Bons presentes

Ancelmo Góes fala em sua coluna de hoje no Globo sobre um lançamento que os rubro-negros mais bem informados já têm ouvido falar tem um tempinho: um novo DVD com 100 gols marcantes de Zico, comentados pelo próprio e outros personagens importantes de sua história. A novidade é a data para o produto chegar às lojas: dezembro deste ano. Todo torcedor do Flamengo poderá inclui-lo em sua cartinha para Papai Noel.

Praqueles que não aguentarem esperar, eu faço a recomendação: a Placar lançou há um tempinho uma série de DVDs sobre a carreira de diversos craques, como Platini, Baggio, Zidane e Maradona. Entre eles, lá está o dedicado a Zico, que tenho guardado em casa e é o mais interessante a que assisti até hoje sobre ele. A grande vantagem deste é que foi produzido na Itália e, por conta disso, mostra uma visão diferente da que estamos acostumados sobre o maior ídolo da história rubro-negra.

Zico fala do início da carreira, das primeiras comparações com Pelé e da fase áurea do Flamengo no início dos anos 80 - tudo bem ilustrado com os gols que estamos acostumados a ver. Mas, depois, começa o enfoque em sua transferência para a Itália, os protestos dos torcedores de Udine quando a federação italiana tentou ventar a contratação (multidão nas ruas pedindo "Zico ou a Àustria", acenando com a anexação da região ao país vizinho!), a chegada triunfal à cidade e a passagem pelo pequeno clube, que não durou muito devido a problemas com a Justiça italiana.

Podemos ver uma porção de golaços com a camisa alvi-negra da Udinese que são bem raros na TV por aqui, além de uma seção interessante dedicada apenas às cobranças de falta, com Zico explicando como foi mudando o jeito de bater na bola e como os goleiros por lá iam à loucura. Há ainda a festa de despedida no Maracanã, em um jogo do Flamengo contra uma seleção de astros, com a presença de uma delegação do fã-clube de Zico em Udine. Eu consegui o meu em banca de jornal, há tempos. Mas ainda dá pra comprar online, e não está caro. Recomendo!

* * * * * * * * * * * * * * *


É uma pena que, no Brasil, este mercado de DVDs "históricos" ainda esteja engatinhando. Grêmio (já vi, muito bom) e Inter (não vi) lançaram dois bastante elogiados sobre suas recentes façanhas - a batalha dos Aflitos e o título mundial colorado. Mas, de modo geral, por aqui ainda estamos reféns dos piratas e do YouTube. O novo lançamento de Zico deverá ser, inacreditavelmente, o primeiro produto caprichado feito para a torcida do Flamengo. Justo o maior público consumidor de futebol no país.
E depois ainda não sabem porque os clubes brasileiros estão com as finanças como estão.

Um comentário:

Mário Teresa disse...

Certa vez li em alguma revista (não me recordo qual), um figurão da cena de marketing internacional dizendo que o Brasil é o país da pirataria... completo dizendo que nesse República Pirata do Brasil o Rio de Janeiro é a capital federal. O lance é a cultura do nosso povo, por isso acho difícil aqui, os clubes ganharem dinheiro com estes DVD´s assim como acho difícil pelo mesmo motivo ver uma sociedade mais justa com "ordem e progresso".
Mas o DVD novo do Zico... eu "vô"!!!!!