Estadual 2012 - Flamengo 4 x 0 Bonsucesso

Todo mundo hoje se anima mais com o futebol dos reservas do Flamengo do que com os titulares. Eles podem ser a solução?


* * * * * * * * * *

Já escrevi por aqui que a escalação do time reserva do Flamengo que andou jogando nos amistosos da pré-temporada, no papel, até me animava mais que a titular. Ontem, com a vitória por goleada em seu primeiro jogo oficial, este time voltou a deixar uma impressão bem mais positiva do que a que tem ficado após os testes da equipe que Luxemburgo pretende colocar em campo na Bolívia. Mas é preciso ter calma.

Sou daqueles que defendem que o Flamengo não deve gastar o que não tem, mesmo que isso signifique ficar contando mesmo com Camacho, João Vitor e companhia. Porém, o que vimos até agora não é o suficiente para que eu me convença de que este já é um grupo de alto nível. Afinal, foi um jogo apenas contra o Bonsucesso. Em anos anteriores, já vimos jogadores como Erik Flores ou Vinícius Pacheco ganhando moral por atuações contra este tipo de adversário.

Até acho que há potencial em vários dos jogadores que entraram em campo ontem no Engenhão para ir além destes desastrados exemplos anteriores. Mas peguemos Camacho, por exemplo. Foi apontado como o melhor em campo ontem e, desde as chances anteriores que teve entre os profissionais, eu já via um bom potencial no cara. Tem um potencial para enfiar uma bola, para dar um passe decisivo, que eu não vejo em outro jogador deste elenco - sem exagero. Porém, fato é que ele já foi emprestado para times de menor expressão algumas vezes e nunca conseguiu se firmar. Eu esperava que tivesse conseguido uma temporada melhor do que a que teve no Bahia ano passado, por exemplo. Será então que ele está pronto para mostrar consistência numa sequência de jogos contra adversários melhores e para chamar a responsabilidade na hora de decidir uma partida, como sua posição exige? Só esperando pra ver; pela qualidade técnica, pode até ser, mas pelo histórico, não dá pra ter nenhuma certeza.

Ainda assim, é o tipo de jogador que vale observar e que pode ganhar sim mais espaço ao longo da temporada. O mesmo vale para Maldonado e João Vitor - volantes que, assim como Muralha e Luiz Antônio, pra mim têm mais qualidade que os titulares do momento. Também para Magal, que neste pouco tempo ao menos já mostrou que sabe fazer jogadas de ultrapassagem, tem velocidade, vontade de ir à linha de fundo e leva jeito nos cruzamentos. E ainda outros garotos como Thomás e Lucas, opções para dar ao ataque do Flamengo um tanto da velocidade que o time titular tanto sente falta. Há também Bottinelli, que até hoje não foi tudo o que precisa ser um armador do Flamengo, mas ao menos sabe como se mexer em campo nesta posição e pode até crescer com uma maior adaptação. São todos apostas que podem ser feitas - mas com cuidado, sem achar que basta colocá-los todos em campo e o time estará pronto pra brigar de igual para igual com os favoritos das competições mais importantes do ano.

Até o momento, eles me convenceram apenas que merecem confiança o bastante para evitar que se gaste dinheiro em apostas duvidosas para "completar elenco", do quilate de um Zé Love, por exemplo. A esta altura da temporada, com o elenco ainda não fechado, até que já é bastante coisa.

E é lógico que é bem mais agradável ver o Flamengo jogar com dois volantes que levam jeito com a bola no pé, dois armadores e dois atacantes do que nos chatíssimos esquemas em que Luxemburgo insiste desde o ano passado. Ao menos esta mentalidade mais arejada usada no time reserva ele poderia aproveitar nos titulares.

* * * * * * * * * *

E teve o golaço do Adryan. Se a finalização foi impressionante, vale prestar atenção também na movimentação dele dentro da área para receber em condições de concluir. Coisa de jogador inteligente (e que só deu certo porque Magal não foi daqueles laterais que jogam a bola pra área sem olhar pra quem ela vai).

É muito garoto ainda, pra ser testado entre os profissionais aos poucos. Mas potencial o cara tem. Vamos ver no que vai dar.



Sábado, 21/1/2012 - 19h30 - Flamengo 4 x 0 BonsucessoEngenhão - Rio de Janeiro, RJ
Renda/Público: R$ 95.520/4.246 pagantes

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Diogo Carvalho (RJ)
Cartões amarelos: Maldonado, Thomás e Bottinelli (FLA); Diogo, Admilton e Gomes (BON)

Gols: Jael, 28'/1ºT (1-0); Jael, 30'/1ºT (2-0); Camacho, 27'/2ºT (3-0); Adryan, 42'/2ºT (4-0)

Flamengo: Paulo Victor, João Felipe (Digão, 36'/2ºT), Frauches, Marllon e Magal; Maldonado, João Vitor, Bottinelli e Camacho (Adryan, 28'/2ºT); Lucas (Thomás, 15'/2ºT) e Jael. Técnico: Júnior Lopes.

Bonsucesso: Saulo, Eduardo Ratinho (Felipe Foca, 7'/1ºT) (Dráuzio, 8'/2ºT), Gomes, Admilton e Diego; Márcio Guerreiro, Bruno Ferreira, Palermo e Marco Goiano (Jefferson, 25'/2ºT); Diogo e Adriano Magrão. Técnico: Wilson Gottardo.

6 comentários:

Henrique disse...

A finalização do Adryan foi num estilão Romário. Mandou muito bem.

Tiago Cordeiro disse...

Só acho o Lucas lento, mas muito bom jogador. Prefiro ele ao Jael e acho que a presença do Cruel complicou o futebol dele.

Segundo o setorista do Uol, o Jael se for vendido não rende NADA ao Flamengo. É um enorme absurdo.

ok disse...

bom, com certeza pior do que o renato abreu ele não será!

a propósito, vc sabe o que aconteceu com o vitor sabá?

Eduardo H. Costa disse...

Post preciso. Que este jogo sirva de inspiração ao time A. Precisamos de uma boa notícia pq o ano começou bagunçado.

Peço sobriedade aos administradores do clube. Chega de ilusão.

André disse...

Também fiquei animado com a atuação dos garotos no jogo de sábado.

Entretanto precisamos ter calma com a nossa euforia para não torrarmos esta "safra" como já torramos algumas outras.

Podemos ter encontrado uma sobra para o Léo Moura este ano e quem sabe em 2013 já não possamos ter uma alternativa confiável para esta posição?

Os volantes da base também estão se mostrando bem melhores do que os titulares. Muralha e Luiz Antônio já estão nos profissionais faz tempo e durante o ano poderão ou 1 ou os 2 tomarem as posições de 3 dos 2 "cabeças de bagre" Renato, Airton e Willians. Além disso João Vitor e Camacho aparecem bem no meio campo e têm potencial.

O lateral esquerdo contratado Magal parece ser um bom reserva para o Junior César.

Os zagueiros me pareceram um pouco inseguros ainda mas claro que são melhores que o inexplicável Wellinton e o "incrível" geladeira.

Temos ainda uma grande interrogação que é no ataque. Não sei se Thomás e Lucas tem o potencial necessário para a titularidade no Flamengo ao longo do ano ou em 2013. Com certeza poderiam dar a velocidade que o time precisa mas precisamos ver mais jogos deles para confirmarmos isto.

Pelo menos vejo esperança no futuro..

George AFG disse...

Camacho quando jogou de meia pelo Bahia foi bem, o problema é q desde a passagem do Cuca no Flamengo insistem em pôr esse garoto de volante por onde ele passa.