As novas camisas do Flamengo

Todos já viram, certo? Gostaram?



Pro meu gosto, a Olympikus foi melhor que em 2009 e fez um bom trabalho - obviamente prejudicado pelas exigências contratuais com os patrocinadores. O que mais salta aos olhos é o Batavão gigantesco na camisa número 1. E é até curioso que a empresa tenha exigido tudo aquilo apenas no uniforme principal, deixando sua marca com uma aplicação mais camarada em todos os demais. Se a camisa rubro-negra tivesse a holandesa estampada nas mesmas dimensões das outras, já melhoraria 800% - e sinceramente não acredito que prejudicaria em nada nos resultados do contrato para a Batavo. Enfim...

Gostei do novo modelo da camisa número 2. Ainda sou mais fã daquelas estilo anos 80, com as mangas listradas; mas com a necessidade de colocar a marca do patrocinador na manga, aquele desenho ficaria mesmo prejudicado. E prefiro a solução a que chegaram agora do que a do ano passado, em que as listras rubro-negras no peito serviam apenas como suporte para a marca dos patrocinadores. Acho que foi uma inovação que não agrediu em nada e vai motivar muita gente a comprar o modelo diferente.

Só o que não gostei foram os uniformes de goleiro. Este padrão com curvas passando pelo peito realmente não me agradou - prefiro os modelos atuais. Mas enfim, gosto é gosto.

Fica agora a expectativa para o uniforme número 3, que deve ser bem mais polêmico - mas fica mais pra frente, quando a Olympikus já tiver vendido razoavelmente bem estes lançados hoje e precisar reaquecer o movimento às lojas em busca do Manto.


* * * * * * * * * * * * *

Pra quem ainda não sabe, já estão sendo vendidos pacotes de ingressos para todos os jogos do Flamengo no Maracanã pela primeira fase da Libertadores. Dão desconto de 20% no valor total e economizam um bom tempo de fila pra quem pretende ir a todas as partidas - e aceitam meia-entrada, normalmente. Clica aqui pra ver os preços e pontos de venda.

O primeiro jogo já é na próxima quarta - estreia na Libertadores, estreia dos novos uniformes.

16 comentários:

Andre disse...

Só acho que as camisas de goleiro não ficaram tão boas quanto as de linha.

Anderson disse...

Gostaria de ver atraz da camisa

Bruno CML disse...

Gostei da camisa mas esse logo gigante da batavo é ridiculo e nao vou comprar por causa disso.... Acho um tremendo desrepeito do patrocinador com o clube e a torcida, deviam ter seguido o exemplo da ALE que adequou o logo da marca... Mas quem precisa de dinheiro tem que aceitar e ficar quieto né.

caiogomes disse...

Eu não gostei de nenhum dos uniformes...prefiro o principal de 2009, que eu tenho aqui(com patrocinio da OLK Tube).
E eu nem tinha reparado nisso de o logo da Batavo ser menor nos outros uniformes...achei meio estranho.É bem melhor com o logo pequeno...
Sobre os pacotes, acho que vou comprar com meu irmão pra ir aos 3 jogos. Achei uma boa ideia. E deu no globoesporte . com agora que venderam 1000 pacotes desse hoje e 327 camisas(só a principal está vendendo) em 6 horas, em um unico ponto de venda.

André Luiz de Ávila disse...

Eu ainda não consegui gostar da camisa no. 2.

CorVo disse...

Infelizmente os Patrocinadores continuaram gigantes. Não gostei da gola em V e o nome do fornecedor à direita do peito, podia ter continuado só com o logo, já que a camisa já tem muita coisa escrita! A camisa 2 tá mais bonita, e nela foi utilizado uma saída que tinha previsto, a "menininha" colocado ao lado da escrita. Uma só lista, sendo que metade vermelha e metade preta ficou bem diferente, só acho que essa lista tá muito em cima, podia ter ficado um pouco mais pra baixo. Outra coisa que espero que nessa camisa esteja melhor, é que a lista preta seja realmente preta, pois a antiga camisa da Olimpikus, o preto era meio desbotado. Sobre o escudo da CBF escrito Hexacampeão, eu vi como uma forma de protesto. De um modo geral gostei, na medida do possível.
Aceita parceria?
http://fla6.blogspot.com/
SRN

Nigro disse...

'Sobre o escudo da CBF escrito Hexacampeão, eu vi como uma forma de protesto.'

Que protesto, maluco?! A própria CBF dá esse direito ao clube que conquista o campeonato brasileiro no ano que passou. Não tem nada de protesto, a não ser por parte da torcida arco-íris e da minúscula, mal-vestida, mal-alimentada e mal-localizada torcidinha do Ixpó, que ainda acha que ganhou 87.

Ano passado vi muita gente metendo o pau no manto, mas vendemos 1,2mi de camisas. Dependendo da nossa campanha esse ano nas competições, é bem capaz de batermos nosso próprio recorde.

Assim espero, pois pode significar a reconquista da Libertadores, por exemplo.

Avante, Mengão!

Mauricio disse...

O cabeção da holandezinha desclassifica totalmente o Manto nº1. Acho que a Batavo tá mantendo o megamonstruoso logo só pra peitar a enxurrada de reclamações de torcedores. Por isso, aqui em casa só vai ter Danone. Enquanto eles emporcalharem o Manto com a cabeçorra escrota da holandesa eu não compro nada da Batavo e muito menos alguma camisa nova.
Tem mais, duvido que esse modelo venda mais que o anterior.
SRN

Señor Mullet disse...

Vamos ver: logo gigantesco da Batavo na frente da camisa em total desacordo com o estatuto do clube (acho que a cor azul também deveria ser proibida e deveria se usar apenas branco... mas acho que o estatuto não fala de cores); logo horroroso da BMG gigantesco e em laranja nas mangas (e que, por nenhuma pessoa, em nenhuma cultura de qualquer país na história do universo, será considerado bonito); e ainda querem colocar um patrocínio no calção? Não obrigado, fico com a minha camisa da adidas, do campeonato brasileiro de 92.

"Mas quem precisa de dinheiro tem que aceitar e ficar quieto né."

Não, Bruno, não tem que aceitar e ficar quieto. Uma coisa que tem me irritado bastante ultimamente é esse discursinho de boa parte da torcida e dirigentes rubro-negros. O Flamengo não é qualquer timinho de várzea pra ter que aceitar qualquer coisa. O Flamengo é o clube mais importante e de maior torcida do Brasil. Um dos clubes mais importantes do mundo. É um clube com mais de 100 anos história e dele já saíram alguns dos melhores jogadores de todos os tempos na história do futebol.

Entendo muito bem a importância do patrocínio e do dinheiro que advêm dele. Mas isso não podem ser feito às custas da tradição e da história do nosso clube. Estão vendendo o Flamengo, vendendo 115 anos de história e tradição.

Isso pode parecer besteira pra alguns, "É apenas uma camisa" dirão muitos, mas pra mim não é besteira não. Não é apenas uma camisa, ela representa a história e a tradição do Flamengo, é a cara do clube. Ou, como muitos gostam de chamar, a camisa do Flamengo é o manto sagrado.

O que virá depois? Vão mudar as cores de vermelho e preto pra azul e branco? Se eles pagarem bem, vai ter que aceitar, né? Só fico imaginando o que vou dizer pros meus netos daqui uns 50 anos: "Meu netinho, essa era a camisa do time do vovô quando ele foi bicampeão mundial, há 50 anos atrás." "O que é Batavo, vovô?" "Acho que era o nome do time, meu netinho. A memória do vovô já não é mais a mesma." (notem que estou otimista apesar de tudo... ainda espero que daqui a 50 anos exista um Flamengo)

Há uma razão para clubes como o Barcelona ou o Milan serem patrocinados por grandes marcas, terem contratos com grandes fornecedores de material esportivo. E não é apenas por serem clubes ricos e com jogadores famosos mundialmente. São clubes que, em primeiro lugar, têm respeito pelas tradições do clube, pelas suas marcas, e não se vendem por qualquer trocado, não assinam patrocínios com empresas desconhecidas e que fazem camisas com design de camelô.

Mas aqui o que impera é esse pensamento do pobrezinho e coitadinho (e aí não falo só de Flamengo, como no país como um todo). Brasileiro é pobre e ignorante, tem que aceitar qualquer trocado que jogam nele e ficar quieto mesmo.

Infelizmente, já não posso mais chamar a camisa do meu time de manto. Eu não quero esse lixo como o manto do meu Flamengo e dos seus 115 anos de história. Isso é mesmo um manto sagrado pra vocês?

PS 1: Apesar das críticas à camisa, apoio e reconheço o bom trabalho que a Patrícia Amorim tem feito até agora. Mas fica sempre a esperança de que a coisa ainda pode melhorar muito mais.

PS 2: Apesar de Citar o Bruno CML, essa não é uma crítica direta ao comentário dele, apenas um desabafo.

Bruno CML disse...

Señor Mullet

Eu concordo plenamente com voce, o que eu disse foi porque infelizmente é assim que funciona e nao porque eu acho isso.

Bosco Ferreira disse...

Se eu não comprar a Batavo seguramente repensará esse logotipo aloprado.
Então eu não compro.
Vou continuar usando a camisa da ALE e a da petrobrás.Rs.

Bosco Ferreira disse...

Señor Mullet;

É isso aí cara! Rubro Negro que é Rubro Negro de verdade, não abaixa a cabeça nem pra mijar!

Jefferson freire disse...

Gostei muito da camisa 2 e da de goleiro, estou até na dúvida de qual comprar.

Señor Mullet, até entendo as suas críticas, mas acho que vc está exagerando um pouco. Se olharmos camisas antigas do Mengão veremos que o Lubrax já foi exposto em tamanho até maior que a Batavo. No entanto, apesar do tamanho do patrocínio, estamos longe de mudarmos de cor a camisa, aliás o Flamengo possui registro não só das marcas "Flamengo", "Fla", "CRF", "Rubro-Negro" como tb das cores pretas e vermelhas.

Prever o fim de um clube pelo simples fato do tamanho da estampa do patrocinador é um grande exagero. Eu vi boa parte dos títulos do Flamengo anos após a sua conquista e já via grandes patrocínios na camisa, como citei o Lubrax, mas sempre soube q era Flamengo, por isso, "seu neto" tb vai saber.

Gostei muito das camisas e independentemente do tamanho do patrocínio, para mim é o Manto e sempre será. Será que o tamanho do patrocínio é suficiente para tirar a história e o que sentimos pelo Manto? Discordo de todos aqueles que supõe boicotar as vendas, assim como discordo daqueles que rebaixam o nosso Manto por um simples patrocínio. Ademais, não há como comparar qq clube brasileiro com europru., Lá a economia é muito superior e mesmo o Flamengo tendo vendas superiores a alguns clubes, a nossa renda é muito inferior, pelos preços e principalmente pela receita com a TV.

Espero q vc volte a considerar o nosso Manto, pois para mim não será um patrocínio que tirará o brilho, a beleza e as glórias do nosso amado Manto.

SRN

Jefferson freire disse...

Ademais, não comprar a camisa não vai significar nada. A BAtavo não ganha com as vendas da camisa. Ela ganha com a exposição nos jogos e coletivas de imprensa. Por isso boicotar não vai adiantar nada.

Para mim não comprar o Manto é se igualar à torcida arco-íris que só compra aquilo que acha "bonitinho". Eu compro pq é a camisa do Flamengo e ponto. Sou totalmente contra esse papo de boicotar. Com todo respeito, mas isso não é atitude de Rubro-Negro de verdade.

SRN

Anônimo disse...

a camisa é horrível. a falta de respeito total com as cores do clube incluindo não só o azul da batavo como o laranja da bmg me causam nausea e a camisa em si é feia. essa manga preta é horrível. eu já não comprava nada mesmo da batavo e continuarei a não comprar com esse logo gigantesco e horrendo na camisa do clube.

e é um absurdo isso sim. duvido que não dava pra ter discutido isso melhor! nem que pagassem um milhão a menos... um milhão a menos é melhor do que ter a camisa esculhambada.

estamos parecendo um time de segunda divisão.

Marcos André Lessa disse...

É verdade. Pq o Fla não bate o pé, ao menos, para os patrocínios serem menos agressivos qto às cores? No jogo com o Botafogo, o BMG da manga estava branco, e todos perceberam o patrocínio. Pq não continuar? A Batavo já fez marca sem a holandesa também em branco, para a camisa preta do Corinthians. Pq não fazer agora? Mas se o próprio Arthur Mulemberg admitiu q votou a favor dessa aplicação de marca, mesmo sem achar bonito, dá pra se ter uma ideia de como pensam o resto dos conselheiros...