tem 9,7%.

A estatística serve ainda pra desfazer alguns mitos sobre a torcida rubro-negra. Como o que diz que o grosso de sua vantagem numérica vem das pessoas de baixa renda - certamente, não é o caso de quem assina um serviço de pay-per-view em TV por assinatura. Ou o que fala que grande parte dos torcedores do Flamengo apenas se diz rubro-negro, mas não liga pra futebol ou até mesmo tem outro time de coração em sua cidade. Afinal, quem assina este serviço é porque realmente está engajado com seu clube, quer acompanhar todos os jogos.

É mais uma mostra do potencial que o Flamengo tem de gerar dinheiro, se souber explorar a força de sua torcida.

Um comentário:

Ricardo Estevez disse...

Parabéns pelo seu Blog, sempre muito realista em seus comentários, o mengão precisa de pessoas interessadas e inteligentes como você lá dentro!

Um grande abraço

Ricardo Estevez Rubro-negro de Ilicínea - MG