Quem é Dario Bottinelli, novo meia do Flamengo

O Flamengo penou ao longo de 2010 com a falta de um armador de verdade em seu meio-campo. Trazer alguém para a posição tinha que ser mesmo prioridade e muitos sugeriam que se buscasse um argentino - inspirados pelo sucesso de Conca, Montillo e  D´Alessandro. Pois foi o que o Flamengo fez: o site oficial do clube acaba de confirmar a contratação de Dario Bottinelli.


Como Conca, Bottinelli é baixo (apenas 1,67m) e, apesar de nascido na Argentina, fez sucesso no Chile antes de chegar ao Brasil. Se formou no San Lorenzo, passou pelo Racing e finalmente foi emprestado à Universidad Católica, onde foi bem tanto no campeonato nacional quanto na Libertadores de 2008. Pelo bom desempenho, foi comprado pelo Atlas, do México, que até hoje tem seus direitos - pelo que se entende da notícia do site oficial do Flamengo, o argentino chega por empréstimo de dois anos, renováveis por mais dois.

No México, teve bons momentos, mas ficou visto pelos torcedores locais como um jogador técnico, porém irregular e individualista. Para substituir o também argentino Damian Diaz - armador que jogou bem contra o Flamengo na Libertadores deste ano e voltou para a Argentina no segundo semestre -, Bottinelli voltou na metade deste ano para a Universidad Católica jurando amor ao clube (chegou a ser divulgado por lá que ele fez uma tatuagem com o escudo do time) e deu sorte: acabou se sagrando campeão do Apertura 2010. Mas logo começaram a surgir no Chile as notícias de que ele poderia sair, com supostas propostas da Colômbia e até mesmo do Botafogo.

Embora Bottinelli tenha se destacado e sua saída esteja sendo realmente lamentada pelos torcedores cruzados (como são conhecidos os hinchas da Católica), é um erro achar que ele era o grande armador do time campeão. Desde o início do ano, a Católica já jogava com dois armadores no meio-campo, formando uma dupla; e, no segundo semestre, o que realmente se tornou o maior nome do time foi Mirosevic, capitão  e artilheiro do campeonato - mesmo sem ser atacante, fez 19 gols no campeonato. Bottinelli, ao contrário, não é de fazer muitos gols: foram apenas três no torneio, em 14 jogos disputados - ele andou ficando de fora de boa parte dos 34 jogos que o time disputou por contusão.

Além da velocidade, habilidade e individualismo, Bottinelli, de 24 anos, também é conhecido por ser um bom cobrador de faltas. Abaixo, um daqueles infames vídeos de melhores momentos que a gente acha no YouTube e nunca dizem muito do que esperar de um jogador como este, com tão poucas referências concretas:

4 comentários:

Alexandre disse...

Só nos resta esperar que não seja mais uma decepção como tantos outros, a saber: sambueza, fierro, peralta, "el tigre" ramirez, etc. que só serviram pra piorar ainda mais as finanças do clube;Contratar por contratar não adianta.

Raphael Perret disse...

No vídeo tem gol de treino...

Rennan disse...

Cada gol se repete 30x, isso pra mim, e por conta de não fazer tantos gols, e outra foi bom em 2008, e nos anos anteriores, ficar nessa de aposta, foi a ruina do Fla de 2010(leandro amaral, borjan, diego, diogo, Val baiano....)
Contratações decentes e o ano do Centenário!!!

Bosco Ferreira disse...

Dois armadores ao inves de tres volantes é a característica dos times do Gerardo Pelusso treinador da La U na Lib. da América de 2010.