O dia em que o Flamengo conheceu Obina no Barradão

Hoje, Obina é um jogador contestado. Há quem goste, há quem deteste, há quem o veja apenas como piada ou folclore. Mas, quando foi contratado pelo Flamengo, o baiano chegou como jogador cobiçado, disputado com outros clubes - daí o seu alto salário - e grande esperança de gols. 

O motivo foi seu desempenho em 2004, no Vitória. Naquele ano, Obina foi vice-artilheiro do campeonato baiano e, no segundo semestre, artilheiro do time no Brasileiro, empatado com Edílson, com 18 gols. Deu ainda 4 assistências e, se o time foi rebaixado, ele terminou o ano sendo considerado uma grata revelação. Acabou vendido ao Al Ittihad, onde acabou nem jogando devido a problemas com a documentação. E, de lá, veio para a Gávea.

Dá pra imaginar que o interesse da diretoria rubro-negra pelo cara começou a aparecer no dia 8/5/2004, quando Vitória e Flamengo se enfrentaram pelo primeiro turno do Brasileirão, no mesmo Barradão onde acontecerá a partida de amanhã. O jogo acabou em catastróficos 5x1 para o time baiano. No dia seguinte, falava-se em "vingança de Edílson", que marcou dois gols. Mas quem me chamou a atenção mesmo foi Obina.

O cara parecia um tanque, arrancando com a bola em velocidade, levando trombada de tudo que é lado sem cair ou perder o domínio - lembrava mesmo aqueles negões fortes pra burro da seleção da Nigéria que fez sucesso uns anos antes. Ele sofreu o pênalti do primeiro gol, fez o terceiro, deu o passe para o quarto. Algo parecido com o que aconteceu semana passada no Maracanã, na goleada do Flamengo sobre o Coritiba. Eu diria que boa parte da simpatia e paciência que tenho com o futebol de Obina até hoje vem do tanto que vi ele jogar pelo Vitória naquele ano.

Aquele jogo ainda teve uma curiosidade: foi o segundo de Negreiros no Flamengo, o segundo entrando durante a partida, o segundo em que marcou gol de cabeça. O atual astro do futebol lituano era, na época, a esperança de gols da torcida rubro-negra.


6 comentários:

thiroux disse...

Senti falta dos vídeos dos gols do Vitória, principalmente os do Obina.

André Monnerat disse...

Rapaz, bem que eu queria colocar. Mas não achei mesmo, só encontrei no YouTube esse do Negreiros.

Se alguém tiver o link pra isso aí, é só falar.

Aliás, queria ilustrar o post com uma foto do Obina com a camisa do Vitória e também não achei de primeira não. Tão apagando o passado do cara!

Diego Nogueira disse...

Teu blog tah mt xow...

Pq vc não postou na sexta-feira, no flamengonet???

André Monnerat disse...

Diego, não rolou porque meu pai faleceu na semana passada... Pra essa semana, a idéia é voltar à programação normal.

Saulo disse...

O Obina não é um grande jogador, mas é um jogador importante para o Flamengo principalmente em jogos decisivos.

Diego Nogueira disse...

Po... Meus sentimentos, Brother...