O Botafogo, sei não

Uma ou duas semanas atrás, assistindo a um trecho do Linha de Passe da ESPN Brasil, vi os comentaristas fazendo a comparação entre o Botafogo 2009 e a Portuguesa 2008. Ambos treinados por Estevam Soares, os times jogavam bem, costumavam dominar os jogos, criar chances de gol - e perder, rodada após rodada.

De fato, vi a Portuguesa de Estevam em diversos jogos do ano passado. Lembro de ter me impressionado bem com a organização do time no empate contra o Flamengo, no Maracanã. E de outra bela atuação contra o campeão São Paulo, numa das últimas rodadas, no Canindé - perdeu por 3x2, levando um gol aos 42 do segundo tempo. Na época, o que chamava a atenção era a quantidade de gols perdidos, que levavam o time a não conseguir as vitórias que parecia merecer. Já o Botafogo deste ano teve contra si, por várias rodadas, o componente arbitragem - foram muitos jogos em que foi claramente prejudicado.

Enfim: a Portuguesa, ano passado, jogava bem, jogava bem, jogava bem... E acabou rebaixada. O povo da ESPN fez a comparação entre as situações. Seria coincidência apenas, ou há algo de errado com Estevam Soares que leva a este tipo de coisa? Estaria o Botafogo realmente no mesmo caminho da Lusa do ano passado?

Sempre me custou muito apontar o Botafogo como possível rebaixado este ano exatamente por ter visto algumas boas atuações do time, mesmo não vencendo. E o que está me fazendo mudar um tanto de visão não é a possível semelhança entre o Estevam-2009 com o Estevam-2008 - e sim a que eu enxerguei nesta rodada entre Estevam e... Renato Gaúcho.

Renato, quando assumiu o Fluminense, até conseguiu que o time subisse de produção nas duas ou três primeiras partidas. Mas os bons resultados não vieram, e ele resolveu ir mudando de caminho - e a coisa desandou. Como a cada rodada os resultados seguiam ruins, ele foi mexendo na escalação e no esquema de partida pra partida, uma atrás da outra, destruindo qualquer organização que o time tivesse. Ou seja: os maus resultados deram num desespero que levou a resultados piores ainda, até dar no rebaixamento tricolor - que é só questão de tempo, mesmo.

Pois bem: pra este último jogo, Estevam Soares já adotou durante a semana este discurso: os resultados não estão vindo, ele ia precisar mexer. Mexeu. E, pelo que o time jogou, é bem capaz de mexer de novo pra próxima partida. Por que não é possível que tenha ficado minimamente satisfeito com o que viu.

Poucos jogos chamaram tanto a atenção pela ruindade quanto este Botafogo x Fluminense de ontem. Todos que o assistiram foram unânimes: deu vontade de chorar. A perebice de todos ali era agressiva. A quantidade de lances dignos de Dedé, Didi, Mussum e Zacarias foi impressionante. E mais deprimente ainda foi ver o goleiro do Botafogo fazendo cera no final do jogo pra garantir o 0x0 em casa, contra o superlanterna do campeonato.

Sei não.

4 comentários:

Marcos Monnerat disse...

É, se o Botafogo ficar mexendo no time a cada partida as chances de ser rebaixado vão aumentar. A não ser que sejam mexidas no sistema defensivo. Porque o time vinha marcando em quase todos os jogos, mas a defesa entregava quantos gols fossem necessários para o time não vencer as partidas (fora os erros dos juízes, claro).

Apesar de não vencer a sei lá quantas rodadas, o Botafogo continua a um pontinho de escapar da degola. Acho que se conseguir ganhar uma ou duas, já sai da zona e ganha a tranquilidade necessária para escapar do rebaixamento...

Marcelo Constantino disse...

Time rebaixado tem sempre um jogador ridículo que fica no time até o fim. O vasco do ano passado tinha um inacreditável Eduardo. O Botafogo tem um Fahel (se não me engano, uma das várias heranças malditas que o Ney Franco deixa por onde passa).

Mas ainda acho que o time consegue escapar.

AF STURT disse...

Isso é para provar para os criticos do Ney, que ele, não era o problema.Lembramos que com Ney o time jogava mal e ganhava mais ,já com Estavão o time joga um pouco melhor mais os resultados não aparecem.Ou seja o que vale mais no futebol "(jogar bonito)"ou conseguir o 3 pontos?

Flanatismo disse...

Concordo com você totalmente, o time do botafogo tem uma certa qualidade sim, algumas peças individuais muito boas, não tem time pra tá nessa situação... Se mexer demais aí sim o Bicho pega, que o diga o tricolor de Renato. Ainda aposto que o bota n cai, já o Flu n boto a mão no fogo não, e nem é pelo número de pontos e sim pelo que vejo em campo.


SRN, Bruno Rocha!

www.flantismototal.blogspot.com