Brasileiro 2010 - 19a. rodada - Flamengo 0 x 0 Santos

Infelizmente, o Flamengo não aproveitou o Maracanã, o adversário desfalcado e até mesmo sua subida de produção para conseguir uma vitória. A torcida não saiu revoltada - ao contrário, terminou o jogo cantando -, mas fato é que o time precisa começar a fazer pontos. A situação na tabela vai se complicando a cada rodada, e os resultados precisam começar a aparecer rápido.

Infelizmente, não pude ver o primeiro tempo do jogo, no qual o Flamengo criou as suas melhores chances. No início do segundo tempo, ouvia os comentários de que o time tinha conseguido ameaçar bastante pela direita, com jogadas de Léo Moura e Willians; mas agora, vendo os melhores momentos da etapa a que não assisti, percebo - me corrijam se estiver falando besteira - que foram jogadas de Léo Moura ou Willians.

Dificilmente se vê lances construídos pelos dois juntos. O time fica dependendo sempre de arrancadas individuais pelas pontas; quando um dos dois pega a bola na lateral, o outro costuma ficar estático, torcendo para o companheiro resolver a jogada sozinho. Não há aproximação pra dar opção de passe, não há deslocamentos e, assim, não saem tabelas ou jogadas de ultrapassagem - o que vale também para o lado esquerdo do time, aliás, em que Juan, Diogo ou quem mais cair por ali nunca tem companhia. A única jogada que vi deste tipo com Léo Moura entre os melhores momentos aconteceu não com Willians, mas com Deivid.

A impressão que tive, sem ter visto o primeiro tempo, é que Dorival Júnior deve ter se concentrado muito no intervalo em melhorar a marcação frágil que tinha pela direita; ficou mais difícil ver uma arrancada individual dando certo, nem Léo nem Willians conseguiram completar nenhuma com sucesso e assim o Flamengo teve muito mais dificuldades pra criar. Além disso, mesmo com Toró como volante extra, o time deu muitos espaços à frente de seus zagueiros e permitiu que o Santos criasse os lances de maior perigo, principalmente no início da etapa, quando teve maior domínio - depois o Flamengo voltou a ter mais a iniciativa do jogo, mas sem conseguir organizar muitas jogadas de perigo. Tanto é que Deivid e Diogo acabaram participando bem pouco do jogo.

Mas ao menos Silas percebeu o óbvio: não está dando pra jogar com Pet e Renato juntos, nas condições que têm hoje. E desta vez os dois, jogando num meio-campo com mais gente correndo, renderam mais do que nas partidas anteriores. Eu não teria escolhido Toró para entrar, mas o time já pareceu mais competitivo. É pena que, mesmo trocando os Borjas e Val Baianos de antes, as chances criadas no primeiro tempo não tenham sido aproveitadas.


* * * * * * * * * *

Bem discutível o gol anulado do Santos no segundo tempo. O jogador santista acabou caindo por cima de Marcelo Lomba no meio do lance, mas o goleiro rubro-negro havia sido derrubado mesmo por uma trombada de outro jogador do Flamengo.

Mais claro foi o erro do árbitro no final da partida, quando deixou de marcar uma falta clara e quase em cima da linha da grande área em cima de Diogo no último lance do jogo. Não há desculpa para uma falha tão grosseira assim do juiz.

5/9/2010 - 16h - Flamengo 0 x 0 Santos
Maracanã - Rio de Janeiro, RJ
Público Pagante: 34.897
Público Presente: 43.350
Renda: R$ 1.144.120

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden/RS (FIFA)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock/SC e Thiago Gomes Brigido/CE (FIFA)
Cartões amarelos: Ronaldo Angelim (Flamengo); Durval (Santos)

Flamengo: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Correa, Willians (Kleberson 40'/2ºT) e Renato (Petkovic 22'/2ºT); Diogo e Deivid (Diego Maurício 38'/2ºT). Técnico:Silas

Santos: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Arouca, Danilo, Zezinho (Madson, intervalo) e Marquinhos (Marcelo 19'/2ºT); Zé Eduardo e Keirrison (Breitner, intervalo). Técnico: Dorival Júnior

9 comentários:

André disse...

É uma pena que bons atacantes como Deivid e Diogo tenham sido contratados apenas para o 2o turno.

Ficou clara a opção da diretoria de JOGAR FORA o 1o turno.

Isto compromete o rendimento destes jogadores que estão entrando no time com uma pressão enorme e para piorar em condições físicas que não são as ideais.


Bem colocado o elogio do André quanto a opção de usar OU Renato OU Petkovic, com vantagem para o Renato pelo "vigor" físico devido a menor idade.

Leo Moura jogou bem, conseguiu boas chegadas na linha de fundo mas é de chorar quando ele com seus 30 anos consegue correr até o fundo, cruzar no pé do atacante(Deivid)SEM GOLEIRO, e este chuta POR CIMA !!! Em seguida mesma jogada e por falta de ritimo e preparo físico (explosão) perde de novo.

Isto sem falar na PÉSSIMA jornada do Juan, mais uma vez. Aliás estou junto na campanha do Marcos Monnerat para ver este jogador longe da Gávea. O gol que ele errou no início do jogo e a cavadinha para fazer golaço (que ele não tem condições) deveriam ser punidas com SEVERAS VAIAS da torcida. O time precisando de gol e ele querendo fazer golaço?!?!?!

Marcelo Lomba mais uma vez nos salvou algumas vezes, a defesa continua bem mas o ataque não tem jeito...

Que esse ano acabe logo e se não formos rebaixados está bom...nem com a Sul Americana conto mais...o time se nega a fazer gols...

Aliás, xará André: Mais um gol do Sheik. Quantos ele já fez??? Nosso ARTILHEIRO ainda é o Vágner Love com 4 gols !!! Acho que ele SERÁ o nosso artilheiro...O Deivid também tem 30 anos...se o Sheik fez leilão deveríamos ter GANHO o leilão. Gols não tem preço, pontos não tem preço.

The Dog disse...

André

Diogo e Deivid só podiam der contratados pro segundo turno, eles vieram de fora.

E sobre o Emerson estar fazendo gols, voces esta esquecendo de um detalhe essencial, o time do Fluminense é bem melhor que o do nosso... O Sheik é bom mas esta longe de ser aquele jogador que chega e muda a cara do time, ele funciona bem em um time já bem montado.

Bosco Ferreira disse...

André;
O que mais me indignou foi a renovação do Pet em plena fase de decadente dele, a contratação do Renato, um jogador que estava sem jogar a muito tempo, o não reempréstimo do V. Pacheco e a contratação dos desqualificados Val e do Borja.

Era facil de se prever que não daria certo. O Val em toda a sua carreira só deu certo no Baruerí. O Borja em lugar nenhum.

Com essa grana poderíamos ter trazido o bom e barato Montillo.

mborges disse...

É claro que há erros da diretoria. Sempre houve e sempre haverão. Só queria ver se o contrato do Pet não fosse renovado e ele fosse parar em outro lugar o que teria sido dito pelos críticos.

Acho que o time mostrou uma melhora ontem. Espero que continue evoluindo. Mas é impressionante como o rendimento físico cai no 2º tempo. No Blog do Rica tem uma classificação do campeonato com os resultados no intervalo. Se os jogos fossem apenas de 45 minutos, o Fla estaria em 3º lugar!

Agora, espero que o time tenha um bom rendimento jogando sem o Maraca. E que a torcida compareça aos jogos onde quer que eles aconteçam.

The Dog disse...

Bosco

O Montillo custou 6 milhoes pro Cruzeiro. Barato aonde? Só o salario dele que nao é alto.

=Beto= disse...

Se o flamengo tivesse segurado o V. Love, contratado o Sheik e o Montillo com certeza estaria brigando no G4!!! E nem precisava de VAlBulani e Borja...

André Monnerat disse...

Mas o Flamengo tentou de tudo pra segurar o Love. Fizeram proposta de 15 milhões pelo cara, ou coisa assim (o que eu achava um absurdo). Se não ficou, é porque os russos não abriram mão de jeito nenhum.

The Dog disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Monnerat disse...

Não adianta ficar chorando agora pelo jogador que não veio ou que não ficou. O time que temos é esse, o elenco é esse. O Fla tem que conseguir escalar o melhor possível com o que está lá. E com certeza esse que entrou em campo contra o Santos não é o melhor possível.

Juan não acerta nenhum lance há várias rodadas. Renato Abreu nunca foi craque, nem perto disso, agora então que está velho e gordo, tem que ficar no banco como opção. Pet também não aguenta o jogo todo. Pra entrar só revezando com alguém mesmo.

Acho que o Fla tem que apostar mais nos garotos Camacho e Galhardo. Esses dois parecem levar jeito pra coisa. Poderiam revezar no time com Renato, Pet e Kléberson. O Kléberson, aliás, é muito hostilizado pela nossa torcida, mas sempre que entra em campo é o responsável pelas melhores jogadas do time. Se conseguissem fazer ele se apresentar mais pras jogadas, seria um excelente jogador.