Renato Augusto vendido



Sinceramente, por esta eu não esperava. Depois de um monte de notícias sobre o tal do Palermo indo atrás dele que ninguém levava muito a sério, eis que, de uma hora pra outra, o Bayer Leverkusen chegou e levou Renato Augusto embora.

Não se diz por quanto foi e a notícia que surge junto é que 500 mil desta grana desconhecida vão para pagar o empréstimo de Íbson. Bem, sei que não foi uma troca o que aconteceu, mas devo dizer que estou bem mais chateado com a partida de Renato Augusto do que ficaria se Íbson não ficasse (mas, de repente, todo o esforço pra mantê-lo por aqui, mesmo com Kléberson e Íbson no elenco, fez bem mais sentido).

Sem Íbson, Caio Júnior simplesmente efetivaria Kléberson, outro bom jogador pra posição. Já a saída de Renato Augusto deixa um verdadeiro buraco no elenco. As experiências com Marcinho não deram certo e o time, na prática, acabava ficando com três atacantes e um vácuo na ligação do meio-campo com estes homens de frente. Outra opção é a entrada de Kléberson ali, mas ele é de jogar um tanto mais recuado - o time ficaria num desenho mais parecido com o da época de Joel. Há ainda o garoto Erik Flores e a presença do Fellype Gabriel, que até agora não foi integrado ao elenco e a gente não sabe se vai ser (talvez agora tenha mais chances). Mas nenhum dos dois tem jeito de que possa assumir a camisa 10 sem a torcida sentir. Com a saída de um só jogador, ficamos bem mais fracos de elenco, de uma hora pra outra. E ainda abriu a preocupação de que mais estragos possam vir pela frente.

Sei que boa parte da torcida já não tinha a mesma esperança ou paciência com Renato Augusto que eu. O negócio é que eu vi ele jogar antes de subir para os profissionais e colocava muita fé nele, mesmo antes de aparecer no time principal. Era um cara de bom físico, boa cabeça, sabia proteger a bola, tinha bom passe, visão de jogo e até chute (embora a ansiedade no time de cima passasse a impressão oposta). Acho mesmo que ele foi muito prejudicado pelo Ney Franco e pelo Joel, que insistiam em colocá-lo no ataque.

Agora, na Europa, o garoto tem tudo pra crescer. Mas embora alguns brasileiros tenham feito boas carreiras européias a partir do Bayer Leverkusen, como Jorginho e Juan, ele está longe de ser um time de ponta; nunca foi campeão alemão (seus maiores títulos foram uma Copa da UEFA em 87/88 e uma Copa da Alemanha em 93) e ficou em sétimo no último campeonato alemão - na próxima temporada, não joga a Champions League, nem mesmo a Copa da UEFA. Com uma sequência de jogos um pouco melhor no Brasil, ele poderia ter saído talvez para um time melhor - e estou duvidando que os alemães tenham pago a multa inteira do contrato, ou a diretoria já falaria isso logo. Esta venda me cheira a duas coisas: um certo cansaço do próprio Renato Augusto com o azar por aqui (contusões em série, jogos fora de posição e até cobrança da torcida); e necessidade do clube de fazer caixa. A gente não conhece as contas do clube por dentro, mas é fato que volta e meia se apela pra adiantamento de receitas e "engenharias financeiras" pra colocar salários em dia. A pendenga Nike/Olympikus também não deve estar ajudando. A situação na tesouraria da Gávea não deve estar tranquila.

Enfim: não esperava e não gostei. Talvez tirando o Juan, foi a pior perda que poderíamos ter no elenco. Pra completar, ainda foi no dia deste jogo contra o Atlético, no qual Íbson ainda não poderá jogar. Arrumaram um problema de última hora para o nosso técnico.

* * * * * * * * * * * * * *


Existe ainda uma outra maneira de ler o negócio. Renato Augusto foi o único jogador que o Flamengo vendeu nos últimos tempos. Por outro lado, contratou em definitivo Bruno e Kléberson. Você trocaria o Renato Augusto pelos dois?

De repente, no fim das contas, foi isso aí que a diretoria fez. Enfim, é uma maneira de se conformar.

Um comentário:

Jorge disse...

André,

Gosto bastante do futebol do RA e sempre o defendi nas arquibancadas do Maraca. O moleque joga muito bola e já havia comemorado o fato do Dunga não o ter convocado para as Olimpíadas para não desfalcar o nosso Mengão, apesar de achar que ele merece e que seria bom para a carreira dele. Sinceramente, acho que se a venda de fato for anunciada o KL mais uma vez errou pois a janela de transfêrencia ainda terá bastante tempo e ele poderia chamar mais atenção pelo mundo da bola nos próximos jogos.

É isso, parabéns pelo blog e sinto falta dos seus posts lá na FlamengoNet.

SRN e vamos depenar o galo hj!!!