Emerson ou CT, eis a questão?

"Nós até temos o dinheiro, mas vamos colocá-lo no CT. Não vamos pagar isso tudo para um jogador de 31 anos. (...). Se não precisar pagar pela liberação, o Emerson vem. (...) O Zico concorda que o Flamengo precisa do CT e garanto que vamos ter um time forte para brigar pelo hepta."


Esta é a declaração dada por Carlos Peixoto, que era representante do Flamengo na Conmebol e agora, ao que parece, assume o cargo de Diretor de Futebol do clube (ao menos, é assim que andam se referindo a ele nas últimas notícias - curioso alguém assumir uma função como esta no Flamengo e a notícia surgir desta maneira).

Não costumo ficar falando muito de especulações sobre contratações, ainda mais numa época como esta, cheia de boatos os mais diversos. Mas, como Arthur Muhlemberg já comentou com propriedade, uma declaração como esta pode ter um significado um tantinho maior.

É fato que o Flamengo, dentro de campo, subiu de patamar nos últimos anos. Mas, para isso, em muitos momentos teve que abrir o cofre talvez além do que deveria, o que fez com que tivesse dificuldades para manter seus compromissos em dia e necessitasse pedir empréstimos, fatiar jogadores e adiantar cotas as mais diversas. O recado é pra você, que exige contratações caras e, ao mesmo tempo, reclama do serviço de venda de ingressos prestado pela BWA, com a qual o Flamengo está preso até o final dos tempos devido a enormes adiantamentos de dinheiro de bilheteria: acredite, uma coisa pode ter ligação com a outra.


* * * * * * * * * * * * *


Patrícia Amorim declarou que o projeto completo do CT, custa R$15 milhões. Pelo visto, estão separando o tal milhãozinho de dólares que traria Emerson para colocar na obra. Fala-se em um contrato de patrocínio como uma empresa de telefonia que daria mais 3 milhões, também para este projeto. A intenção é que se comece a trabalhar já para que, pro ano que vem, o Flamengo já tenha pelo menos o básico: campos, refeitório, alojamentos. Os opcionais - capela, ginásio, ar, trava, vidro elétrico, air bag - ficam pra depois. O dinheiro para este investimento não está sobrando, mas o discurso é de que, agora, realmente tentarão se esforçar para que ele apareça.

O time do Flamengo hoje precisa de reforços se quiser brigar por títulos importantes - é fato. E um time forte pode ser caro, mas um time fraco afasta torcida, mídia e, consequentemente, dinheiro. É preciso encontrar a medida certa para investir e manter a competitividade sem estourar as contas.

Mas façamos um pequeno exercício. Em 2008, quando a lógica que imperava no clube era outra, o Flamengo contratou mais de uma dúzia de jogadores, alguns deles na base do desespero. Pesquisando notícias antigas, li que a soma dos valores gastos com alguns deles - Sambueza, Fierro, Vandinho, Marcelinho Paraíba e Jônatas - dá R$9,8 milhões. Pode ser um tanto mais ou um tanto menos, mas esta é a ordem de grandeza.

Some isso a um Bruno ou a um Kléberson - e taí o preço do CT completo.

7 comentários:

André Amaral disse...

O grande desafio é esse mesmo que tu falou: "É preciso encontrar a medida certa para investir e manter a competitividade sem estourar as contas".

E outra, fica a dúvida se esse dinheiro vai mesmo para o CT.

Mas enfim, finalmente o discurso é animador, a prioridade é, pela primeira vez, ter um CT.

Mas é preciso encontrar o equilíbrio.

lussiannosousa disse...

Sobre o Emerson

*Acho que ele não merece mesmo esse investimento não - e não apenas pq o dinheiro vai para o CT, mas pelo futebol dele mesmo. Lembro bem que no ano passado ele era um peru, rodando a esmo em campo. Só após a chegada de Adriano - uma espécie de 'peso', referência em campo - que ele foi útil. E Love não é esse cara que Adriano foi pra ele ano passado.
*Todas essas declarações de amor dele eu vejo muito mais como um jogo em que ele diz pra torcida que quer voltar e está nas mão da diretoria. Quer dz, se não der certo, foi a diretoria que não conseguiu. Se ele tem tanta vontade assim de jogar no Fla de novo pq não espera o fim do contrato no final do ano, qnd ele viria de graça?? Se o fluminense pagar a multa e ele for jogar lá tá claro que ele quer voltar ao Brasil, e não ao Flamengo.

Na boa, esse discurso de amor não me pega mais com ng. Ano passado ele tb veio ao fla por amor dizendo que tinha deixado proposta milionária de lado, mas aí no meio do ano a proposta milionária o seduziu ... Na boa Emerson, pra cima de muá??? Deu !!!!

Desabafei rsrs.

Blog Futebol Bonito disse...

Boa Tarde, esta afim de trocar de links eu add o seu blog e vc add o meu na sua listas de blogs?
http://blogfutebolbonito.blogspot.com/

Tiago Cordeiro disse...

Me arrisco a dizer q em 2008 o resultado seria o mesmo, sem esses jogadores.

Bosco Ferrira disse...

O Zico está certo, todo investimento feito tem que trazer retorno.

Se ele tivesse 24 anos era um investimento razoavel e com possivel retorno.

Quanto ao CT já está passando do tempo de faze-lo. Se melhorarmos a estrutura do clube quero vêr o gaiato do Marcio Braga ter moral de meter colher novamente no clube que ele passou dessa última vez seis anos e não colocou um só tijolo e não ganhou nada de relevante. A não ser que alguem ache relevante vencer o Vasco. Botafogo ou o Flôr de laranjeiras.

Anônimo disse...

Outro dia li que os salários negociados com o Renato Abreu estavam na casa dos 300 mil. Idem para o Emerson. Não pode ser sério uma coisa dessas.

/marco

Bosco Ferreira disse...

ANÔNIMO;

Você não entendeu o que leu ou quer botar farofa no ventilador do Galinho.

O Flamengo achou inaceitavel a proposta do Renato Abreu de querer ganhar R$300 mil reiais por mês.

Não havia nada "negociado" como você quer nos fazer crêr!

Vá lá. Leia novamente e volte aqui para postar.